Atualizado 20h42 Quarta, 07 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cotidiano

Barbárie em Pinheirinho

472 acessos - 1 comentários

Publicado em 27/01/2012 pelo(a) Wiki Repórter Roberto Leal, Salvador - BA



O povo jogado nas ruas sem a sua moradia - Foto: Reprodução: Internet
      
Por: João Paulo Just     


Muitos devem ter visto na TV, no início dessa semana, reportagens sobre a reintegração de posse do terreno que engloba o bairro de Pinheirinho em São José dos Campos, SP. O noticiado é que o governo do estado de São Paulo, junto com a prefeitura de São José dos Campos, retiraram do terreno pessoas que ali haviam invadido para morar, há 8 anos atrás.

Imagine então: 6 horas da manhã de um domingo, você acorda atordoado e assustado com barulho de tiros e bombas explodindo. Quando levanta pra ver o que está acontecendo, percebe que a polícia está invadindo sua casa e que você deve abandoná-la para sempre e imediatamente.

Seria uma reintegração de posse normal, não fossem alguns detalhes. Antes de tudo, vamos lembrar quem é o dono do terreno: o empresáio Naji Nahas, responsável por crimes financeiros que levaram à quebra da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro em 1989, que até hoje não se recuperou, além de ter sido alvo das investigações da operação Satiagraha, sendo preso pela Polícia Federal e solto em pouco tempo. Ou seja, um criminoso.

E o terreno? O que dizer do terreno? Ele faz parte da massa falida da Selecta, empresa de Naji Nahas, que, inclusive, deve aproximadamente R$ 15 milhões de reais à própria prefeitura de São José dos Campos. É estranho, não? A prefeitura ajudar seu devedor para recuperar seu terreno.

Moravam lá mais de 6.000 pessoas. O governo, tanto estadual quando municipal, dizem que a desocupação foi tranquila, sem feridos e sem nenhum tipo de problema. Não é o que dá pra perceber no vídeo do link abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=7eNF0HZE0Zk&feature=related

O vídeo explica muita coisa. O que de fato aconteceu, que a grande mídia não mostra, e o porque dessa desocupação ter sido tão fácil para Naji Nahas.

Bem, pelo que eu saiba, o Estado (isso engloba governos municipal, estadual e federal) tem como interesse a defesa do público e não do privado. O que quero dizer: os interesses do povo (público) devem vir antes dos interesses particulares de alguem ou de alguma empresa (privado). Claro que pela lei, o dono de um terreno tem direito à sua reintegração, mas o caso aqui é que nesse terreno, moravam 6.000 pessoas, e seu dono possui um débito, relacionado a esse terreno, imenso com a prefeitura além de ser um criminoso.

O mínimo que o governo municipal e estadual deveriam fazer era providenciar um local de qualidade no mínimo igual para as famílias que seriam despejadas. Ao invés de construir casas populares, o governo de São José dos Campos e de São Paulo (ambos PSDB) preferem colocar famílias nas ruas. Bem, depois não poderão reclamar se os filhos desalojados do Pinheirinho acabarem indo formar uma nova cracolândia na cidade.

E o governador Geraldo Alckimin ainda tem a coragem de dizer em público que a operação foi bem sucedida. Pra Naji Nahas, é claro!


Fonte: ASCOM/Fundaçao Omnira
 

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Roberto Leal
Salvador - BA



Comentários
01
Reporte abuso
nois é
sp-sem medo de ratos--hoje em dia com algum receio- 27/01/2012

Quase sempre,ou sempre,as ocupações de terra são feitas por malandros políticos,desta feita não foi diferente,basta pesquisar e,chega se a conclusão da safadesa política que impera nesse país--pega-se inacautos,aloja em terras do "governo" e logo após o cacete come,nessa hora os bandidos beneméritos fogem como o diabo foge da cruz--e o povo?? Povo??deixe me ver,ah,lembrei do discurso do cara do(RS) lixe-se,----isso para usar um termo light,na verdade aqui cabe um belo "palavrão!


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br