Atualizado 01h22 Sábado, 07 de setembro de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Política

O queridinho da República

311 acessos - 0 comentários

Publicado em 16/01/2012 pelo(a) Wiki Repórter Soares, Divinópolis - MG



Eduardo Campos com Dilma e Aécio. Pode ser que em 2014 queira trilhar seu próprio caminho - Foto: Edição. Soares
O QUERIDINHO DA REPÚBLICA
O governador de Pernambuco Eduardo Campos é o atual queridinho da política brasileira. O governo de Dilma Rousseff não quer perdê-lo de vista, e a oposição tucana o quer como aliado em futuras batalhas. E ambos têm razão quando procuram proximidade com o líder do PSB.

Eduardo Campos é neto e herdeiro político da Miguel Arraes, e, sob alguns aspectos, está se dando melhor do que o falecido avô. Arraes dominou a política pernambucana entre as décadas de 60 e 90, praticando uma inusitada mistura de coronelismo, populismo e esquerdismo. As suas práticas de governo não dispensavam os velhos hábitos da política nordestina , mas vinham recheadas por teses socialistas que lhe valeram a prisão e o exílio nos anos da ditadura militar.

O crescimento político de Eduardo Campos, que lidera um partido que governa seis Estados, quatro capitais, e possui uma pequena porém influente bancada no Congresso, fez dele peça fundamental do tabuleiro da sucessão presidencial de 2014, e por isso, alvo de ataques de oposicionistas e de aliados do governo.

Para muitos observadores, a recente crise que atingiu o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, afilhado político de Campos, acusado de favorecer Pernambuco com liberação de verbas, foi obra do "fogo amigo", ou seja, gente do PMDB e do PT incomodada com a crescente influência de Campos , e tentando desqualificar a sua possível candidatura à presidência.

As pedras atiradas sobre o feudo de Campos - O Ministério da Integração Nacional - só fizeram fortalecer o seu prestígio: Campos vem sendo afagado pela presidente Dilma Rousseff e pelo presidenciável tucano Aécio Neves. Ambos motivados, é evidente, pelo mesmo propósito de tê-lo como aliado em 2014.

Difícil é imaginar que o governador de Pernambuco, terminado o seu segundo mandato, se satisfaça com uma cadeira no Senado e aguarde pacientemente o fim da "Era PT". Por isso, seus aliados têm como certo que ele entre na briga sucessória. Paradoxalmente, o seu sucesso na empreitada ficará condicionado ao fracasso de um governo no qual ele e o seu partido foram atuantes desde o primeiro mandato de Lula, em 2003.
http://blogdofasoares.blogspot.com

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Soares
Divinópolis - MG



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br