Atualizado 20h42 Terça, 06 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Aeroportos: privatização ou concessão?

1120 acessos - 5 comentários

Publicado em 08/02/2012 pelo(a) Wiki Repórter Johan, Fortaleza - CE



Havia publicado aqui o duro artigo do Blog do Miro sobre o leilão dos aeroportos, o fiz mais pelo seu apelo do que por sua análise, porque o que foi tratado sobre a operação nos aeroportos não pode ser chamada de privatização, tão pouco uma privatização à la tucana, muito menos ainda uma privataria.

Transformar concessão em privatização é realmente um desespero duplamente desqualificado: silenciar a inconveniente crítica às privatizações e tentar embargar ao máximo a cpi da privataria, chegaram a falar de “privataria petista”! Há algo entre a privataria e as privatizações difícil de ser ignorado: o código penal. A CPI não investigará a desastrosa dilapidação do patrimônio público, que é imoral mas infelizmente não é ilegal, mas os crimes bilionários de favorecimento e lavagem de dinheiro documentado no livro A Privataria Tucana.

Vejamos, um contrato de concessão de um serviço com 49% de participação pública, com presença de fundos de pensão públicos e com ágio de 673% é um tanto diferente da pilhagem de grandes empresas lucrativas públicas vendidas a preço de banana 100% pagas com financiamento público via BNDES e uma lavanderia serristta ao lado. Nada poderia ser oposto do que foi feito com o leilão de concessão de alguns aeroportos. A tucanada chegaram a citar o BNDES no leilão, mas o BNDES só entrará como financiador dos investimentos (exigidos em contrato), algo que qualquer grande empresa tem acesso no país.

A questão é: porque Dilma simplesmente não refutou a alcunha “privatização”? Eis a questão! Aparentemente faz parte da distensão, como sua aproximação com o FHC, ou sua defesa do “barulho da imprensa livre”, etc. É nesse ponto que o artigo do Blog do Miro tem relevância, questionar até que ponto a distensão tensiona o seu próprio eleitorado.

A diferença entre privatização e concessão é a mesma que vender e alugar, mesmo dentro do prazo contratual para a exploração privada, os aeroportos permanecem como patrimônio público. Por isso a insuspeita de estatismo Miriam “Leitão” fez o maior apologia que a Dilma poderia receber, definiu o contrato como “muito estatista”, isto é, ela declarou a vitória do interesse público. Se há algum companheiro na esquerda que duvida da diferença, a insuspeita de estatismo Míriam Leitão é mais do suficiente.

Porém, sabemos que uma concessão pode se renovar indefinidamente a ponto de se confundir com uma grilagem tal como assumiu as concessões de radio-difusão à Globo. Por isso, é importane frisar que sua grande vantagem está mais nas condições específicas que vai desde a participação pública de 49% até o ágio de 673% e todas as vantagens públicas do contrato, do que meramente se tratar de um “aluguel”, por mais que isso seja também muito relevante.

A distensão não é apenas ceder para a direita. Quando Dilma deixa o “carnaval privatista” nas mídias se lambusarem com os aeroportos, o que ela faz é nada mais do que denunciar as falácias da oposição dentro das grandes mídias aparelhadas pela oposição, revela aos que estão de boa fé com a oposição, o caráter sórdido, vazio e contraditório do discurso opositor, se desmoralizando com o ataque daquilo que defendiam.

Dilma sabem a quem deve atrair, não é todo e qualquer tipo de eleitor da oposição, mas apenas os trabalhadores, a classe média progressista e o empresariado nacionalista. O resíduo pode e deve permanecer na oposição, pois servirá para afastar o que restar de eleitores “normais” dentro da oposição ao sentirem repulsa com o que a oposição está se tornando.

O PSDB muito em breve se tornará um partido de ultra-direita se não fizer aquela tão pendente auto-crítica de sua degeneração neoliberal nos anos 90 e retomar as suas fundações social-democratas. Fora isso, deverá se conformar com os 13% de eleitores do PIG que definiram em pesquisa o ex-presidente Lula como ruim ou péssimo. Eles sabem muito bem o que significa a palavra “Lula” dentro da propaganda política do PIG, isto é, essa pesquisa delimita muito bem o poder de influência do PIG.

Considerando que Dilma já é relativamente mais popular do que Lula, então…


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Johan
Fortaleza - CE



Comentários
01
Reporte abuso
Armando
Salvador 16/02/2012

Dilma já é mais famosa que o filho de Francisco? Que coisa, pesquisa de popularidade é uma maravilha mesmo, reflete bem a realidade.

Não considero os 49% da Infraero e nem o ágio espetaculoso vantagens, mas aí serei chamado de neoliberal.

Vou jogar a real, nua e crua e nenhum petista consegue argumentar o contrário: a administração pública não tem capacidade técnica e nem financeira de botar os aeroportos funcionando pra não passar vergonha nos eventos esportivos. Dói o coração admitir isso.


 
02
Reporte abuso
Roberto Ramos
curitiba(pr) 10/02/2012

Por favor,chamem o Amaury Jr para resolver essa pendenga: quando trata-se dos tucanos é privataria,quando o"governo é petista" a coisa muda de figura-ora bolas,vamos usar de coerência,e o minimo que se espera--vou ser bem claro--juntando PSDB,e PT dá um belo saco de esterco>


 
03
Reporte abuso
Johan
fortaleza 09/02/2012

José de Arimatéia, pq a privaitzação da telefonia foi bom se o Brasil tem as maiores tarifas telefônicas do mundo?

Vccaiu nesse papo tucano de que "hoje tudo mundo tem celular", o q isso tem a ver já q o PSDB não privatizou nenhuma fábrica, ela privatizou o serviço que se tornou o mais caro do mundo e o campeão de reclamação do Procom (pesquise na internet para comprovar por você mesmo)

E sim, concessão não é privatização, isso deveria lhe parecer óbvio.


 
04
Reporte abuso
José de Arimatéia
São Paulo 09/02/2012

Mais uma manifestação de quem apoia este governo malandro, travestido de progressista, e apoiado pelo que há de pior na política brasileira. Privatização e concessão? Oras! A Anhanguera / Bandeirantes, a Imigrantes, não são privatizadas; são concessões estaduais em São Paulo. O mesmo acontece com a Dutra, que é federal. Você quer enganar quem. A política adotada pelo PT nos aeroportos, os mais rentáveis, é privatizante, sim. E será melhor, como foi a telefonia, resolvida pelos tucanos.


 
05
Reporte abuso
johan
fortaleza 09/02/2012

o títúlo correto é " Aeroportos: privatização ou concessão?"


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br