Atualizado 06h05 Terça, 06 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cultura

"O ocaso do orkut" (Henrique Vieira)

777 acessos - 0 comentários

Publicado em 12/02/2012 pelo(a) Wiki Repórter valdeck, Salvador - BA



Valdeck Almeida de Jesus em visita ao Rio de Janeiro - Foto: Felipe Oliveira
Por que uma das principais redes sociais permanece em estagnação enquanto outras crescem no Brasil?

Por Henrique Vieira
[email protected]


Quando se fala em rede social, é fácil lembrar da recente ascensão do Facebook e, em contraponto à invenção de Mark Zuckerberg, a vertiginosa e inesperada queda do Orkut, do site de buscas (entre outros inúmeros negócios no mundo virtual e real) Google. O produtor cultural Ricardo Faria é um dos que acredita que no Brasil o Orkut ainda não ’morreu’ porque foi a primeira rede que realmente “pegou” no país. Ricardo é um dos muitos usuários de um endereço eletrônico que reinou quase que sozinho quando se falava em rede social e relacionamento na internet.

Constatações como a do produtor cultural devem tornar confusa a mente de muita gente que usa redes sociais no território brasileiro. Para Ricardo, usuário do Orkut - que outrora foi o Facebook de agora - a migração para a rede de Mark Zuckerberg está crescendo a cada dia devido a inovação que o site proporciona. “Existe um investimento enorme do Facebook em consolidar a rede no Brasil e na América Latina e também está ocorrendo uma orkutização dentro do Facebook para que possam ganhar esses novos usuários”, afirma.

Por que o Orkut acabou? E será que acabou mesmo?
Mas será só a rede de Mark Zuckerberg o motivo que estragou o legado das redes sociais construído pelo Orkut nos últimos anos? “Eu acho que o Orkut perdeu os fãs porque ficou superado. Mesmo com a nova versão, era meio complicado usar, pois nem sempre se conseguia mandar mensagens para os amigos. Além disso, toda hora um amigo reclamava que o perfil tinha sido invadido, que roubaram fotos e que descobriram a senha. Acho que isso é uma questão de segurança e de confiança. Quando se perde a confiança fica complicado”, destaca outro usuário do Orkut, o poeta Valdeck Almeida de Jesus.
 
Em tempos de respostas imediatas, geração Y, estresse pós-traumático, ninguém quer ficar esperando. Talvez aguardar por um scrap também não seja uma boa ideia. Para ilustrar essa questão, uma declaração de Valdeck parece resumir toda a situação. “No Facebook, por exemplo, é tudo muito mais na cara mesmo, escancarado, do jeito que a moçada gosta. Num tempo em que milésimos de segundos são valiosos, ninguém quer ficar uma vida esperando por uma resposta, como acontece no Orkut”, sugere.

’Vai na frente que eu te sigo’, disse o Twitter
De acordo com uma pesquisa realizada pela Consultoria Gartner, o Orkut ainda domina o uso de redes sociais no território brasileiro. Apesar disso, de uns 3 anos para cá, a popularidade de redes sociais, como Twitter e Facebook, cresceu muito. A pesquisa ouviu 581 pessoas no Brasil, constatando que o Orkut ainda é o líder de usuários, seguido pelo YouTube e pelo Facebook.
 
Entretanto, o alto índice de poluição visual, com suas mensagens ’brilhantes’, ou recursos de teor pouco atrativo parece estar levando os milhares de usuários do Orkut para contas em universos de 140 caracteres (twitter) ou para a terra de Mark Zuckerberg. No entender dos usuários, aspectos como visual, facilidade no uso, instantaneidade nas respostas etc engrandeceram redes como Facebook. “Se você posta algo no Face, no mesmo instante a informação é compartilhada para todos os perfis com os quais você mantém relacionamento. No Orkut isso também acontecia, mas de forma muito tímida. E as pessoas tinham que ficar procurando, procurando”, afirma Valdeck.

’Me dê motivo para ir embora’, disse o Orkut
E quais podem ser os motivos que estão levando a uma debandada do Orkut? Para a administradora de empresas Melissa Martins, que ainda possui conta no site, a página do Orkut tem o visual um pouco poluído, porém se houvesse os mesmos recursos desta em outras redes sociais, as pessoas também as usariam, independentemente do poder aquisitivo que creditam ao Orkut – outro fator que aliam à baixa popularidade da rede social atualmente.

A usuária acredita que este não seja o motivo da afirmação de que hoje o Orkut é voltado para uma classe economicamente menor. Para ela, o motivo que pode haver é que outras redes sociais têm uma complexidade maior que o Orkut. “Informações que outras redes solicitam para serem expostas como, por exemplo, graduação, idiomas, não que seja obrigatório o usuário colocar, mas que uma pessoa por ter baixo poder aquisitivo não tem acesso talvez a deixe desconfortável em sair do Orkut, que você não precisa expor tanto da vida pessoal”.

Paula de Castro é coordenadora de comunicação e marketing em um site de compras coletivas. A profissional considera que não só o fato do Facebook ser mais intuitivo e organizado causou a ascensão, mas quando não se dá motivo para as pessoas conversarem entre elas a rede social tende a ficar obsoleta. Para Paula, é preciso saber usar a mesma linguagem de quem participa das principais redes sociais e indicar informações que atendam suas necessidades. “Um exemplo ocorre no Orkut, onde encontramos mais estudantes do ensino médio e mulheres. Mas no Facebook estão os profissionais já formados”, ilustra Paula.
 
Sobre um futuro para a rede social, a profissional é categórica. “Se houver um melhor aproveitamento do modelo de interação que respeite as características dos usuários desta rede social, haverá sim”, conclui Paula.

Fonte: http://www.oestadorj.com.br/?pg=noticia&id=8412

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
valdeck
Salvador - BA



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br