Atualizado 20h42 Quarta, 07 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Press Releases

O Preço Amargo da Calunia

785 acessos - 0 comentários

Publicado em 30/01/2012 pelo(a) Wiki Repórter Roberto Leal, Salvador - BA



Sabe quanto custa uma calunia? - Foto: Reprodução
A vida e a trajetória profissional da Juíza Olga Regina S. Guimarães, é tema do livro autobiográfico “O Preço Amargo da Calúnia”, que será lançado amanhã, dia 31 de janeiro, em Salvador, na Livraria Saraiva da Shopping Barra. Em breve, o livro também será lançado na Faculdade de Coimbra em Portugal e em cidades onde a juíza trabalhou a exemplo de Cruz das Almas, Juazeiro, Salvador, Itabuna, Ubaíra, Santa Inês, Aurelino Leal e Ubaitaba.
“A obra traz detalhes de uma historia real vivida por uma jovem, que após belíssima carreira como Juíza do Tribunal de Justiça, tornou-se vítima de uma calúnia muito bem orquestrada por vários maestros da maldade, com o fim de destruí-la. É uma historia real com os nomes trocados, pois, os personagens na sua maioria, estão vivos, pastando e engordando em cima da corrupção permitida pelas falhas jurídicas”, disse a autora.
O Preço Amargo da Calúnia é um livro destinado aos que clamam por Justiça. No livro a escritora cita a experiência como Juíza de Direito, função que exerceu há mais de duas décadas por diversas comarcas do Estado da Bahia. Sem dúvida, o livro mostrará, sobretudo, as amarguras vivenciadas por ela, quando obrigada a responder a cada representação, processos e as alegrias de receber homenagens e títulos nas cidades onde sempre buscou distribuir Justiça.
“A publicação desta obra, servirá como remédio para a dor da alma. Pois são erros judiciários que produzem os dramas mais amargos. Não existe justificativa para prisão ou condenação de um inocente. Os Tribunais sempre foram e continuarão a ser palco de dramas comoventes, em que estão em jogo a liberdade e a vida, constantemente à mercê da fragilidade das provas ou da fragilidade dos julgadores. Uma prova mal feita ou arrancada à força, uma defesa pessimamente conduzida, um Juiz displicente ou mal-humorado, podem levar o suspeito à prisão, a força, a morte. O leitor não vai estranhar que ao invés da escritora citar casos, estará recorrendo à ficção. É que, para ela, ficção e Direito estão entrelaçados”.

Fonte: ASCOM/Fundação Òmnira

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Roberto Leal
Salvador - BA



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br