Atualizado 19h36 Segunda, 19 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Proibição de beber álcool nas estradas não vale nada

527 acessos - 0 comentários

Publicado em 21/04/2011 pelo(a) Wiki Repórter JBWiki!, Rio de Janeiro - RJ



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, QUINTA-FEIRA, 21 DE ABRIL DE 2011. “SEMANA SANTA” E FERIADO NACIONAL.

DIA DE TIRADENTES - Líder da revolta anti-colonialista, Inconfidência Mineira, Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes, foi enforcado e esquartejado em 21 de abril de 1792. Entre os protestos da revolta, estavam os altos importos cobrados por Portugal. As influências vinham do Iluminismo e dos liberais franceses. (Fonte: Terra)

Folha de S. Paulo

Juro sobe menos que o esperado e vai para 12%
O Banco Central aumentou pela terceira vez a taxa de juros (Selic) que passou de 11,75% para 12% o ano. Essa é a taxa básica: na prática os juros cobrados na economia real são bem mais elevados.

O mercado trabalhava com a previsão de alta imediata de 0,5 ponto percentual. Para analistas, uma nova elevação de 0,25 ponto ocorrerá até o fim do ano. (Págs. 1 e A4)
Em SP, veículos poluem mais do que as fábricas
O primeiro inventário de emissões dos gases de efeito estufa no Estado de São Paulo, que foi divulgado ontem pelo governo estadual mostra que a poluição provocada por veículos leves supera a das indústrias.

Somados, carros, utilitários e motocicletas jogaram 14,12 milhões de toneladas de gases na atmosfera, contra 13,4 milhões expelidos pela indústria. (Págs. 1 e Cotidiano,C5)
A cada dia, uma arma é desviada de Fóruns
Assaltos e furtos em depósitos de fóruns desviaram mais de uma arma por dia desde 2004. Seguindo levantamento do gabinete do deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), 3.266 armas foram roubadas.

Para o CNJ, o Judiciário deve apresentar o trâmite para destruir armas apreendidas.

Em 2010, um estudante de direito de 18 anos foi preso em São José dos Pinhais (PR) acusado de desviar nove armas. (Págs. 1 e Cotidiano,C4)

Proibição de beber álcool nas estradas não vale nada
A proibição do comércio de bebidas alcóolicas nas estradas federais, em vigor há três anos, não vale nada na prática. Nas BRs 381 e 262, em Minas Gerais e Espírito Santo, pingas e cerveja são vendidas abertamente.

A Polícia Rodoviária Federal atribui a ineficácia a brechas legais. A principal é a exceção para trechos urbanos, o que resulta na liberação de 93% dos pontos de venda de bebida. (...)  Segundo a PRF, de 13 mil pontos de comércio às margens das estradas federais do país, 93% foram considerados urbanos -liberados para vender bebida alcoólica.
"Sinceramente é bem difícil dizer que tenha uma eficiência na fiscalização. Teríamos que ter uns 2.000 mapas só dos municípios [para avaliar qual está dentro ou fora da lei]", afirma a inspetora Maria Alice Nascimento Souza, diretora-geral da PRF.
Ela alega que, devido ao efetivo reduzido (são 9.100 policiais para 67 mil km), houve a decisão de priorizar a abordagem dos motoristas embriagados nas rodovias. (...) (Págs. 1 e Cotidiano).

Oposição teme que PT use Copa para fazer caixa (Págs. 1 e A2)
Editoriais
Leia “Revoada na oposição” que analisa defecções no PSDB paulistano, e “Mortes anunciadas”, sobre falta de providências nas estradas federais. (Págs. 1 e A2)


O Globo

Juros sobem mais uma vez; inflação, também
BC eleva juros em 0,25 ponto. Combustíveis pressionam custo de vida

Na terceira reunião seguida deste ano, o Comitê de Política Monetária(Copom) do Banco Central subiu os juros. Num encontro bem mais longo do que o habitual, por cinco votos a favor e apenas dois contra, os diretores do BC decidiram elevar a taxa em 0,25 ponto percentual, para 12% ao ano. Segundo uma fonte da equipe econômica, a decisão foi um claro sinal de que o BC está mirando o centro da meta da inflação em 2012, já admitindo que, para este ano, o custo de vida vai mesmo encostar no teto, ou seja, em 6,5%. Dessa forma, o Copom teria dotado uma estratégia de subir juros de maneira prolongada, moderada e persistente. Sendo assim, não haveria necessidade da alta de 0,75 ponto agora, o que só aumentaria as despesas com encargos da dívida. Ontem, o IBGE divulgou que a prévia do índice oficial de inflação (IPCA-15) ficou em 0,77%, em abril, muito influenciado por combustíveis. Em 12 meses, a alta é de 6,44%. (Págs. 1, 19 e 20 Míriam Leitão e Carlos A. Sardemberg)

Promessa de queda no gás

A Petrobras reduzirá os preçoss do gás natural produzido no país a partir de primeiro de maio. Sem informar qual é o valor atual do produto, a empresa comunicou aumento no preço para as distribuidoras, mas disse que o reajuste virá acompanhado de um desconto. No fim das contas, a estatal garante que o preço cairá.
(Págs. 1 e 21)
Minha Casa para baixa renda ameaça ruir
Lançado em abril de 2009, o Minha Casa Minha Vida completa dois anos sem atender as famílias de baixa renda. As construtoras dizem que os altos preços dos terrenos inviabilizam as obras. Em Minas, um conjunto inaugurado há um ano por Lula e Dilma Rousseff foi construído em cima de um lixão e parte das casas pode desabar. (Págs. 1, 3 e 4)
Promotora presa por simular insanidade
Investigada por suspeita de extorsão e de vazar informações sigilosas, no caso conhecido como mensalão do DEM, a promotora Deborah Guerner foi presa ontem. Ela é acusada de comprar atestados de insanidade mental. (Págs. 1 e 11)
Feriadão do Judiciário tem mais um dia
Magistrados e servidores de tribunais federais de todo o país já não trabalharam ontem, baseados numa lei da época da ditadura. Também não houve expediente no STF, no STJ e no CNJ, além de tribunais de sete estados. (Págs. 1 e 9)
TCU defende regras fixas para obras
O presidente do TCU, Benjamin Zymler, defendeu ontem, a aprovação de uma lei permanente sobre as regras de fiscalização de obras com indícios de irregularidades graves. A intenção é retirar o tema da LDO deste ano. (Págs. 1 e 5)

O Estado de S. Paulo

Dilma põe direitos humanos no centro da política externa
Declaração, feita a diplomatas no Itamaraty, contrasta com postura do governo Lula sobre o tema.

A presidente Dilma Rousseff declarou ontem, no primeiro discurso sobre relações internacionais de seu governo, que o tema direitos humanos será promovido, defendido “em todas as instâncias internacionais sem concessões, sem discriminações e sem seletividade". A declaração, dirigida a formandos do Instituto Rio Branco e diplomatas, indica um contraste com tom contemporizador com países violadores dos direitos humanos adotado pelo ex-presidente Lula. Escolhido paraninfo da turma,Lula não compareceu- ele mandou um texto de apenas uma página que foi lido pelo assessor para Assuntos Internacionais do Planalto, Marco Aurélio Garcia. Nele, o ex-presidente louvou as ações do Itamaraty em seu governo e definiu como mera “continuidade” a gestão de Dilma. A presidente enfatizou que quer resultados concretos na política externa. “A palavra será e é sempre: reciprocidade”. Nacional. Páginas 1 e A6

1.1- Dilma Rousseff – Presidente “Do ponto de vista de segurança, a ONU envelheceu. Reformar o Conselho de Segurança não é um capricho do Brasil.
PF prende dois do "Mensalão do DEM"
A promotora de Justiça Deborah Guerner e o marido, o empresário Jorge Guerner, foram presos em Brasília. O Ministério Público Federal pediu a prisão alegando que ele atrapalhou as investigações do esquema de corrupção conhecido como “Mensalão do DEM”. Deborah Guerner e o colega Leonardo Bandarra, ex-procurador-geral, são acusados de cobrar propina do ex-governador José Roberto Arruda em troca de proteção ao seu governo. Nacional/Páginas 1 e A4
BC aumenta juros pela terceira vez seguida e Selic vai a 12%
BC aumenta juros pela terceira vez seguida e Selic vai a 12%

O Comitê de Política Monetária(Copom) do Banco Cental elevou a taxa Selic em 0,25 ponto percentual, para 12% ao ano. Com isso, reduziu o ritmo de alta do juro básico da economia iniciado em janeiro, quando a elevação foi de 0,50 ponto percentual e no início de março - também meio ponto. Foi a terceira reunião do comitê sob comando de Alexandre Tombini e no governo de Dilma Rousseff. Economia/Páginas 1 e B3

Petrobras barateia gás. Após ameaçar aumentar o preço em 10%, a empresa surpreende e anuncia 9,7% de redução. Economia/Página1 e B1
Prefeitura quer mudar traçado do Rodoanel.
Cidades/Páginas 1 e C1
SP terá de cortar 46% de CO2 de veículos.
Vida/Páginas 1 e A16
Dora Kramer - Exercício de liderança
Enquanto o PT já decidiu partir para a conquista de setores de renda média, o PSDB ainda aponta equívoco no diagnóstico de Fernando Henrique. Nacional/Páginas 1 e A6
Notas & informações
Cuba muda para ficar igual

Enquanto a velha-quarda continuar no poder não haverá economia de mercado na ilha. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense

Eles nos envergonham
Na véspera do seu aniversário de 51 anos, Brasília ganhou mais um triste escândalo de repercussão nacional. Citada na operação Caixa de Pandora, Deborah Guerner foi presa ontem com o marido, Jorge Guerner, em casa, no Lago Sul. Processada pelo Conselho Nacional do Ministério Público(CNMP) por crimes como tentativa de extorsão corrupção, Deborah, agora é suspeita também de forjar uma doença mental para escapar das acusações que podem lhe custar o cargo. Como em sua aparição pública, no julgamento do CNPM, em seis de abril, Débora fez questão de agir como uma pessoa desequilibrada. Ontem, conduzida por policiais na chegada do IML, desceu do carro com uma echarpe na cabeça aos gritos, e tentou agredir fotógrafos que registraram a cena. Há indícios -incluindo um vídeo gravado em sua própria casa- de que Débora e Jorge, com orientação de uma psiquiatra, ensaiavam atos de loucura para atestados falsos. A promotora e o marido estão detidos em sala da PF. (Págs. 1 e 25 a 28)
Buraco na BR-060 atormenta o feriado do Brasiliense (Págs. 1 e 34)

O galope da inflação
Os índices oficiais de carestia acumulados nos últimos doze meses devem superar, em abril, o limite de 6,5% fixado pelo governo. O estouro da meta chegará antes do esperado pelo Banco Central, que traçava o pior cenário somente para o fim do terceiro semestre. Mesmo assim, o BC manteve sua política de reajuste das taxas de juros, contrariando algumas previsões de uma alta maior. Ontem, a Selic subiu 0,25 ponto percentual, atingindo 12% ao ano. (Págs. 1, 12 e 13)
Sem Taxa médicos perdem
Agência que fiscaliza planos de saúde proíbe os profissionais de cobrarem extras pelas consultas dos conveniados. (Págs. 1 e 14)

Estado de Minas

E agora?
Ponte sobre o Rio das Velhas na BR-381, afunda e vai ser demolida. Nova estrutura é prometida no prazo de seis meses. (Págs. 1)
Manual de sobrevivência nas estradas
O feriado da Semana Santa de 2010 foi o mais violento dos últimos dez anos: 603 acidentes provocaram 31 mortes somente nas rodovias federais que cortam Minas Gerais. No carnaval deste ano, não foi muito diferente: 29 pessoas não chegaram ao destino. Assim, os períodos do ano que deveriam ser sinônimos de lazer, alegria e descanso acabam se tornando fontes permanentes de tensão, sofrimento e morte. Para piorar, ontem a ponte sobre o Rio das Velhas, na BR- 381, principal saída de BH para o Espírito Santo e Sul da Bahia sofreu um afundamento e foi interditada nos dois sentidos. O Estado de Minas publica hoje, não só as alternativas de desvios da ponte fechada, como um levantamento com as principais causas, horário mais perigoso e trechos menos seguros das vias que passam por nosso estado. Tudo para que você e sua família, ao viajar, não sejam ameaçados no que tem de mais preocioso: A Vida. (Pàgs. 1)
BC eleva juro básico para 12% ao ano
Alta na taxa Selic, já esperada, foi de 0,25 ponto. (Págs. 1 e 15)
Farra das viagens
Mais da metade dos órgãos federais descumprem determinação do Planalto de cortar em 50% as despesas com diárias e passagens. (Págs. 1 e 3)

Jornal do Commercio (PE)

Manchete: Os muitos perigos na rota da BR-232 (Págs. 1)

Grande Recife vive outro dia de caos. E a chuva não dará trégua (Pág. 1)

Juros sobem pela terceira vez consecutiva (Pág. 1)

Zero Hora

Inflação força terceira alta do juro em 90 dias
Banco Central decide elevar em 0,25 ponto, para 12% ao ano, com objetivo de conter preços, mas reduz ritmo da alta para preservar crescimento. (Págs. 1, 14, 16 e 20)

Fontes: Radiobras – JBWiki!

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
JBWiki!
Rio de Janeiro - RJ



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br