Atualizado 10h41 Segunda, 19 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Um Nazi no comando da Venezuela?

446 acessos - 1 comentários

Publicado em 22/04/2011 pelo(a) Wiki Repórter Jefferson Nóbrega, Brasília - DF



Título original ¿Un nazi en Miraflores? - Sammy Eppel Jornal Venezuelano El Universal
Tradução:
De Olho na Jihad

Uma das premissas essenciais de toda ideologia ou regime totalitário é a busca ou construção de um inimigo em que sua existência real ou fictícia sirva para justificar todo o tipo de atrocidades em "defesa da pátria". O bode expiatório mais comum para tais práticas abomináveis, embora não sejam os únicos, são os Judeus. O chavismo é uma dessas ideologias trogloditas que pregam o ódio para alcançar a coesão social de seus seguidores. Acompanhar a cronologia de sua formação é elementar para a compreensão, primeiro Ceresole, o Chacal, o ministro que declara que seu livro de cabeceira é "Mein Kampf", as invasões ao Colégio Judeu de Caracas, as alianças com países e grupos terroristas anti-semitas, a publicação do decálogo de como atacar os judeus da Venezuela escrito por um mebro do PSUV, professor da UB, que logo recebeu tratamento de herói da revolução, o assalto a principal sinagoga de Caracas por um grupo de policiais ligados hierarquicamente ao Ministério das Relações Interiores, as centenas de cartas, programas de rádio e televisão nos meios do Estado que incitam o ódio contra os venezuelanos de fé judia, alguns expoentes são Alberto Nolia, Mario Silva, y Cristina González, que teve a brilhante idéia em seu programa da RNV de ler, elogiar e recomendar aos seus ouvintes a compra do mais vergonhos libelo anti-semita, "Os Protocolos dos Sábios de Sião", que serviu de modelo a Adolfof Hitler para a solução final. Os banners que agora enfeitam as colunas e as entradas dos Ministérios da Cultura, Ciência e Informação deslegitima e demoniza o "mundo judáico". Os eventos são tão numerosos e tão grotescos que eu poderia encher todas as páginas deste jornal e ainda seria pouco.

O que quero dizer é que este anti-semitismo de Estado que temos na Venezuela, profissionalmente planejado e executado ,só pode ocorrer por ordens superiores. A prova é o encobrimento por parte do regime, ao "engavetar" as centenas de denúncias formais que repousam na procuradoria.

Hoje é quinta-feira Santa, e na antiguidade, marcou o início dos "progroms"contra os judeus, e na pátria de Bolivár, o "progrom" começou quando a metade da comunidade judáica da Venezuela fugiram do país.

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Jefferson Nóbrega
Brasília - DF



Comentários
01
Reporte abuso
Anderson
São Paulo 22/04/2011

to com chaves e naum abro....melhor livro do mundo Mein Kampf"


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br