Atualizado 14h44 Terça, 06 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Press Releases

O Caos está de volta a Salvador

633 acessos - 1 comentários

Publicado em 03/02/2012 pelo(a) Wiki Repórter valdeck, Salvador - BA





Filhos do Kaos é baseado na obra Mitologia do Kaos, de Jorge Mautner - Foto: Divulgação
Por: Valdeck Almeida de Jesus

Arte com função social; fusão de linguagens; teatro físico. O novo espetáculo do diretor baiano Fabio Viana, "Uma temporada no Paraíso", está em cartaz até o dia 12 de fevereiro, aos sábados e domingos, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves, com propósitos nobres e muita vontade de transformar. A peça valoriza o ator em cena em interpretações vigorosas, integra diferentes técnicas artísticas (vídeo, dança, música, circo e teatro), quer romper preconceitos, formar platéia e tem ampliado o acesso da população de baixa renda ao universo da arte por meio de ensaios abertos realizados na periferia. O espetáculo é uma adaptação para o teatro da obra literária “Mitologia do Kaos – Obras Completas”, compilação dos principais escritos do cantor, compositor e escritor carioca Jorge Mautner, publicada em 2002 pela Editora Azougue.

No meio do caos do teatro baiano, em que a comédia reina há séculos, surge algo novo, o kaos está prestes a se instalar. Nada será como antes. Após assistir aos “Filhos do Kaos”, ninguém sai ingênuo, não-grávido da orgia performática-musical-teatral. Ninguém sai lúcido ou louco. O Kaos se instala nos ossos das almas-espectadores, e todos saem contaminados com a poesia.

Os Filhos do Kaos, baseado na “Mitologia do Kaos”, de Jorge Mautner, o profeta do Kaos, do amálgama, do contraditório que se auto-completa para formar o consenso, é uma obra fantástica, que “brinca” com as diferenças existentes em nossa sociedade “miscigenada-amalgamada”.

Esta experiência do diretor Fábio Viana resulta em um caldeirão de poções mágicas que emociona, faz rir-chorar e ao mesmo tempo nos transporta para uma reflexão profunda sobre nosso papel na sociedade e nosso papel para nosso “eu”. Tira-nos a consciência do conformismo e nos empurra, à força, com nosso consentimento, em direção a uma tomada de decisão-consciência-inconsciente, para mudar o caos e/ou nos amalgamar nele e VIVER A VIDA, que é o mais importante.

A performance artística mexe com os sentidos. Dança, raízes, samba, samba carioca, escola de samba, Brasil prenhe/grávido, muitos filhos desse Kaos/País nascendo e morrendo na ribalta, Maísa (cantora), interpretação, Jorge Mautner, Caetano Velloso, Hélio Oiticica, Glauber Rocha, o som unplugged e o som elétrico que se mescla à apresentação dos corpos/movimentos do palco, tudo isto impregna os olhos e os ouvidos.

Não se consegue tirar os olhos da cena, não se consegue “desgrudar” os ouvidos da música... Deseja-se “ouvir” o som com os olhos (olhar para os músicos), mas o movimento no palco hipnotiza a visão... Deseja-se “ver” a performance com os ouvidos, mas eles, os ouvidos, se negam a pagar de enxergar o som que ecoa solene, brutal, de coral, de batuque, de gritos do KAOS... Não tem como fugir. Você está mergulhado, literalmente, na cena. Por todos os lados o kaos impera e te impele a não ficar estático, não mais espectador da vida, mas agente modificador de sua existência e da existência de sua geração/país.


Afro/negro/exploração
Candomblé/Catolicismo
Vida – celebração
Céu e Inferno
Celebração – Vida
Filhos do Caos
Filhos da Vida
Terra – Vida – Terra
Artes Plásticas, Tropicália, Sambão, Parangolés, Anti-Arte
Mangue Beat – Maracatu – Pernambuco
Contestação X Conformação
Carnaval de Idéias, Arte, Criação
Quem pariu este país? Quem pariu este Kaos?
Santos, Demônios, Clichês,
“Deus e o Diabo na Terra do Kaos”

A loucura,
A alucinação
A anti-criação, o Kaos...

Toureiro, Touro
Vermelho Pecado Flamenco
Sensibilidade
CORAL Versus RAP
Filhos do Kaos

Algo de Novo Surge no Horizonte...




Ficha Técnica:
“Uma temporada no Paraíso” é uma adaptação da obra “Mitologia do Kaos”, do cantos, compositor e escritor Jorge Mautner. Com linguagem poética que valoriza o teatro físico e a expressão vocal, o espetáculo é uma fábula em que personagens mitológicos do universo mautneriano dialogam com o mundo real. Música, dança e teatro intercalam-se numa montagem ritualística. O elenco é formado pelo Bando de Teatro Sem Nome, com direção de Fábio Viana.


Nova temporada:
Até 12 de fevereiro, aos sábados e domingos
Onde: Sala do Coro do Teatro Castro Alves – Salvador-BA
Horário: 20hs
Ingressos: R$ 10,00 e 5,00 (meia)

Fonte: http://www.galinhapulando.com/visualizar.php?idt=1104866

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
valdeck
Salvador - BA



Comentários
01
Reporte abuso
Leide Daiana
Salvador 05/02/2012

A quadra 7 de cajazeiras 5 amanhece de luto, por quê Wagner e Raul partem de volta a pátria Espiritual, após suas existências serem interrompidas pela violência que tomou Salvador neste dias de greve da policia.
Hô Senhor Governador, vossa Excelência tem nas mãos o poder. Não permita mais que a lagrimas das mães corram pelas faces indefesas, sem poder reagir! Nesta noite, Cajazeira chora a perda de um rapaz honesto e trabalhador querido pela comunidade, que teve a infelicidade de entrar em uma rua sem saída e deparar com um bando de traficantes sem coração e não teve quem o defendesse desses monstros, por que a policia está em greve!
e com deixando para trás a saudade e certeza de que precisamos mudar esta realidade.
Agradecemos a Deus por ter vocês em nosso convívio mesmo que por breves anos e também por trazer alegria por onde passou. Vão em paz! Que Jesus esteja com vocês!


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br