Atualizado 14h17 Quinta, 22 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Justiça e conflito de interesses

785 acessos - 1 comentários

Publicado em 26/01/2011 pelo(a) Wiki Repórter BrasilWiki!, São Paulo - SP



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, QUARTA-FEIRA, 26 DE JANEIRO DE 2011.

Jornal do Brasil
jb.com.br

O terror das filas
O atentado que matou 35 pessoas no principal aeroporto de Moscou deve ter reflexos em todo o planeta, onde as revistas, a espera e a dificuldade para embarcar devem aumentar. (Págs. 1 e 3 a 5)
Informe JB: Faroeste caboclo
Funai entra em choque com índios em Belo Monte, no médio Xingu. (Págs. 1 e 16)
Projeto propõe abertura de arquivos secretos em 25 anos (Págs. 1, 14 e 15)

O Globo

Senadores poderão receber até R$ 50 mil, acima do teto
Beneficiados são 13 deles, que ganham também como ex-governadores

O novo Senado, que tomará posse na próxima terça-feira, terá 26 ex-governadores entre os 81 senadores, sendo que 13 deles terão subsídios que ultrapassam o teto do funcionalismo público, de R$ 26.700. Eles vão acumular os vencimentos de senador com aposentadorias de ex-governadores, que variam de R$ 11 mil a R$ 24 mil, dependendo do estado. O STF, em decisão de 2007 sobre Mato Grosso do Sul, definiu que essas pensões são i1egais, mas os estados continuam pagando. Até mesmo o presidente do Senado, José Sarney, que será reeleito para o cargo, recebe R$ 24 mil como ex-governador do Maranhão. O diretor-geral do Senado, Haroldo Tarja, diz que a Casa não tem como aplicar o teto nesses casos. Depois de reportagens do GLOBO, a OAB anunciou que recorrerá ao STF. (Págs. 1 e 3)
Grupo vai apurar tortura
O governo Dilma vai criar um grupo de peritos com poder para entrar de surpresa nas prisões do país e apurar casas de tortura. Um projeto de lei criando o grupo será enviado ao Congresso. (Págs. 1 e 4)
Governo deve ser firme com centrais
A área econômica orientou o Planalto a adotar postura firme com as centrais sindicais, no encontro de hoje. Para ministros da área, o governo não pede correr o risco de corrigir a tabela do Imposto de Renda e não conseguir aprovar o mínimo de R$ 545. (Págs. 1, 3 e Editorial "Herança sindicalista desafia Dilma")
Foto legenda: Homenagem a um lutador
Observado por Dilma, Lula conversa com o ex-vice-presidente José Alencar, que sofre de câncer e ontem saiu do hospital para ser homenageado em São Paulo. "Estou lutando para não morrer", disse Alencar. (Págs. 1 e 9)
Tragédia na Serra: Metade de Bom Jardim foi atingida
O município de Bom Jardim registrou uma morte, mas metade da população de 26 mil habitantes foi atingida pelas chuvas que, até ontem, deixaram 827 mortos na Região Serrana. A cidade ficou isolada por vários dias, e 20% dos moradores estão sem teto. Um satélite da Nasa conseguiu captar imagem da região afetada (Págs. 1 e 12 a 14)

Déficit externo do país dobra em um ano
Com remessas de lucros de US$ 30 bi e gasto recorde do brasileiro em viagens internacionais, o déficit externo dobrou em 2010, chegando a US$ 47,5 bi, o maior desde 1947. Investimentos estrangeiros de US$ 48 bi compensaram o rombo. (Págs. 1, 23 e Miriam Leitão)
Importado supérfluo poderá ser taxado
Para evitar déficit comercial e proteger setores afetados pelo dó1ar barato, o governo estuda aumentar, em até 35%, tarifas de importação de produtos tidos como supérfluos, como bebidas, tabaco, móveis e perfumaria. Produtos da Argentina, membro do Mercosul, não serão taxados. (Págs. 1 e 21)
Brasil testa a primeira vacina vegetal
Num inovador e inédito processo de produção de vacinas, cientistas da Fiocruz produzirão imunizante contra a febre amarela somente com plantas, sem o uso de vírus atenuado ou inativado. (Págs. 1 e 30)

Folha de S. Paulo

Presidente do TCU recebe de órgãos que deve fiscalizar
Ministro ganhou R$ 228 mil em três anos para dar palestras e cursos; para ele, atividade não traz conflito de interesses

O presidente do Tribunal de Contas da União, ministro Benjamin Zymler, recebeu pelo menos R$ 228 mil de honorários pagos por órgãos públicos e entidades fiscalizados pelo TCU.

De 2008 a 2010, Zymler foi contratado, sem licitação, para dar palestras e cursos de até dois dias.

Durante e após o período descrito, Zymler foi o ministro-relator de seis processos, além de participar de pelo menos cinco julgamentos que interessavam a alguns de seus contratantes.

Palestras, custos e agendas do presidente do TCU não são divulgados na página do tribunal na internet.

Zymler diz que as palestras e os cursos eram "atividades docentes" e que não houve conflito de interesse.

UFABC, Eletronorte, Sebrae, Inpi, Conab e AGU, que contrataram o presidente do TCU, disseram que a lei autoriza a dispensa de licitações em casos de notória especialização. (Págs. 1 e Poder A4)

Foto legenda: Emoções
Internado há três meses, José Alencar deixou o hospital para receber a medalha 25 de Janeiro; presentes na cerimônia, Lula e Dilma Rousseff choraram. (Págs. 1 e Poder A6)
SP: 457 anos
Em eventos, Kassab enfrenta protestos contra enchentes e tarifa de ônibus.

Shows na praça Ramos e no viaduto do Chá atraem cerca de 40 mil pessoas. (Págs. 1 e Cotidiano C4)

Foto legenda: Ciclistas passam sobre a ponte Octavio Frias de Oliveira, durante o World Bike Tour, em comemoração ao aniversário da cidade; evento atraiu 7.000. (Pág. 1)

Foto legenda: Eles usam black tie - Segurança de Kassab dá uma gravata para imobilizar o assistente social Rui Ferreira, 30, que protestava contra a tarifa de ônibus. (Págs. 1 e Cotidiano C4)
Tetranetas do herói Tiradentes querem receber pensão especial
Mais de 200 anos após a morte de Tiradentes, duas tetranetas do mártir da Inconfidência querem receber pensão especial do governo.

Belita e Carolina Ferreira reivindicam o mesmo benefício que a irmã caçula de ambas, Lúcia Menezes, 65, obteve por lei proposta no governo Itamar e sancionada por FHC. (Págs. 1 e Poder A5)

Hélio Schwartsman

Por que as descendentes do herói não teriam direito a uma boquinha? (Págs. 1 e Opinião A2)
Lula quer volta de Delúbio, diz secretário do PT
O secretário de Comunicação do PT, André Vargas, disse que Lula defenderá a volta ao partido do ex-tesoureiro Delúbio Soares, expulso da legenda em 2005 e um dos réus no processo do mensalão.
"Se for perguntado, Lula vai dizer que é favorável". (Págs. 1 e Poder A9)
Protesto contra ditador deixa 3 mortos no Egito
Inspiradas pelo levante na Tunísia, multidões tomaram as ruas das principais cidades do Egito para reivindicar a saída do ditador Hosni Mubarak. A onda de protestos deixou três mortos.

Mubarak está no poder há três décadas. Manifestações foram convocadas em parte via Facebook e Twitter.

Segundo a TV Al Jazeera, 30 mil pessoas participaram de protestos em Cairo e Suez, apesar de o governo ter cortado celulares e bloqueado sites na internet.

Os maiores protestos em 30 anos ocorreram depois de onda de autoimolações similar à que derrubou a ditadura tunisiana. (Págs. 1 e Mundo A11)
Cidade vive mês de janeiro com mais chuva desde 1943
Uma semana antes do fim do mês, a cidade de São Paulo bateu o recorde de chuvas de janeiro desde que a medição começou a ser feita pelo Instituto Nacional de Meteorologia, em 1943. Até às 18h de ontem, houve 491,5 mm de chuvas, 10,1 mm mais que o recorde anterior, de 1947. (Págs. 1 e Cotidiano C9)
Saúde: Pesquisa diz que médico não sabe preencher prontuários (Págs. 1 e C10)

Vinicius Torres Freire
Balanço de contas externas superou as expectativas (Págs. 1 e Mercado B4)
Marcelo Coelho
Corrosão ética vem da política, não o contrário (Págs. 1 e Ilustrada E12)
Editoriais
Leia "Assembleia parada", sobre o Legislativo paulista; e "A biblioteca de São Paulo", acerca da reabertura da Biblioteca Mário de Andrade. (Págs. 1 e A2)

O Estado de S. Paulo

Investimento externo bate recorde e cobre déficit
Estrangeiros injetaram US$ 48,4 bilhões no setor produtivo em 2010; volume de dezembro surpreendeu

Com um movimento extraordinário em dezembro (fluxo positivo de US$ 15,36 bilhões, o maior em um único mês), o Investimento Estrangeiro Direto, voltado para o setor produtivo, fechou 2010 com o recorde de US$ 48,46 bilhões. O resultado foi suficiente para cobrir o déficit, também recorde, das transações de comércio exterior, serviços e transferências de renda do Brasil com o exterior, que foi de US$ 47,52 bilhões. Até novembro, tanto o mercado quanto o Banco Central davam como certo que o investimento não cobriria o rombo da conta corrente, provocado pela economia aquecida e o dó1ar barato. A reviravolta foi provocada por uma operação no setor de petróleo, com o ingresso de US$ 7,1 bilhões nos últimos dias do ano. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

Análise: Celso Ming

Risco de descontrole
A maior preocupação não é com o tamanho do déficit, mas com a velocidade do aumento. (Págs. 1 e Economia B2)
Em SP, o esforço de José Alencar
A presidente Dilma Rousseff cumprimenta José Alencar depois da entrega de medalha da Prefeitura de SP ao ex-vice. Alencar saiu do hospital, onde estava internado desde 22 de dezembro, só para a cerimônia, que teve a presença do ex-presidente Lula, do prefeito Gilberto Kassab e do governador Geraldo Alckmin. Ele disse estar "vencendo as dificuldades". (Págs. 1 e Nacional A4)
Obama quer congelar Orçamento
O presidente dos EUA, Barack Obama, quer o congelamento, por cinco anos, dos gastos do Orçamento do país não relacionados à segurança. A contenção de gastos, em razão da crise, seria um dos temas do tradicional discurso presidencial sobre o Estado da União, na noite de ontem, segundo assessores da Casa Branca. Obama diria ainda que são necessários cortes de US$ 78 bilhões em despesas militares. (Págs. 1 e Internacional A11)
Gestão Kassab adia fim do turno da fome (Págs. 1 e Vida A13)

Crescem pedidos de licença para mineração (Págs. 1 e Negócios B9)

Roberto DaMatta
Legitimidades e vilezas
Chama a atenção a questão da aposentadoria dos governadores. O Estado deixa de ser um sistema destinado a prestar serviços à sociedade. (Págs. 1 e Caderno 2, D10)
Dora Kramer
Tensão necessária
Entre sindicalistas há uma inquietação para saber como Dilma se relacionará com um pessoal a quem o antecessor abriu os cofres do governo. (Págs. 1 e Nacional A6)
Notas & Informações
Investir mais em pesquisa
Uma das mais agudas debilidades do País na área de ciência e tecnologia está na formação de pessoal. (Págs. 1 e A3)
O seleto clube de Davos
Altos executivos de todo a mundo estão a caminho de Davos, na Suíça, para o Fórum Econômico Mundial, que começa hoje. Só pelo convite básico, pagam US$ 71 mil. Se quiserem sessões privadas, terão de desembolsar US$ 156 mil. Para grupos de cinco pessoas, US$ 662 mil. (Págs. 1 e Economia B8)


Correio Braziliense

Vítimas do descaso
Um dia após moradores protestarem pela cidade, Santo Antônio do Descoberto (GO) reencontrou o descaso do poder público. O comércio abriu as portas e os ônibus voltaram a circular. Mas os problemas não diminuíram, apesar da indignação. A situação mais dramática é na saúde. O único hospital da cidade de 66 mil habitantes tem apenas dois médicos. Em uma sala improvisada, Regina Costa Lino, 34 anos, chorava a morte do filho, Taysson, de 4 meses. Vítima de uma queda, segundo os familiares, o menino foi encaminhado para uma maca sem lençol. Cinco horas depois de a mãe concluir que a criança não apresentava mais sinais vitais, amigos levaram Taysson para a funerária. (Págs. 1, 28 e 29)

Quem é padre Marcelo José, o homem que arrebanhou manifestantes até a igreja

Prefeito David Leite acumula dívidas e ações na justiça, mas diz que tem apoio da população
Lição de amor à vida
Sob aplausos e lágrimas, José Alencar foi homenageado ontem, em São Paulo. Numa cadeira de rodas, ao lado de Lula e Dilma, o ex-vice-presidente emocionou a plateia ao falar da luta contra o câncer. “Se eu morrer agora, será um privilégio, porque é tanta gente torcendo por mim”, discursou. A presidente chorou ao entregar a medalha a Alencar. (Págs. 1 e 3)
GDF faz mutirão para limpar o nome
Impedido de receber verbas e tomar empréstimos por causa de irregularidades na aplicação de recursos, o governo mobiliza secretarias para resolver as pendências. São 49 processos condenados pelo Tesouro Nacional por falhas na prestação de contas, num total de R$ 60 milhões. (Págs. 1 e 24)
Benedito promete deixar a política
Ameaçado de processo na Câmara Legislativa, Benedito Domingos (PP) negou o tráfico de influência na contratação de empresas da sua família pelo GDF. Ele se disse decepcionado com as suspeitas e anunciou que não disputará mais eleições. (Págs. 1 e 23)
Partidos brigam por gabinetes na Câmara
Legendas como PSB e PT, que aumentaram suas bancadas de deputados, querem mais espaço físico para as suas lideranças. Mas há resistência dos atuais ocupantes das salas. A disputa entrou até mesmo nas negociações para a presidência da Mesa. (Págs. 1 e 4)

Valor Econômico

China lidera investimento no país
A China liderou em 2010, pela primeira vez, a lista dos países com maior investimento direto no Brasil, com um fluxo de capital de US$ 17 bilhões, pouco menos de um terço do total de ingressos de US$ 52,6 bilhões. A estimativa é da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização (Sobeet). Em dezembro, o investimento estrangeiro direto líquido atingiu US$ 15,3 bilhões, volume inflado pela compra de 40% do capital da Repsol pela chinesa Sinopec, no valor de US$ 7,1 bilhões.
O presidente da Sobeel, Luis Afonso lima, diz que é difícil ter uma ideia exata do valor do investimento chinês porque as companhias estatais da China enviam muitas vezes os recursos a partir de outros países. Os números do Banco Central, por exemplo, mostram apenas US$ 392 milhões de capital chinês nas operações de participação de capital em todo o ano passado. Só a operação da Sinopec com a Repsol foi de 18 vezes esse valor, mas os recursos entraram via Luxemburgo, país que oferece generosos benefícios fiscais. (Págs. 1 e C1)
Empresas gastam R$ 62 bilhões com TI
O ano de 2011, segundo a previsão das empresas, vai consolidar a retomada dos investimentos em tecnologia da informação (TI) no país. Dados preliminares de um estudo do Instituto Sem Fronteiras (ISF), envolvendo 1,2 mil companhias, indicam que os investimentos do mercado empresarial devem somar R$ 61,9 bilhões, com crescimento de 10,3% ante as R$ 56, 1 bilhões de 2010. Das 740 empresas que até agora responderam a pesquisa, 65% disseram que vão ampliar o orçamento destinado à TI.
O cenário otimista foi confirmado por seis grandes companhias ouvidas pelo Valor, que juntas tocam projetos de longo prazo num total de R$ 7 bilhões. O setor financeiro, que tradicionalmente lidera os investimentos em TI no país, retrata bem esse contexto. No Bradesco, o vice-presidente-executivo, Laércio Albino Cezar, diz que uma das prioridades será dar continuidade ao projeto TI Melhorias, iniciado em 2005, que já conta com 27 etapas concluídas. "Vamos seguir a mesma rota de 2010, com um orçamento total em torno de R$ 3,4 bilhões", diz. (Págs. 1 e B3)
Novo código dificulta a prisão de empresários
Será mais raro ver um empresário condenado a prisão no Brasil caso o projeto que trata da reforma do Código de Processo Penal (CPP), que já passou pelo Senado, seja aprovado pela Câmara. Foi incluído no novo CPP um conjunto de 16 penas alternativas a prisão cautelar - aquela que pode ser decretada antes da sentença final -, entre elas o recolhimento domiciliar, a suspensão do exercício da profissão e a proibição do acusado de sair do país. "Se hoje já não vão para cadeia, agora menos ainda", afirma o advogado criminalista Luiz Flávio Gomes.
As penas alternativas poderão ser usadas em substituição as prisões temporárias ou preventivas que, segundo advogados criminalistas, passaram a ser aplicadas nos últimos anos em quase todos os processos. "São usadas principalmente nos processos que atingem o mundo empresarial", diz o jurista Antonio Cláudio Mariz de Oliveira. O criminalista considera que, nesse aspecto, o novo código traz grande avanço ao possibilitar ao juiz substituir uma decretação de prisão por medidas que garantam o andamento do processo, mas preservem a liberdade do acusado.
No texto aprovado pelo Senado, a prisão preventiva passa a ter duração limitada a 180 dias. (Págs. 1 e E1)
Mabe corta duas marcas do portfólio
A fabricante mexicana de fogões, geladeiras e lavadoras Mabe está reorganizando seus negócios no Brasil, onde produz cinco marcas. Fontes ouvidas pelo Valor informaram que as marcas Mabe e Bosch serão descontinuadas.
O portfólio da companhia, que possui cinco fábricas no país e emprega 5 mil pessoas, tem ainda as marcas GE, Continental e Dako. O balanço da Mabe de 2009, quando as vendas de linha branca no país cresceram entre 25% e 30%, informa queda de receita e aumento de prejuízo. As concorrentes Whirlpool e Electrolux registraram lucro e aumento de faturamento. (Págs. 1 e B1)
Diferença de custo de produção da cana chega a 41%
É grande a diferença de custos da produção de cana-de-açúcar conforme a região e o sistema adotado pelos agricultores. A variação chega a 41%, de R$ 32,08 a tonelada até R$ 45,42, segundo extenso trabalho do Instituto de Economia Agrícola, ligado a Secretaria de Agricultura de São Paulo. A pesquisa abrangeu todas as regiões do Estado, desde as mais tradicionais, como Ribeirão Preto e Piracicaba, até as mais novas, como Catanduva e Jaú. Foram detalhados os variados sistemas de produção, que surgiram para conciliar as maiores exigências ambientais e trabalhistas com a necessidade de redução de custos. (Págs. 1 e B14)
Produtores de etanol na Europa podem abrir processo contra subsídio americana (Págs. 1 e B4)

Preço médio dos bens importados pelo Brasil caiu 8% em 2010 (Págs. 1 e A3)

Erro na conta de energia
A diretoria da Aneel decidiu ontem negar o pedido de reconsideração, feito por deputados, da decisão de não ressarcir consumidores por erro no cálculo de reajustes entre 2002 e 2009. (Págs. 1 e A2)
PSDB no cinturão vermelho
O PSDB tenta expandir sua influência no cinturão vermelho paulista, que concentra prefeituras do PT, com investimentos com transporte, saneamento e habitação. (Págs. 1 e A9)
Espumante em Santa Catarina
O pólo de produção de vinho da serra catarinense, que lançou a primeira safra há pouco mais de cinco anos, dá os primeiros passos na fabricação de espumantes. A região reúne cerca de 160 produtores. (Págs. 1 e B9)
Mais passageiros nos voos
A TAM previu ontem que o fluxo de passageiros transportados este ano deverá crescer entre 15% e 18%. A Gol tinha projetado expansão entre 10% e 15%. No ano passado, o crescimento foi de 23,5%. (Págs. 1 e B10)
Biodiesel atrai americanos
O cultivo de pinhão manso para a produção de biodiesel atraiu o interesse da companhia americana de biotecnologia SG Biofuels, que iniciou processo para instalar operações no país. (Págs. 1 e B14)
Defensivos perigosos
Estudo do Ibama indica que 88% dos defensivos agrícolas vendidos em 2009 foram classificados como perigosos, muito perigosos e altamente perigosos. (Págs. 1 e B14)
Mais ofertas de ações
O investidor pode fazer, a partir de hoje, o pedido de reserva para participar da oferta inicial de ações (IPO) da Queiroz Galvão Exploração e Produção, braço de petróleo e gás do grupo. (Págs. 1 e D2)
Ideias
Cristiano Romero

Política de reajuste do salário mínimo traz desafios para o combate à inflação e o equilíbrio das contas públicas. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Martin Wolf

Paises emergentes mostram ser capazes de crescimento autossustentável, apesar das fragilidades dos países ricos. (Págs. 1 e A13)

Estado de Minas

Farra no exterior com dólar barato
Cotação mais vantajosa em 10 anos e ascensão da classe C fizeram gastos dos brasileiros fora do país somarem inéditos US$ 16,4 bilhões em 2010

O volume de dinheiro deixado em outros países aumentou 50,6% em relação a 2009. A venda de pacotes internacionais teve alta na mesma proporção, segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav). O Itamaraty estima que 5 milhões de brasileiros tenham desembarcado no exterior. E o número deve crescer. O publicitário João Paulo Raia, que foi aos EUA e à Europa no ano passado, já planeja novos passeios. (Págs. 1 e 11)
Foto legenda: Homenagem ao guerreiro
A emoção marcou a homenagem ao ex-vice-presidente José Alencar, que deixou o hospital para receber a medalha do aniversário de São Paulo, com a presença de Dilma Rousseff e Lula. “Se eu morrer agora, é um privilégio, porque é tanta gente torcendo por mim”, disse ele. (Págs. 1 e 5)
Rombo recorde nas contas externas
Brasil teve saldo negativo de US$ 47,51 bilhões nas transações correntes em 2010, maior déficit já registrado e quase o dobro do verificado no ano anterior. (Págs. 1 e 12)
Um técnico para comandar Furnas
Em meio ao tiroteio entre aliados pelo controle da estatal, um nome ganha força com Dilma: o do engenheiro metalúrgico mineiro Marco Antônio Castello Branco, ex-presidente da Usiminas. (Págs. 1 e 3)
Guinness: Livro gigante terá 6 toneladas e 42 mil páginas
O advogado de Belo Horizonte Vinícios Leôncio pretende gastar R$ 1 milhão para publicar uma obra sobre o excesso de leis tributárias no Brasil, com 2,4 metros de altura. (Págs. 1 e 14)
Morte em hangar
Empregados de empresa aérea eletrocutados em São Paulo (Págs. 1 e 10)
Reprodução assistida
Pesquisas com hormônios aumentam chance de gravidez (Págs. 1 e 18)
BR-381
Cratera aberta pelo DNIT causa congestionamento (Págs. 1 e 22)
SISU
Duas instituições mineiras entre as mais disputadas (Págs. 1 e 21)

Jornal do Commercio (PE)

Reajuste na tabela do IR não recompõe perdas
Presidente Dilma Rousseff negocia hoje com centrais sindicais uma correção de 6,46% na tabela progressiva de desconto. Estudo aponta que defasagem é maior: 64% entre 1995 e 2010. Aumento do mínimo também está na pauta. (Pág. 1)
Banco do Brasil quer dobrar o crédito para a casa própria (Pág. 1)

Atentado na Rússia pode ter sido obra de casal-bomba (Pág. 1)

Obama no Brasil (Pág. 1)

Crise no Egito (Pág. 1)

Emprego online (Pág. 1)

Zero Hora (RS)

Conflito entre médicos e prefeitura amplia o drama da Saúde
Fortunati endurece na cobrança de cumprimento de horário em postos de saúde da Capital e sindicato da classe reage, enquanto pacientes aguardam solução. (Págs. 1 e 28)
O X da educação: O estudo que absolve a decoreba
Memorização obtém melhores resultados em pesquisa. (Págs. 1, 4 e 5)
Fórum de Davos
Líderes fazem o balanço da crise global (Págs. 1 e 16)

Fontes: Radiobras – JBWiki!

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
BrasilWiki!
São Paulo - SP



Comentários
01
Reporte abuso
nois é
nois 26/01/2011

Abriu uma revista---jornal--ligou(TV) acessou a internete--tá-lá a noticia de Capa--senadores---dePUTAdos---governadores e ex---- a noticia virou febre--eles tem direito a 50 mil--acima do teto além de mamarem nas tetas do"Governo" nossa unica esperança(OAB) neles já---rede-globo neles já---ou naõ havendo solução moderada-----PELOTÃO DE FUZILAMENTO NELES JÁ-- é preciso uma lição dê urgência nesses crapulas fantasiados de representantes do POVO--o povo não precisa dessa corja---salario minimo 510


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br