Atualizado 14h17 Quarta, 21 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Governador do Rio pergunta: Quem não teve namoradinha que abortou?

810 acessos - 3 comentários

Publicado em 15/12/2010 pelo(a) Wiki Repórter JBWiki!, Rio de Janeiro - RJ



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, QUARTA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO DE 2010.

Jornal do Brasil

OAB nega indústria do exame
Na última prova, 88,2% foram reprovados e têm que tentar de novo se quiserem advogar

Só 11,8% dos bacharéis passaram no último exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O resto terá de pagar outra inscrição para tentar de novo a permissão para advogar. Para o deputado Edson Duarte (PV-BA), que pede a extinção do exame, a OAB faz provas difíceis para lucrar, mas a entidade responsabiliza a má qualidade dos cursos. (Págs 1, 2 e 3)
Anna Ramalho
Justiça, enfim, chega ao Alemão

O Globo

Em 2022, brasileiro será obeso como americano
Quase metade da população está acima do peso; casos de diabetes crescem

Um estudo do Ministério da Saúde mostra que os problemas de sobrepeso e obesidade pioraram tanto no Brasil que em 2022, mantida a atual situação, a população brasileira será tão obesa quanta a americana. Em 2006, 42,7% dos brasileiros estavam acima do peso, percentual que saltou para 46,6% no ano passado. "Estamos sentados em cima de uma bomba-relógio", disse o ministro da Saúde, Jose Temporão, que vai entregar à presidente eleita, Dilma Rousseff, o Plano de Enfrentamento da Epidemia da Obesidade. Uma das ideias é fazer a indústria reduzir os teores de açúcar e sal nos alimentos processados. Não por acaso, o diabetes passou a ser a terceira maior doença causadora de mortes no país. (Págs. 1 e 15)


Número de partos cai 93 % entre as jovens

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de partos caiu de 3,2 milhões para 2,9 milhões, entre 2000 e 2008. O maior percentual de queda - 93% - foi entre as jovens de 15 a 24 anos, reflexo do planejamento familiar. (Págs. 1 e 15)


Cabral argumenta a favor do aborto

Ao defender ontem a legalização do aborto, o governador Sérgio Cabral usou argumento inusitado para marcar sua posição: "Quem aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar?", perguntou o governador. (Págs. 1 e 16)


WikiLeaks
Caso Dorothy: EUA desconfiavam de juízes

A Embaixada dos EUA em Brasília não confiava no sistema judiciário brasileiro - chamado de "elo frágil do sistema" - para fazer justiça no caso da irmã Dorothy, ativista pela reforma agrária assassinada por pistoleiros no Pará em 2005. O então embaixador John Danilovich disse que seria necessário "um bocado de pressão" para fazer o caso avançar nos tribunais. E culpou "a lentidão do governo federal e dos tribunais" em fazer a reforma agrária pela violência no Pará. (Págs. 1 e 36)


Fiança não tira Assange da prisão

Embora um juiz britânico tenha estipulado fiança de US$ 320 mil para libertar o australiano Julian Assange, um apelo do Ministério Público da Suécia fez com que o fundador do WikiLeaks - permanecesse preso pelo menos até amanhã, quando a ação deve ser julgada. Celebridades britânicas correm contra o tempo para angariar a quantia para soltar Assange. (Págs. 1 e 37)
Passarela do Samba vai ganhar ampliação
Logo após o Desfile das Campeãs de 2011, a Passarela do Samba terá obras de ampliação para 2012. O palco do samba será a1argado em dez metros, com a demolição do prédio da antiga fábrica da Brahma, e ganhará três novos módulos de camarotes, frisas e arquibancadas, aumentando a capacidade de 60 mil para 77.800 lugares. A reforma custará cerca de R$ 30 milhões à Ambev. (Págs. 1 e 17)
Legalização de bingos é rejeitada
Por 212 votos a 144, e depois de denúncias de corrupção no plenário, a Câmara rejeitou ontem o projeto que previa a legalização de casas de bingo no país. Nem mesmo a tentativa de flexibilizar o projeto conseguiu evitar a derrota. (Págs. 1 e 3)

Folha de S. Paulo

Classe C já compra quase a metade dos eletrônicos
Nova classe média lidera consumo de tecnologia para lazer e atividade doméstica

A nova classe C se tomou a principal consumidora de eletrônicos e eletrodomésticos durante o governo Lula e deve fechar o ano responsável por 45% das vendas, relata Mariana Sallowicz.
No início dos anos Lula, esse estrato social fazia 27% das compras. Em contrapartida, o consumo das classes A e B caiu de 55% a 37%, mostra estudo do Data Popular com dados do IBGE.
Entre os bens de consumo preferidos da nova classe média, o microcomputador foi o que teve maior crescimento. Presente em 13% dos lares em 2002, saltou para 52% no ano passado.
Com esse fator mais o aumento da renda, o varejo registrou alta recorde de 11% de janeiro a outubro, revela Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE. O avanço anual deve superar 10%. (Págs. 1 e Mercado)
PT racha e abre 1ª crise política da gestão Dilma no Legislativo
O PT rachou e forçou o favorito do partido na disputa pela Presidência da Câmara dos Deputados, Candido Vaccarezza (SP), a desistir em favor de Marco Maia (RS), atual vice-presidente.
Deputados estão insatisfeitos com o que chamam de "paulistério" na equipe de Dilma Rousseff e no comando do partido. (Págs. 1 e A4)
Fernando Rodrigues
O PT apresentou a "avant-première" da sua vida sem Lula. Feridas foram abertas e não cicatrizam tão cedo. (Págs. 1 e A2)
Kassab tenta hoje minar 'centrão' de vereadores de SP
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), tenta hoje, na eleição para a presidência da Câmara Municipal, implodir o "centrão", grupo que domina o Legislativo há seis anos.
O "centrão" (17 vereadores) já se aliou a situação e oposição. Kassab quer eleger o tucano José Police Neto, líder do governo. (Págs. 1 e C1)

'Quem não teve namoradinha que abortou?', pergunta Cabral
O governador Sérgio Cabral (PMDB) disse em evento com empresários que o país precisa reformular a legislação sobre o aborto. "Quem aqui não teve uma namoradinha que precisou abortar? Meus amigos, vamos encarar a vida como ela é", afirmou Cabral. (Págs. 1 e A7)

Mortes por diabetes e câncer crescem no país, revela estudo (Págs. 1 e Saúde)
Projeto de lei dos bingos é rejeitado pelos deputados
A Câmara dos Deputados rejeitou ontem o projeto de legalização dos bingos no Brasil. Houve 212 votos contrários e 144 favoráveis.
Técnicos dos três Poderes, coordenados pelo Ministério da Justiça, trabalharam intensamente contra a proposta. Congressistas vão tentar retomar a pauta daqui a dois meses. (Págs. 1 e A8)
Editoriais
Leia "Baixo carbono", sobre decreto que regula a emissão de gases do efeito estufa; e "Recuperação americana", acerca da economia dos EUA. (Págs. 1 e A2)
Poder
Tribunal da OEA condena país por 62 mortes no Araguaia. (Págs. 1 e A12)

O Estado de S. Paulo

Governo flagra uso de laranjas na distribuição de emendas
Investigação identifica esquema que levou R$ 20 milhões em pedidos liberados pelo Turismo desde 2008

Uma investigação da Controladoria-Geral da União identificou um esquema envolvendo dois institutos de fachada e empresas fantasmas que usam um frentista de posto de gasolina e um motorista de caminhão como laranjas, informa o repórter Leandro Colon. Uma faxineira também aparece como testa de ferro nesse esquema, que levou R$ 20 milhões em emendas parlamentares ao Orçamento da União liberadas pelo Ministério do Turismo desde 2008. Os alvos da CGU são os institutos Educar e Crescer e Premium Avança Brasil. Este último, segundo o relatório de investigação da controladoria, é registrado num endereço onde funciona uma papelaria. Os indícios sugerem que a fraude é semelhante à revelada pelo Estado na semana passada. (Págs. 1 e Nacional A4)

Bernardo: 'pente-fino' em convênios

O ministro Paulo Bernardo (Planejamento) defendeu "pente-fino” nos convênios para promover eventos financiados por emendas parlamentares ao Orçamento. Ele disse que o governo tem responsabilidade nos escândalos, mas o Congresso também tem a sua cota. "Quem fizer declaração falsa, quem fizer uso desse dinheiro, tem de ser condenado." (Págs. 1 e Nacional A4)
OEA condena o Brasil por impunidade no Araguaia
A Corte Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos condenou o Brasil por não ter punido os responsáveis pelas mortes e desaparecimentos ocorridos na Guerrilha do Araguaia, entre 1972 e 1974. A OEA determinou que sejam feitos todos os esforços para localizar os corpos. Para a corte, a Lei de Anistia não pode impedir a investigação das violações de direitos humanos. (Págs. 1 e Nacional A10)
Foto legenda: Assange tem vitória na Justiça
Julian Assange acena de dentro de van da polícia em Londres: a Justiça britânica concedeu liberdade condicional sob fiança ao fundador do site WikiLeaks, mas ele deve permanecer detido por mais 48 horas até que se examine um recurso apresentado pela promotoria sueca. (Págs. 1 e Internacional A14)
Gasto público supera níveis do início do governo FHC
Os gastos com salários de funcionários, custeio da máquina e programas ultrapassaram os níveis do início do governo de Fernando Henrique. É o que mostra estudo do economista Fernando Montero, economista-chefe da corretora Convenção. Com a revisão das estatísticas do IBGE, o peso da máquina estatal nos três níveis de governo atingiu 21,7% do PIB em 2009. Em 1995, era de 21,1% do PIB. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)
Arrecadação cai pela 1ª vez em 13 meses
A Receita arrecadou R$ 66,79 bilhões em novembro, queda de 12,28% sobre o mesmo mês de 2009 e de 10,99% em relação a outubro. (Págs. 1 e Economia B4)
Obesidade em alta faz crescer morte por diabete
Estudo do Ministério da Saúde aponta alta de 10% das mortes por diabete entre 1996 e 2007. A doença, intimamente associada a aumento de peso, é a terceira causa de mortalidade no Brasil, atrás de doenças cerebrovasculares ou do coração. (Págs. 1 e Vida A20)
DPVAT para carros vai a R$ 96,63 em janeiro (Págs. 1 e Cidades C3)
Promotores investigam 'mensalinho' em Jandira (Págs. 1 e Nacional A13)

Cabral comete gafe ao defender aborto legal
“Quem aqui não teve uma namoradinha que teve de abortar?", perguntou o governador Sérgio Cabral a empresários em evento sobre oportunidades de investimentos no Rio. Para ele, políticos devem ter coragem para encarar "a vida como ela é". (Págs. 1 e Vida A21)

Agrícola: Cardápio de fim de ano
Cresce demanda por carne suína. Preços, mesmo maiores, não superam os da carne bovina (Pág. 1)
Gilles Lapouge: O terror e Assange
O que ocorre na Suécia? O que se vê neste país-modelo não é ódio, ou a bomba, e sim o tédio e a monotonia. (Págs. 1 e Internacional A14)
Celso Ming: Natal o ano inteiro
O esticão do consumo trouxe três desequilíbrios, nenhum deles irreversível, desde que sejam revistos. (Págs. 1 e Economia B2)
Notas & Informações: O Gabinete das cotas
Quando o cotismo impera, a meritocracia tem pouca ou nenhuma vez e a competência para os cargos acaba sendo fator secundário. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense

Servidor do DF cobra R$ 1,3 bi em reajustes
O governador eleito Agnelo Queiroz assume o cargo em 17 dias com uma forte pressão por aumentos salariais. O projeto de lei orçamentária a ser analisado na Câmara Legislativa contempla acordos negociados e emendas defendidas por diversas categorias. Os professores pedem R$ 500 milhões a mais no contracheque. (Págs. 1 e 28)
Basta à farra dos distritais
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, recomendou ao STF que confirme a proibição à Câmara Legislativa de manter gastos de pessoal acima do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Na avaliação de Gurgel, o abuso nas contratações põe em risco o patrimônio público. (Págs. 1 e 27)
Novo secretário: Escolhido o xerife do cofre de Agnelo
O governador eleito anunciou Valdir Moysés Simão, auditor da Receita Federal e atual presidente do INSS, como seu secretário de Fazenda. Simão chega ao GDF com o aval do ministro Guido Mantega. Ontem, a Câmara Legislativa aprovou a indicação de Rogério Leite Chaves como procurador-geral. (Págs. 1 e 26)
Dilma faz os últimos ajustes
Após receber cartas de apoio — “Faça por nós, mulheres, o que os outros não fizeram” — no aniversário de 63 anos, a presidente define as últimas pastas da Esplanada. No Congresso, Marco Maia será o candidato do PT à Presidência da Câmara. (Págs. 1 e 2 a 4)
Pandora: Bandarra, agora,luta contra a demissão
Afastado de suas funções pelo Conselho Nacional do Ministério Público, com a promotora Deborah Guerner, Leonardo Bandarra terá que provar a inocência para manter-se na carreira. Denunciados por vários crimes, eles poderão perder o cargo e o salário de R$ 24,5 mil. (Págs. 1 e 25)
Certidões virão em papel-moeda (Págs. 1 e 10)
Nunca se pagou tanto imposto
O Leão já tirou, em média, R$ 700 de cada trabalhador brasileiro este ano. A arrecadação chegou a R$ 16,404 bilhões, um recorde histórico. (Págs. 1 e 12)
Mães e bebês abandonados
O Brasil está longe de cumprir as metas da ONU para as mortalidades materna e infantil. E terá dificuldades para alcançá-las, problema antecipado pelo Correio. (Págs. 1, 8 e 9)

Valor Econômico

Petrobras paga US$ 850 milhões por 30% de refinaria no Sul
A recompra pela Petrobras dos 30% detidos pela espanhola Repsol na Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), por US$ 850 milhões, foi considerada cara e de baixo retorno. Em relatório da corretora Itaú BBA, analistas calcularam que o custo da transação significa que a Petrobras vai pagar US$ 14,9 mil por barril, uma vez que a refinaria tem capacidade para processar 190 mil barris por dia de petróleo. Transações do mesmo tipo foram feitas no mundo por US$ 4,7 mil por barril nos últimos dois anos.
Em 2001, quando a Petrobras e a Repsol encerraram o processo de troca de ativos, a espanhola pagou US$ 500 milhões por 30% na Refap e 10% no campo Albacora Leste, na Bacia de Campos, que é operado pela Petrobras. O número consta de um relatório de atividades da estatal relativo a 2001, publicado em 2002. (Pág. 1)
UOL compra a Diveo e reforça área de serviços
O UOL reforçou sua posição no disputa do mercado de centro de dados ao adquirir a Diveo, empresa sediada nos EUA, com negócios no Brasil e na Colômbia. O valor da operação não foi informado. A Diveo é a nona empresa comprada pelo UOL nos últimos três anos para reforçar sua estratégia no segmento.
A Diveo mantém um centro de dados em cada pais onde atua. Este ano, investiu RS 40 milhões para ampliar o centro instalado no Brasil. Segundo relatório da Fator, a empresa tem infraestrutura de telecomunicações desde 10 mil km2 para oferecer redes sem-fio aos clientes. Do total de 1,6 mil clientes, 1,3 mil estão no país. (Págs. 1 e B3)

Empresas caçam os mentirosos
Para evitar erros nos processos de seleção, empresas estão treinando seus recrutadores para que identifiquem candidatos mentirosos. Para isso, eles estão aprendendo técnicas usadas por investigadores do FBI e da CIA. "Cerca de 70% dos currículos contêm alguma informação falsa", diz Wanderson Castilho, diretor da E-Net Security, especialista em identificar mentirosos analisando microexpressões faciais e mudanças de comportamento durante entrevistas de emprego.
A preocupação das companhias em não errar na contratação e na promoção de executivos é tamanha que algumas delas já aplicam testes de honestidade para medir a integridade do profissional. Ele é questionado sobre temas como consumo de drogas, hábito de jogar e até possível histórico de suborno. Para o professor de direito do trabalho da USP, Estevão Mallet, embora não exista parâmetro claro na CLT sobre esse tipo de teste, as empresas devem estar atentar para não ferir direitos como à intimidade. (Págs. 1 e D10)
InBev lança R$ 2 bilhões em debêntures e reduz dívida
A AB InBev vai lançar R$ 2 bilhões em debêntures por meio de sua subsidiária brasileira InBev Participações Societárias. A emissão faz parte dos planos da maior cervejaria do mundo de reduzir o endividamento assumido em 2008 para a aquisição da Anheuser-Busch.
Com a emissão, serão quitados antecipadamente outros RS 2 bilhões que a InBev deve a investidores que compraram suas debêntures no ano passado, com vencimento em 2012. Os papéis lançados em 2009 custavam para a InBev 114% do CDI ao ano, enquanto os novos custarão 109% do CDI. Além disso, as novas debêntures permitem que a InBev as recompre antecipadamente a partir do 11º mês. Ou seja, se as condições do mercado estiverem mais favoráveis nos próximos meses, a empresa poderá recomprá-las e captar recursos pagando menos.
(Págs. 1 e C1)
Os zeladores de R$ 334 bilhões em títulos
Longe do charme que cerca os bancos de investimentos, é de escritórios discretos como o da Pentágono - e com remunerações igualmente modestas - que os agentes fiduciários cuidam do estoque de R$ 334 bilhões em debêntures no Brasil. Eles checam as garantias dadas pelas empresas, analisam os níveis de endividamento das emissoras e acompanham os pagamentos devidos.
Hoje, cinco empresas fazem esse serviço no país: Pentágono, Oliveira Trust, SLW, Pavarini e Planner. Mas diante do aumento na emissão de debêntures nos (últimos dois anos, a atividade começa a se sofisticar e já desperta o interesse de gigantes mundiais, como o banco americano New York Mellon. (Págs. 1 e C10)
Thyssen liga produção de Brasil e EUA
A siderúrgica alemã ThyssenKrupp criou o que descreve como uma operação virtualmente integrada de produção, que conecta operários em três continentes por meio de sofisticados sistemas de software e redes de computadores.
Uma equipe de Roterdã, na Holanda, vai monitorar os pedidos e dirigir os carregamentos das espessas chapas de aço cru de uma usina em Sepetiba (RJ) para cargueiros com rumo a uma nova usina no Alabama, nos EUA, onde serão laminadas e preparadas para uso em carros, na construção civil e em tubos.(Págs. 1 e B13)
China esta perto de superar Japão em gastos com pesquisa e desenvolvimento (Págs. 1 e A12)
Ex-conselheiros da Sadia recebem multa de R$ 2,6 milhões (Págs. 1 e D1)
Juro e câmbio atingem empresas
Juros mais altos desde abril e valorização do real obrigaram 443 empresas a buscar recuperação judicial entre janeiro e novembro, número elevado para um ano de crescimento econômico. (Págs. 1 e A3)
Iata destaca América Latina
A Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata) destaca o vigor das companhias latino-americanas e do mercado regional. O Brasil representa 50% do setor, mas a entidade voltou a criticar os aeroportos do país. (Págs. 1 e B5)
Freddo chega ao Brasil
A tradicional sorveteria argentina Freddo anunciou ontem a abertura de quatro lojas no Brasil até o início de 2012. A primeira será inaugurada sábado, em Brasília, no Shopping Iguatemi. (Págs. 1 e B6)
Parceria de Eurofarma e Cristália
As farmacêuticas nacionais Eurofarma e Cristália negociam um acorda para o desenvolvimento de medicamentos. O anúncio deverá ser feito nas próximas semanas. (Págs. 1 e B12)
Cotegipe investe em armazenagem
Com crescimento de 25% na movimentação de cargas neste ano, o porto de Cotegipe, em Salvador, sociedade entre a M. Dias Branco e a TPC Logística, recebe investimento no aumento da capacidade de armazenagem. (Págs. 1 e B12)
Aposta na hotelaria
A Veremonte Real Estate, do empresaria espanhol Enrique Bañuelos, criou urna joint venture com o fundo americana Gencom para investir na construção de hotéis no Brasil. (Págs. 1 e B12)
EUA freiam etanol brasileiro
Exportações de etanol da região Centro-Sul do Brasil devem se limitar a 1,5 bilhão de litros nesta safra. Ontem, o Senado dos EUA aprovou a renovação dos subsídios ao etanol de milho e da taxa de importação. (Págs. 1 e B16)
Ideias
Cristiano Romero

O custo do modelo argentino, cuja face mais viável é a inflação, virá em forma de menos investimento e atividade. (Págs. 1 e A2)
Ideias
Naércio Menezes Filho

Enquanto os chineses fazem a lição de casa, os brasileiros passaram o ano inteiro discutindo a taxa de câmbio. (Págs. 1 e Al5)

Estado de Minas

Manobra tenta barrar ficha limpa em Minas
Proposta de emenda à Constituição (PEC) estadual, já aprovada em primeiro turno, proíbe que ocupem cargos no governo condenados em segunda instância. Ocorre que boa parte dos deputados já foi prefeito e tem pendências judiciais, bem como seus apadrinhados políticos. Por isso, um grupo de parlamentares se articula para esvaziar a votação definitiva. A pressão é para que o texto volte ao plenário sexta-feira, como último item da pauta da última sessão legislativa. Como o quórum exigido para a aprovação é alto (três quintos), a PEC corre o risco de ficar para a próxima legislatura. (Págs. 1, 7 e Editorial 12)
PT mineiro quer Dulci na Cultura
Briga para emplacar ministro de Lula no governo Dilma ganhou força nas últimas horas (Págs. 1 e 3)
Marco Maia derruba Vaccarezza
Temendo fiasco em votação, líder do governo desiste de disputar Presidência da Câmara (Págs. 1 e 4)
Foto legenda: Abandono no abrigo
O Ministério Público entrou com ação contra a Prefeitura de BH exigindo medidas emergenciais para melhorar as condições de unidades acolhedoras de menores que estariam afrontando o Estatuto da Criança e do Adolescente e a nova Lei de Adoção. O EM visitou algumas delas e constatou a precariedade das instalações. Os 40 abrigos credenciados alegam que os R$ 13 mil mensais que recebem são insuficientes. (Págs. 1 e 23)
Madoff mineiro: Polícia deve indiciar sócios de empresário
Delegado acredita que empresário não agiu sozinho, dando indícios de que os ex-sócios, entre os quais uma irmã, serão indiciados. (Págs. 1 e 14)
A energia que vem do vento
Com vários projetos em andamento, em 10 anos a energia eólica será uma das principais fontes no Brasil. (Págs. 1 e 22)
Brasil caminha para se tornar país de obesos
Ministério da Saúde prevê taxa de sobrepeso igual à dos EUA em 2022. Por isso, prepara um Plano Nacional de Combate à Obesidade. (Págs. 1 e 10)

Jornal do Commercio (PE)

Em ritmo de despedida
Na sua penúltima visita a Pernambuco como presidente da República, em Salgueiro, Lula oficializa vinda da fábrica da Fiat para o Estado, entrega casas e avisa que continuará circulando pelo País ao deixar o cargo. (Pág. 1)
Seguro obrigatório de carro sobe 7,8% (Pág. 1)
PF captura gangue especializa em clonagem de cartões (Pág. 1)
Temer exige "cautela verbal" de Ciro, se ele virar ministro (Pág. 1)
Brasil vence a fome, mas abre espaço para a obesidade (Pág. 1)
Índices do Recife melhoram, mas há muito a avançar (Pág. 1)
População carcerária de jovens do Estado é a segunda do País (Pág. 1)
Dia de Enem (Pág. 1)

Zero Hora (RS)

Perplexidade e dor em Abu Dhabi
Humilhante derrota para desconhecido time do Congo liquida sonho colorado (Págs. 1, 4,5 e Esportes)
Disputa à Presidência
Gaúcho se torna favorito na Câmara (Págs. 1 e 7)
Taxa de homicídios da Capital bate Rio e SP
Estudo do Ministério da Saúde confirma que o risco de ser assassinado em Porto Alegre é um dos maiores entre as metrópoles, como revelou ZH em 2008. (Págs. 1 e 48)
RSC-471 Nova rodovia vem desafogar BR-116 (Págs. 1 e 34)
Nova rodovia vem desafogar BR-116 (Págs. 1 e 34)

Fontes: Radiobras – JBWiki!

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
JBWiki!
Rio de Janeiro - RJ



Comentários
01
Reporte abuso
Arnaldo Ribeiro
Formiga/MG/Brasil 02/04/2011

JESUS CRISTO LIVRA A FAMILIA TERRENA DO MAL DO ABORTO COM O PODER DA FÉ: (ES.57.2) - (LE.6.1) – Há um mal que vi debaixo do sol, e que pesa sobre os homens: (DT.13.11) – E todo o Israel ouvirá e temerá, e não se tornará a praticar maldade como esta no meio de ti; (JR.15.5) – pois quem compadeceria de ti, ó Jerusalém? (LE.5.18) – Eis o que eu vi: (EC.25.26) – Toda a malicia é leve em comparação da malicia da mulher, sobre ela caia a sorte dos pecadores: (ÊX.32.31) - Ora, o povo cometeu grande pec


 
02
Reporte abuso
Arnaldo Ribeiro
Formiga/MG/Brasil 03/01/2011

REPATRIANDO PARA JERUSALÉM O POVO DE ISRAEL QUE PERMANECIA EXILADO NA BABILÔNIA, CULTUANDO DEUSES FAJUTOS E PADECENDO SOB O JUGO DE PECADOS INCONSCIENTES: Até o dia 30.09.1985, poucos entendiam o significado disto: (AP.17.5) – BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA: (IS.16.14) – AGORA, PORÉM, O SENHOR FALA E DIZ: (LE.1.12) – EU, O PREGADOR, VENHO SENDO REI DE ISRAEL EM JERUSALÉM; (JÓ.34.30) – PARA QUE O IMPIO NÃO REINE E NÃO HAJA QUEM ILUDA O POVO: (JR.29.20) – OUVI


 
03
Reporte abuso
Deborah Leles
Mauá 15/12/2010

Ñ tenho 1 opinião formada sobre o aborto, porém a forma como esse governador se expressou dá a impressão de que o aborto é algo natural, de praxe, e que ñ precisa ser evitado, necessariamente. Ocorre que, com a legalização desta prática, o número de pessoas contraentes de DST's irá aumentar, pois as pessoas perderão, ainda mais, o receio de manter relações sexuais s / preservativo. O aborto ñ deve ser encarado como algo normal, e talvez, como um procedimento a ser executado em casos específicos.


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br