Atualizado 23h22 Quarta, 21 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

O “leão” quer R$ 1,14 bilhão de Sílvio Santos

711 acessos - 1 comentários

Publicado em 09/02/2011 pelo(a) Wiki Repórter BrasilWiki!, São Paulo - SP



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, QUARTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2011.

Jornal do Brasil

Ele ficou mais forte
Pesquisa mostra que o mosquito transmissor da dengue criou resistência e agora também se desenvolve em água suja. (Págs. 1, 3 e 4)
Adoção dos órfãos da Região Serrana ainda vai demorar (Págs. 1, 8 e 9)
Governo aciona sua base para conter CPIs (Págs. 1, 13 e 14)
Estados podem pagar por crimes de presos em semiaberto (Págs. 1 e 18)
Editorial
Narguilé é a nova isca da indústria do tabaco. (Págs. 1 e 2)

O Globo

UPP e Lei Seca fazem cair preço do seguro de carro
Repressão a desmanches também ajudou em queda de até 37% no Rio

A implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e da Lei Seca, associada a uma mudança na estratégia de repressão a roubos e furtos de automóveis, foi decisiva para baratear o custo do seguro do carro para o carioca nos últimos meses. Dados do IBGE apontam recuo de 12,6% na apólice em 2010. Na média nacional, houve retração de 3,53%, mas o preço do seguro subiu nas regiões metropolitanas de Fortaleza, Recife e Belo Horizonte. Para quem mora na Vila da Penha, por exemplo, o custo para proteger um Corsa 1.0 modelo 2009 caiu 37%. Em Vila Isabel, a queda foi de 14% e, em Copacabana, o percentual foi de 10%. "Houve reflexos positivos em toda a região metropolitana. Em bairros como Copacabana e Botafogo, onde a UPP chegou há dois anos, os índices de roubo já eram menores", disse Roberto Santos, vice-presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio. (Págs. 1 e 19)

Apagão agora é em São Paulo
Depois da falta de luz no Nordeste, ontem foi a vez de São Paulo. À tarde, faltou energia em 21 bairros e até o Aeroporto de Congonhas funcionou com geradores por causa de falha no transformador de uma subestação da Transmissão Paulista. A presidente Dilma Rousseff não aceitou as explicações para o apagão do Nordeste e pediu nova investigação. (Págs. 1 e 21)
Janeiro teve a maior inflação desde 2005
Aumentos em transporte urbano, alimentos e serviços puxaram a inf1ação para 0,83% em janeiro, a maior taxa em seis anos. No Rio, as chuvas na serra fizeram até triplicar preços, como o do chuchu. (Págs. 1 e 23)
Família Sarney mantém feudo no Senado
O presidente do Senado, José Sarney, escolheu uma ex-chefe de gabinete da filha Roseana para a diretoria geral da Casa. Com isso, ele retoma o comando administrativo depois da crise dos atos secretos. (Págs. 1 e 4)
Suplentes põem Câmara e STF em confronto
Em pé de guerra com o STF, a Câmara tentara aprovar às pressas emenda constitucional para garantir que, em caso de licença do deputado, a vaga seja ocupada pelo suplente mais votado da coligação. (Págs. 1 e 3)
Foto legenda: Carnaval sem fantasia
Manequins queimados num dos barracões, um dia após o incêndio que atingiu a Cidade do Samba. Em novembro, a Liga havia comunicado à prefeitura falhas no sistema antifogo. Ontem, disse que o equipamento funcionou, mas era fogo demais. (Págs. 1 e 12 a 14)
Liminar tira Procon de shoppings
A Justiça concedeu ontem uma liminar que suspende a atuação do Procon nos estacionamentos de shoppings que fazem parte de uma associação. Os estabelecimentos foram multados por cobrar preços abusivos. A fiscalização prossegue nos outros estacionamentos. (Págs. 1 e 16)
Egito: herói da internet reanima os protestos
Após 12 dias preso e vendado, o executivo do Google que deflagrou os primeiros protestos no Cairo reacendeu as manifestações, Wael Ghonim emocionou a multidão na Praça Tahrir, numa das majores mobilizações já realizadas. O governo disse ter um cronograma de transição. (Págs. 1 e 27)
Roberto DaMatta
A relação que há entre velhas cristaleiras e a falta de transparência de nossa elite política enriquecida. (Págs. 1 e 7)
Elio Gaspari
No Egito, desencontros dão tom de Casa da Mãe Joana à diplomacia americana. Como na Era Bush. (Págs. 1 e 6)
Blog do Noblat
Le Monde diz que Dilma prefere os caças F-18 americanos e não os Rafale franceses que Lula queria. (Págs. 1 e Blog do Noblat)

Folha de S. Paulo

Casa de secretário é roubada e polícia cobra ação de vigia
Delegado-geral cobra atuação mais efetiva de vigilantes de rua; Estado passará a cadastrar e fiscalizar autônomos

O chefe da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Marcos Carneiro Lima, declarou ontem que os vigias de rua precisam ter participação mais efetiva na segurança pública. "Somente a polícia não consegue resolver problema dessa envergadura", afirmou o delegado-geral.

A afirmação foi feita quando Lima falava sobre o assalto à casa de Saulo de Castro Abreu Filho, ex-secretário da Segurança Pública e atual secretário de Transportes. Saulo, a mulher, a filha e uma amiga ficaram reféns de quatro assaltantes por três horas.

O delegado-geral disse que a polícia vai cadastrar os vigilantes de rua autônomo em um banco de dados. Vigias autônomos não podem andar armados - só os contratados de empresas de segurança particular autorizadas pela Policia Federal. Saulo não falou. (Págs. 1 e Cotidiano C1)

Para Receita, Silvio Santos deve pagar R$ 1 bilhão em tributos
O resgate do PanAmericano vai gerar conta de mais de R$ 1 bilhão em tributos federais para Silvio Santos.

O cálculo de técnicos do mercado tem o respaldo de fiscais da Receita Federal.

A obrigação fiscal vem da diferença entre o empréstimo concedido pelo Fundo Garantidor de Créditos para cobrir o rombo do banco (R$ 3,8 bilhões) e o valor pelo qual ele foi vendido ao BTG Pactual (R$ 450 milhões).

Pelo acordo, o empresário repassou o valor de venda ao fundo e se livrou do "resto a pagar", uma diferença de R$ 3,35 bilhões.

Para Fisco e técnicos, esse valor pode ser entendido como ganho de capital - e, como tal, deve pagar Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Juntos, eles "mordem" 34% - ou R$1,14 bilhão.

O Grupo Silvio Santos não se pronunciou. (Págs. 1 e Mercado B1)

Janeiro tem sua inflação mais alta em oito anos
Os preços dos alimentos subiram menos, mas, pressionado pelos reajustes de tarifas de transportes e serviços, o IPCA (índice oficial de inflação) avançou 0,83% no mês passado, o mais alto para janeiro desde 2003.

A taxa foi igual a de novembro, a maior desde abril de 2005. Para o governo, o resultado reforça decisão do ajuste fiscal. (Págs. 1 e Mercado B4)

Vinícius Torres Freire

Inflação anual de 6% e silêncio oficial criam dúvidas na praça. (Págs. 1 e Mercado B4)
Boa Notícia: Contribuinte vai pagar menos IR em indenizações
Contribuintes que receberem de uma vez valores acumulados por muito tempo, como indenizações por ação trabalhista ou aposentadoria, vão pagar menos IR.

A Receita decidiu levar em conta não o montante, mas o número de meses aos quais se referir. (Págs. 1 e Mercado B3)
Mantega nega o aumento de IOF em gastos fora do país
O ministro Guido Mantega negou que o governo estude elevar a 4% o Imposto sobre Operações Financeiras nas compras com cartão, como a Folha revelou ontem. O percentual cobrado hoje é de 2,38%, e não de 0,38%, como foi publicado.

Apesar da negativa, a proposta está entre as medidas avaliadas para frear o consumo. (Págs. 1 e Poder A20)
Pane deixa sem luz 2,5 milhões de paulistanos
Falha em transformador deixou 2,5 milhões de pessoas sem energia elétrica nas zonas sul, oeste e central da cidade. O blecaute demorou cerca de 15 minutos e afetou semáforos e o abastecimento de água.

Segundo o secretário Jose Aníbal (Energia), o atraso na construção de uma subestação que deveria estar pronta em 2009 pode causar outros cortes. (Págs. 1 e Cotidiano C5)
Foto legenda: Foto invisível
Câmera comprada pelo Instituto de Criminalística; máquina ajuda a solucionar crimes ao registrar radiação emitida pelo calor do corpo. (Págs. 1 e Cotidiano C1)
Poder
Regular mídia é prioridade, diz o líder do PT na Câmara. (Págs. 1 e A7)
Editoriais
Leia "A farra dos salários", sobre limite a aumentos do funcionalismo; e "Sem alinhamentos", acerca da visita do secretário de Tesouro dos EUA. (Págs. 1 e Opinião A2)

O Estado de S. Paulo

Inflação é a maior desde 2005 e Mantega teme pessimismo
IPCA de janeiro atinge 0,83% e mercado já prevê que o índice não voltará ao centro da meta neste ano

A inflação do IPCA, o índice do sistema de metas, ficou em 0,83% em janeiro, o maior resultado (junto com o de novembro de 2010) desde abril de 2005. Transportes e alimentos puxaram a alta. O IPCA em 12 meses passou de 5,91% para 5,99%. Segundo analistas, é provável que a inflação em 12 meses supere a margem de tolerância do sistema de metas, de 6,5%, em meados deste ano. Trazer o IPCA de volta ao centro da meta (4,5%) no final de 2011 é considerado impossível, e parte do mercado já aposta que isso não ocorrerá nem em 2012. Guido Mantega (Fazenda) tentou minimizar o impacto do índice, dizendo que se trata de alta sazonal e passageira - a maior preocupação do ministro é que se instale um pessimismo generalizado em relação à inflação. (Págs. 1 e Economia B1, B3 e B4)

Análise: Celso Ming

Ficou braba

Se, em vez de fazer o jogo do contente; se, em vez de seguir dizendo que a inflação não é preocupante; e se Mantega reconhecesse que a inflação é o que é (sem ter de exagerar) e que vai atacá-la com rigor, ganharia em credibilidade e em capacidade de controlar a expectativa dos agentes econômicos. (Págs. 1 e Economia B2)
Governo fecha questão e quer mínimo de R$ 545
A presidente Dilma Rousseff mandou avisar a partidos aliados e sindicalistas que não haverá mais negociações em torno do salário mínimo, fixado em R$ 545. Ela determinou ao PT que, se necessário, feche questão em torno do assunto, o que possibilitaria a punição aos deputados e senadores que insistirem em outro valor. Os líderes dos partidos aliados orientarão parlamentares a não apresentar emendas. (Págs. 1 e Nacional A4)
Direto da Fonte
Valor em SP: R$ 600

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anuncia hoje o novo salário mínimo no Estado, de R$ 600, informa a colunista Sonia Racy. Para Paulinho da Força, “Alckmin está mostrando mais sensibilidade" do que a presidente Dilma. (Págs. 1 e Caderno 2, D2)
Dilma estuda mudar área de inteligência
A presidente Dilma Rousseff pretende reformular a área de inteligência do governo. Uma das medidas em estudo é um antigo desejo dos servidores do setor: retirar a Agência Brasileira de Inteligência do Gabinete de Segurança Institucional. Agentes se queixam de intervenção do general José Elito, do GSI, no órgão como mostrou o Estado. Ontem, o general se reuniu com o diretor-geral da Abin, Wilson Trezza. (Págs. 1 e Nacional A8)
Mubarak fala em negociar, mas multidão volta às ruas
Centenas de milhares de pessoas - estimou-se em até 250 mil - reuniram-se na Praça Tahrir, na maior manifestação no Cairo desde que os protestos contra o ditador Hosni Mubarak começaram. Foi uma resposta às garantias do governo de que já tem plano para uma saída negociada. (Págs. 1 e Internacional A10)

Amor pelo ditador

Em Gizé, onde ficam as pirâmides, o ditador Hosni Mubarak é adorado. Desde o início da atual crise, o turismo, responsável por 11% do PIB do Egito, está paralisado. (Págs. 1 e Internacional A11)
Blecaute atinge 2,5 milhões e complica trânsito em SP
Duas falhas na Subestação Bandeirantes da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista, na zona sul, deixaram sem energia elétrica 2,5 milhões de pessoas em 627 mil imóveis da capital ontem à tarde. O blecaute de meia hora provocou transtornos e complicou o trânsito. (Págs. 1 e Cidades C1)
Volta às aulas na rede pública tem falta de vaga (Págs. 1 e Vida A14)
Mineração deve receber US$ 64,8 bi até 2015 (Págs. 1 e Economia B12)
Roberto Damatta
Cristaleiras

Esse translúcido móvel que permeava as casas guardava pureza, honra, compaixão e uma honestidade que sumiram da política nacional. (Págs. 1 e Caderno 2, D10)
Notas & Informações
Arapongas no Planalto

O governo está na obrigação de cortar pela raiz, por inaceitáveis, as ações de um setor da Abin. (Págs. 1 e A3)
Agrícola: Tempo de bonança
Agricultor familiar também lucra com alta da soja. (Pág. 1)
Informe JB
Churrasco na cadeia acaba numa fuga em massa. (Págs. 1 e 15)

Correio Braziliense

Aluguel no DF sobe cinco vezes a inflação
Substituição de 22 mil servidores em cargos comissionados e reajuste no auxílio-moradia provocam superaquecimento no mercado. Imobiliárias pressionam inquilinos com aumentos muito acima do índice utilizado em contratos. (Págs. 1 e 10)
Álcool vai bater nos R$ 2,23
O combustível ficará oito centavos mais caro hoje nos postos do DF. A alta acumulada em 2011 é de 9,8%. (Págs. 1 e 35)
Revolta no Cairo
No maior protesto desde o início da crise no Egito, milhares de pessoas voltaram às ruas para pedir a saída imediata de Mubarak. (Págs. 1 e 18)
Calote: Mais 400 terceirizados sem salário
Eles estão lotados nos ministérios das Cidades e do Desenvolvimento Social. O dinheiro deveria ter sido depositado na sexta-feira pela empresa Orion, que também não pagou o auxílio-alimentação e o vale-transporte. A contribuição previdenciária está atrasada há três meses. (Págs. 1 e 13)
Distritais em guerra
A disputa pelo comando das comissões da Câmara está longe de um consenso. Governo pode sofrer derrota histórica. (Págs. 1 e 29)
Dinheiro público: Cursos para motoboy sob suspeita
Duas instituições de Goiânia que firmaram contrato com o Ministério do Trabalho para capacitar motociclistas não estão credenciadas para a função. Uma delas recebeu R$ 1,5 milhão. As entidades são ligadas a um ex-vereador do PDT, partido do ministro Carlos Lupi. (Págs. 1 e 6)

Valor Econômico

Russos entram em projeto de US$ 5 bilhões no setor do aço
Depois dos chineses, chegam os investidores russos. A Cosipar, maior produtora de ferro-gusa do Brasil, acertou ontem a criação de uma joint venture entre uma das empresas do grupo, a Usipar, com a Mir Steel UK, siderúrgica do País de Gales pertencente ao bilionário russo Igor Zyuzin - que figura na lista da "Forbes" como um dos homens mais ricos do mundo. Essa é a primeira investida do capital russo na indústria do aço brasileira, em negócio que envolve investimentos de US$ 5 bilhões na construção de um complexo siderúrgico em Barcarena (PA), com usina de placas, coqueria e porto.
A associação entre a Mire a Usipar prevê a criação de uma holding denominada RAM - Russian and Monteiro (referência a família proprietária do grupo Cosipar). A nova companhia terá o controle das duas empresas. Os russos vão deter 75% do capital da holding e os brasileiros, 25%. Em um primeiro momento, o controlador da holding vai capitalizar a Usipar em US$ 200 milhões para dar início à verticalização da usina de gusa, para produzir 2,5 milhões de toneladas de placas de aço a partir de 2015. (Págs. 1 e B8)
Petros foca ativos de baixo risco
A aquisição, em dezembro, de 12,7% das ações da holding Itaúsa, que pertenciam ao grupo Camargo Correa, é um exemplo do investimento em renda variável priorizada pela Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras. Com R$ 55,6 bilhões sob gestão, a Petros está em busca de ativos de longo prazo, baixo risco, histórico de rentabilidade constante e crescente perspectiva de retorno para compor sua carteira de participações. Investimentos em grandes projetos de infraestrutura e fundos de "private equity" também estão no radar, disse ao Valor Luis Carlos Fernandes Afonso, novo presidente do fundo. Afonso disse que a entrada dos Correios no consórcio que vai implantar o trem-bala entre São Paulo, Campinas e Rio viabiliza a participação dos fundos de pensão no projeto. "Se os Correios entram, já fica assegurado que alguém vai usar o serviço". (Págs. 1 e C1)
Real forte leva investidores a Miami
A combinação entre real forte e preços ainda baixos tem sustentado o interesse de brasileiros na compra de imóveis nos EUA. O destino principal é a Florida e as casas e apartamentos mais procurados custam de US$ 300 mil a US$ 400 mil, com três dormitórios, em condomínios.
Em Miami, 80% das propriedades vendidas são para estrangeiros. Desse percentual, metade é para brasileiros. A Flórida é de longe a região mais popular entre os compradores estrangeiros, com 22% das vendas. Segundo corretores, vários brasileiros estão fazendo de Miami a sua primeira opção para uma casa na praia, vendendo propriedades no litoral paulista ou em Angra dos Reis. (Págs. 1 e D1)
Foto legenda: Invasão chinesa
Tentando a vida em outro país ou fugindo da concorrência em São Paulo, comerciantes chineses invadem o varejo do Recife. Behy Kang, que deixou a capital paulista há três anos, tem a papelaria Cin Cin e uma pequena lanchonete. "Como na China, São Paulo está cheio de chinês", diz. (Págs. 1 e A4)
Genéricos já ocupam 21% do mercado
As indústrias farmacêuticas instaladas no Brasil deverão investir neste ano cerca de R$ 1,5 bilhão, inclusive com inauguração de fábricas, para aumentar a capacidade de produção e atender o forte crescimento do mercado de genéricos. Em 2010, as vendas desses remédios totalizaram R$ 6,2 bilhões, um aumento de 40% sobre o ano anterior.
A participação dos genéricos no Brasil já atinge 21,3% do total. Em 2009, essa fatia estava em 18,7%, com vendas totais de R$ 30,25 bilhões. A expectativa do setor é que o segmento possa mais do que dobrar de tamanho nos próximos anos, respondendo par 40% a 50% das vendas e atingindo participação semelhante à verificada em países europeus e nos Estados Unidos. (Págs. 1 e B7)
Desemprego entre os jovens ganha proporções de 'epidemia' mundial (Págs. 1 e A12)
Fabricantes nacionais, como a Itautec, apostam nos tablets, diz Campos (Págs. 1 e B3)
Renner derruba ICMS baiano na web
Lojas Renner obtém liminar para suspender cobrança de ICMS, pelo governo da Bahia, sobre mercadorias provenientes de outros Estados vendidas pela internet. (Págs. 1 e A2)
Com PMDB, Maia vê DEM 'transexual'
Presidente do DEM, o deputado Rodrigo Maia (RJ) afirma que fusão com PMDB resultaria em partido "transexual" e defende manutenção da aliança com PSDB para eleição de Aécio Neves em 2014. (Págs. 1 e A6)
Avanço das compras coletivas
Crescimento acelerado dos sites de compras coletivas no Brasil leva as empresas do setor a uma segunda fase de expansão, com a abertura de subsidiárias na América Latina e fusões no mercado interno. (Págs. 1 e B4)
Calendário beneficia chocolates
A industria de chocolates confia no calendário para aumentar as vendas da Páscoa, que será comemorada em 24 de abril, com temperaturas mais amenas e livre dos efeitos das despesas típicas de início de ano. (Págs. 1 e B5)
Volvo nacionaliza produção
Até o fim do ano, a fábrica da Volvo em Curitiba passará a produzir caixas de câmbio eletrônicas e uma linha de motores hoje importados da Suécia. Também vai dobrar a capacidade de armazenamento de peças. (Págs. 1 e B7)
IP planeja expansão
Até 2015, toda a produção das três fábricas da International Paper (IP) no Brasil deverá ser negociada na América Latina, quando uma nova máquina entrará em operação na unidade de Três Lagos (MS). (Págs. 1 e B8)
Escalada do café
O indicador de preços da Organização Internacional do Café (OIC) encerrou janeiro no patamar mais alto dos últimos 17 anos e a entidade projeta novas elevações. (Págs. 1 e B11)
Paraná reduz área de trigo
Após mais uma safra com preços deprimidos, produtores de trigo do Paraná devem reduzir novamente a área plantada. A retração, que foi de 11,8% em 2010, deve ficar em 5% e 10%, segundo a Ocepar. (Págs. 1 e B12)
NE já pensa em milho argentino
Algumas tradings de grãos já fizeram consultas sobre a possibilidade de importação de milho argentino para a Nordeste. A alta dos preços internos já está perto de tornar a operação compensadora. (Págs. 1 e B12)
Cerceamento de defesa
Empresas têm recorrido a Justiça em busca de liminares contra agências reguladoras e outros órgãos oficiais de fiscalização que impedem o acesso a informações contidas em processos administrativos. (Págs. 1 e E1)
Ideias
Cristiano Romero

Mercado de aviação civil brasileira tem taxas de expansão chinesas, mas esbarra na falta de infraestrutura aeroportuária. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Carlos Lessa

Quando o mercado incomoda, o pragmatismo europeu coloca o neoliberalismo no armário. (Págs. 1 e A11)

Estado de Minas

A prova da irresponsabilidade
Perícia revelou que carreta estava a 115km por hora quando provocou a tragédia que matou cinco pessoas e deixou 12 feridas, no dia 28, no Anel Rodoviário. No trecho, a velocidade máxima é de 70km/h.

Causador do acidente, o caminhoneiro Leonardo Farias Hilário está preso e responderá à Justiça por homicídio com dolo eventual (quando se assume o risco de matar). (Págs. 1, 21 e Editorial ’Insanidade Mortífera’, 10)

Laura reage

Gravemente ferida no acidente, Laura Gibosky, de 4 anos, continua em coma no HPS, mas teve pequena melhora, que dá alento à família. A prima Ana Flávia, de apenas 2 anos, morreu no local da catástrofe. (Pág. 1)
Imposto de Renda: Atrasados de aposentadoria terão IR menor
Recebimento de pagamentos atrasados de aposentadoria, ações trabalhistas ou pensões terá o valor tributado conforme alíquota referente ao período em que os valores seriam devidos, e não mais na época do recebimento. Com a medida, contribuintes pagarão até 10 vezes menos imposto. (Págs. 1 e 14)
Custo de vida: Inflação, a mais alta em 6 anos, é maior em BH
Indicador oficial de inflação, o IPCA de janeiro foi de 0,83%, a maior alta mensal desde abril de 2005. E o índice da Grande BH foi o que teve elevação mais forte entre as 11 regiões metropolitanas pesquisadas, 1,15%, puxada por alimentos, bebidas e transporte. (Págs. 1 e 13)
E nunca antes no Egito...
Em novo protesto, oposição reúne multidão recorde no Cairo. Sob pressão, o ditador Hosni Mubarak solta 34 presos políticos e admite reformar Constituição. (Págs. 1 e 16)
Suplentes: Justiça manda trocar deputado na Assembleia
Liminar garante a Romeu Queiroz (PSB), mais votado no partido, vaga de licenciado dada a Juninho Araújo (PTB) pela coligação. (Págs. 1 e 7)

Jornal do Commercio (PE)

Gangue da bomba presa no Rio Grande do Norte
A polícia capturou seis integrantes da quadrilha responsável por explosões em caixas eletrônicos em Pernambuco e outros estados. Dois bandidos morreram na troca de tiros durante abordagem na zona rural de Goianinha, a 60 Km de Natal. (Pág. 1)

Posto policial é assaltado (Pág. 1)

Tiros e morte na zona sul (Pág. 1)

Presos são decapitados (Pág. 1)
Foto legenda: RioMar (Pág. 1)
Passagem de ônibus e serviços aceleram a inflação em janeiro (Pág. 1)
Dengue avança (Pág. 1)
Crise no Egito (Pág. 1)
Juiz é afastado por assédio moral contra funcionário (Pág. 1)

Zero Hora (RS)

Ranking aponta atraso na educação gaúcha
Por repetência ou abandono, um terço dos estudantes chega ao Ensino Médio com idade acima da recomendada, o que coloca o RS em posição desfavorável.

Índice é seis vezes pior na rede pública.

Confira a situação em cada município. (Págs. 1, 4 e 5)
Após apagões: Dilma exige explicações de Lobão
Em dia de novo blecaute, desta vez em SP, presidente faz cobrança a afilhado de Sarney. (Págs. 1 e 14)
Polêmica no Judiciário: Juiz demitido nega conduta imprópria
Mezzomo perdeu o cargo por supostos comentários dirigidos a uma empregada de sorveteria. (Págs. 1 e 36)
Receita muda regra para o IR (Págs. 1 e 18)

Fontes: Radiobras – JBWiki!

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
BrasilWiki!
São Paulo - SP



Comentários
01
Reporte abuso
maria vitoria
bebedouro 24/02/2011

para senpre o silvio santos vai ser o nosso rei


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br