Atualizado 14h17 Quarta, 21 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

"Venha a nós o seu dinheiro"

418 acessos - 0 comentários

Publicado em 10/12/2010 pelo(a) Wiki Repórter JBWiki!, Rio de Janeiro - RJ



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, SEXTA-FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2010.

Jornal do Brasil

Sem museu, terreno da Help virou foco de dengue
Obra nem começou, e poças no terreno abandonado já preocupam a vizinhança

Prestes a completar um ano do lançamento de sua pedra fundamental, o novo Museu da Imagem e do Som, que será construído na Avenida Atlântica, em Copacabana, ainda não saiu do papel. Apesar da beleza do projeto apresentado, o que se vê no terreno antes ocupado pela boate Help é um areal, alguns tufos de grama e poças d’água, que fazem os vizinhos temerem por focos de dengue. Questionado, o governo estadual não deu explicações. (Págs. 1 e Rio, 9 e 10)
Cota para negros gera polêmica na África do Sul (Págs. 1 e Internacional, 27 e 28)
Mantega diz que só a China cresce mais que o Brasil (Págs. 1 e Economia, 24 e 25)
Dilma vê que não é fácil escalar o time de mulheres (Págs. 1 e País, 2 e 3)

O Globo

Brasil cresceu na era Lula menos que emergentes e AL
Revisão do PIB de 2009 mostra que marolinha fez país perder R$ 19,1 bilhões.

A economia brasileira pisou no freio no terceiro trimestre deste ano. O Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos pelo país) avançou apenas 0,5% frente aos três meses anteriores, depois de ter crescido 1,8% no trimestre anterior. Os números são do IBGE e mostram que a indústria e a agropecuária tiveram queda no período. Em relação ao terceiro trimestre de 2009, no entanto, o país cresceu 6,7%. Apesar do freio, analistas reviram as projeções e já apontam expansão de 7,4% a 7,8% este ano. Seria, portanto, o melhor resultado em 24 anos. O IBGE divulgou ontem ainda que a recessão de 2009, na esteira da crise global, foi maior do que se pensava. O PIB brasileiro encolheu 0,6% e não apenas 0,2%. A ''marolinha", como disse o presidente Lula, foi maior do que o esperado e representou uma perda de R$19,1 bilhões para o país. Nos oito anos de govemo Lula, o país cresceu, em média, 4% ao ano. O resultado é inferior ao de China (10,95%), Índia (8,2%), Rússia (4,8%) e América Latina (4,64%), de acordo com o FMI. (Págs. 1 e 33 a 35)
Metade do PAC fica para Dilma acabar
Quatro anos após ser lançado, 47,7% das obras previstas na primeira fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) não ficarão prontos em dezembro. As obras também sairão mais caras do que o previsto, como no caso do Arco Rodoviário do Rio, que só deve ficar pronto em 2012 e custará o dobro do preço: R$ 1,499 bi. A pior situação é a da área social: no saneamento, só 8% das obras serão concluídas este ano. (Págs. 1, 36 e 37)
Governo prevê corte de gastos de R$ 8 bilhões
O governo decidiu cortar R$ 8 bilhões do Orçamento de 2011, e segunda-feira enviará ao Congresso, onde a proposta do Orçamento está tramitando, a lista de áreas a serem afetadas. O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que o PAC não será prejudicado. (Págs. 1 e 16)

WikiLeaks - Lula defende vazamentos diplomáticos
O presidente Lula declarou apoio ao fundador do site WikiLeaks por "desnudar uma diplomacia inatingível" e expressou seu apoio à liberdade de expressão. (Págs. 1 e 45)

EUA fantasiam sobre passado de Dilma
Um passado fantasioso de Dilma como guerrilheira, mentora de três assaltos a banco e do roubo ao "Cofre do Adhemar", foi relatado em 2005 pelo embaixador dos EUA. A presidente sempre negou participação nestas ações. (Págs. 1 e 45)
A guerra na cultura
Após representantes da classe artística terem se reunido no Rio para apoiar a permanência do ministro da Cultura, Juca Ferreira, o produtor cinematográfico Luiz Carlos Barreto criticou a atual gestão que, em sua opinião, segue um modelo ultrapassado. "Na minha área, há 95% de descontentamento", disparou. Ontem, a presidente eleita, Dilma Rousseff, convidou Fernando Pimentel para o Ministério do Desenvolvimento, e Antônio Patriota, para o Itamaraty. (Págs. 1 e 10)
Alemão: general avisa que vai afastar policiais
O comandante da Força de Paz, general Fernando Sardenberg, garantiu que não vai tolerar "nem um grau" de desvio de conduta e que vai afastar policiais que estarão sob seu comando, no Complexo do Alemão. O morro terá uma delegacia a serviço das operações. (Págs. 1 e 18)
União já processou 3.700 funcionários por corrupção em 2010 (Págs. 1 e 3)

Sakineh foi solta, diz ONG

(JBWiki! informa: Segundo o Bom Dia Brasil, Sakineh não foi solta. As imagens que a mostram são de um programa de televisão que será exibido no Irã. O anúncio da libertação foi considerado precipitado pela ONG.)

Condenada à morte, a iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani já está em liberdade, antecipou ao GLOBO a líder da ONG que luta contra o apedrejamento de mulheres, Mina Ahadi. Ela recebeu um e-mail do filho de Sakineh, afirmando que os dois estão em casa. O Irã ainda não confirmou a libertação. (Págs. 1 e 44)

Folha de S. Paulo

País reduz ritmo, mas crescimento deve ser de 7,5%
Economia avança só 0,5% no 3° trimestre; desempenho, porém, não compromete previsão do governo para 2010.

A economia brasileira cresceu 0,5% de julho a setembro na comparação com o trimestre anterior. A alta equivale a um quarto da média dos quatro últimos trimestres (2,2%). Apesar da desaceleração, o PIB (Produto Interno Bruto) deve fechar 2010 com alta de 7,5%.
A taxa projetada pelo governo deve ser garantida pela explosão das importações (alta de 40,9% em 12 meses) que atendeu a forte demanda interna, contribuindo também para conter a inflação. A médio prazo, porém, esse aumento ameaça deteriorar as contas externas.
Queda da indústria e consumo forte alertam para a necessidade de controlar os preços, mas investimentos, que indicam uma produção maior no futuro, estão perto do nível pré-crise. (Págs. 1 e Mercado)

Análise

Reaceleração virá a partir de agora de forma moderada, escreve Fernando Sampaio. (Págs. 1 e B5)
WikiLeaks: Dilma planejou assalto a banco, diz telegrama secreto dos EUA
Um telegrama de 2005, a diplomacia americana afirmou, sem citar fontes, que a então ministra Dilma Rousseff organizou três roubos a bancos e "planejou o legendário assalto" do cofre do político Adhemar de Barros.
O atual embaixador no Brasil disse que os EUA não tem dados que confirmem "essas alegações". (Págs. 1 e A4)

William Burns, número três da diplomacia americana, vai se encontrar com a equipe de transição. (Págs. 1 e A6)

Motorista terá de ir a cartório para transferir pontos de multa
O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) baixou normas mais rigorosas, que entrarão em vigor em outubro de 2011, contra fraudes na transferência de pontos de multas.
Será obrigatório o reconhecimento de firma em cartório nos pedidos de transferência, feitos quando o infrator não é o dono do carro. Advogados veem problemas na medida. (Págs. 1 e C1)
Para ONU, cerco viola liberdade de expressão
A comissária para direitos humanos da ONU, Navi Pillay, disse que a ação de empresas contra o WikiLeaks pode ser encarada como tentativa de intimidar o site, o que viola a liberdade de expressão. Ela não nomeou os autores, mas acredita-se que a pressão provenha do governo dos EUA. (Págs. 1 e A16)

Governo do Irã libertou Sakineh, dizem ativistas
Um grupo de ONGs disse que Sakineh Ashtiani, 43, que aguardava desde 2006 execução por apedrejamento, foi solta pelo Irã.
Sakineh é acusada de adultério e de tramar a morte do marido. A libertação não foi confirmada por fontes independentes, e o governo do Irã não quis falar sobre o caso. (Págs. 1 e A14)

Leia texto de Roxana Saberi, que ficou presa no Irã por 100 dias (Págs. 1 e A3)
Alckmin ganha reajuste de 26% em seu salário antes da posse (Págs. 1 e A13)

Clóvis Rossi
Governos usam pretexto capenga contra Assange. (Págs. 1 e A16)

Boa notícia
Fiscalização do teor de água no frango fica mais rigorosa. (Págs. 1 e B10)
Até 2012, celular vai passar a ter nove dígitos no Estado de SP (Págs. 1 e B13)

Editoriais
Leia "Caça ao WikiLeaks", sobre a perseguição ao site e seu fundador; e "Apoio aos palestinos", acerca do Itamaraty e os conflitos no Oriente Médio. (Págs. 1 e A2)

O Estado de S. Paulo

PIB esfria no trimestre, mas garante alta anual de até 8%
Recuo da indústria, em razão da concorrência das importações, determinou expansão anualizada de apenas 2%

O PIB brasileiro teve uma freada no terceiro trimestre, crescendo apenas 0,5% ante o anterior. O resultado se deveu à indústria, que recuou 1,3% no período, sob pressão da concorrência das importações. O PIB trimestral corresponde a uma expansão anualizada de 2%, comparada a 7,8% no segundo trimestre. Apesar da desaceleração, o investimento e o consumo das famílias mantiveram-se em alta, e as previs5es para 0 ano são de um avanço de 7,5% a 8%, recorde desde 1985. O ministro Guido Mantega (Fazenda) destaca que o Brasil se consolidou como a segunda economia que mais cresce no mundo, só atrás da China. Para 2011, a expectativa é de um crescimento moderado, de até 5%, por causa de novo aperto monetário é possível corte de gastos. (Págs. 1 e Economia B1 a B7)
Carta assinada por Padilha dá aval a instituto de fachada
Um documento que leva a assinatura do ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) foi usado para aprovar convênios de R$ 3,1 milhões em favor de entidade fantasma no Ministério do Turismo. O papel é uma declaração que atesta o funcionamento da entidade de fachada, mais uma das que estão no centro do escândalo das emendas ao Orçamento, revelado pelo Estado. Padilha negou ter assinado o documento e pediu investigação. (Págs. 1 e Nacional A4)

Lula defende fundador do WikiLeaks
O presidente Lula defendeu ontem o australiano Julian Assange, do site WikiLeaks, que vem revelando documentos secretos da diplomacia americana. Ao falar da prisão de Assange. Lula fez ironias à imprensa. "Não estou vendo nenhum protesto contra (pela) a liberdade de expressão", disse ele. (Págs. 1 e Internacional A23)

Lula
Presidente

"Em vez de culpar quem divulgou, culpe quem escreveu a bobagem” (Pág. 1)

Parlamentares articulam reajuste de 62%
Deputados e senadores querem aprovar na próxima semana, a última de trabalho do Congresso, reajustes de 61,83% nos próprios salários e de 133,96% para o presidente da República. A remuneração dos parlamentares e de Dilma Rousseff passaria de R$ 16.512 e R$ 11.420, respectivamente, para R$ 26.723, teto do funcionalismo. (Págs. 1 e Nacional A8)

R$ 26.723

É quanto ganharão parlamentares e a presidente, se o aumento for aprovado. (Pág. 1)
Projeto ameaça tombamento do Pacaembu
O governo do Estado de São Paulo encaminhou ao conselho do patrimônio processos que mudam o tombamento de dois dos últimos bairros preservados da capital. Se o texto for aprovado, no Pacaembu será permitido desmembrar lotes e nos Jardins os limites de construção serão alterados. (Págs. 1 e Cidades C1)

Celular de São Paulo ganhará mais um dígito (Págs. 1 e Negócios B17)
ONG afirma que o Irã libertou Sakineh (Págs. 1 e Internacional, A21 e A22)
Capital paulista tem 420 áreas de risco (Págs. 1 e Cidades C3)
Milton Hatoum
O inferno mais temido

O que líderes dos partidos que brigam como hienas vorazes por cargos têm a dizer sobre a ausência total de direitos civis dos favelados? (Págs. 1 e Caderno 2, D18)
Nelson Motta
Remédios e hipocrisia

O sucesso da política de venda controlada de maconha “medicinal" nos EUA vai influenciar nos rumos de toda a América Latina. (Págs. 1 e Nacional A18)
Notas & Informações
O BC e o repique da inflação

Derrubar a inflação poderá ser o primeiro desafio econômico do próximo ano. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense

A desordem mora aqui
Deficit habitacional atinge 360 mil pessoas no DF. Descaso do poder público estimula o caos urbano

A especulação imobiliária, o inchaço urbano desordenado e a cultura da ilegalidade nas terras formam o cenário da realidade habitacional no Distrito Federal, tema da série de reportagens do Correio. Segundo dados oficiais, 360 mil pessoas aguardam um lote legalizado do governo. Além das famílias de baixa renda, uma parcela significativa de brasilienses — estima-se em 500 mil — fixou residência em áreas que não têm amparo legal. É o caso de Vicente Pires (foto), ex-colônia agrícola que hoje abriga 60 mil habitantes em precárias condições de infraestrutura. Investimentos em urbanização e amplo crédito imobiliário são soluções apontadas por especialistas. (Págs. 1, 25 e 26)
Crescimento - Consumo e serviços podem levar o PIB a 8%
Mesmo com a desaceleração registrada entre julho e setembro, o Produto Interno Bruto do país continua avançando, impulsionado principalmente pelo consumo das famílias, pelos investimentos e pela oferta de serviços. Em 2010, o Brasil deve fechar o ano com um crescimento próximo a 8%, melhor desempenho desde 1986. (Págs. 1 e 12 a 16)
Tecnologia - Passaporte com chip
O novo documento já é emitido pela Polícia Federal e eliminará as falsificações, além de reduzir a espera na imigração. (Págs. 1 e 26)
Gastança - Muita festa com verbas públicas
Em 2010, a Administração Regional de Vicente Pires gastou com eventos cerca de R$ 1,49 milhão, metade dos seus recursos. (Págs. 1 e 36)
À espera de boas notícias sobre Sakineh
Condenada à morte por apedrejamento,Sakineh Ashtiani foi libertada, segundo uma ONG internacional.O governo do Irã não confirmou a informação. Mas fotos recentes da viúva já circulam pela internet. (Págs. 1 e 21)
Fim de governo - Lula dá adeus às pastilhas
Durante cerimônia do PAC, o presidente esbanjou alegria, chamou uma diretora da Petrobras de “mão de vaca” e contou casos sobre ministros, como Guido Mantega, seu “fornecedor de pastilhas” nas reuniões. No encontro, Lula também condenou a prisão do fundador do site WikiLeaks. (Págs. 1, 2, 3 e 20)

Valor Econômico

Vivendi paga R$ 150 milhões e encerra processo
A Vivendi aceitou pagar R$ 150 milhões à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para encerrar o processo em que era acusada de operação fraudulenta e uso de informação privilegiada na transação que envolveu a compra da operadora de telefonia GVT. Esse é o acordo de maior valor já firmado pela autarquia com um acusado, equivalendo a três vezes o montante de R$ 47 milhões de todos os termos de compromisso assinados pela CVM durante todo o ano passado.
Ao concordar em pagar as R$ 150 milhões ao órgão regulador, a Vivendi não assume a culpa pelos fatos citados na acusação. O acordo foi aprovado na tarde de ontem, por unanimidade, pelo colegiado da autarquia. A negociação começou após uma proposta inicial de R$ 5 milhões feita pela Vivendi. O caso envolve a compra da GVT, no fim de 2009, por R$ 7,5 bilhões, após disputa com a Telefônica. (Págs. 1 e D1)
Piora a qualidade do crescimento
O terceiro trimestre de 2010 mostrou a volta do estilo de crescimento que preocupava o país antes da crise. O consumo das famílias aumentou a um ritmo três vezes superior ao 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) na comparação com o segundo trimestre, já descontados os fatores sazonais. A piora na composição do crescimento foi suavizada pelo investimento, que cresceu 3,9% e ficou acima da alta de 1,6% na demanda das famílias. A taxa de investimento, impulsionada pela importação de máquinas, ficou em 19,4% do PIB no terceiro trimestre.
O ponto mais negativo no resultado do terceiro trimestre foi a queda no PIB da indústria de transformação, de 1,6% em relação ao resultado do segundo trimestre. Como o consumo interno continuou alto nesse período, os dados indicam que de foi suprido pelas importações e pelo uso de estoques acumula• dos no primeiro semestre do ano. Se a economia brasileira iniciasse o terceiro trimestre sem estoques, a alta do PIB poderia ter ficado em 0,9% na comparação com o trimestre anterior. (Págs. 1 e A16)
Chrysler terá fábrica em Pernambuco
A Chrysler está pronta para produzir veículos em Pernambuco. O investimento, que pode chegar a quase R$ 1 bilhão, será feito pela Fiat, que assumiu o controle da montadora americana há pouco mais de um ano. É o maior investimento em uma nova fábrica anunciado pelo setor automotivo em 2010.
O projeto depende agora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem cabe assinar decreto prorrogando a Medida Provisória nº 471, de 2009, que concede incentivos fiscais às montadoras que se instalarem no Norte, Nordeste e Centro-Oeste, do país. Trata-se de uma espécie de reedição do regime automotivo do Nordeste, criado no governo de Fernando Henrique Cardoso e retomado por Lula. A Fiat também terá incentivos estaduais. (Págs. 1 e B7)
Empresas inscritas na dívida ativa recebem R$ 1,9 bi da União
O Tribunal de Contas da União constatou que o governo federal pagou R$ 1,9 bilhão a empresas que estavam inscritas na dívida ativa, em situação fiscal irregular. De janeiro de 2008 a outubro de 2009, foram feitos 11.704 pagamentos, no valor de R$ 1,7 bilhão, a fornecedores que deviam ao Fisco, embora estivessem de posse de certidões negativas. No período, ainda foram constatados 3.288 pagamentos, no valor de R$ 216 milhões, a fornecedores que não possuíam sequer certidões negativas válidas.
No primeiro caso, os pagamentos ocorreram no período de 180 dias de vigência das certidões. No segundo, os pagamentos foram realizados mesmo sem certidões válidas porque os contratos estavam em andamento. (Págs. 1 e A2)
Executivos brasileiros são os mais bem pagos
Os executivos da indústria brasileira são os mais bem pagos, segundo pesquisa feita em São Paulo, Nova York, Londres, Cingapura e Hong Kong. O levantamento, que contempla só o salário fixo, mostra que um presidente ganha em São Paulo, em média, US$ 620 mil por ano. O resultado se explica pela economia em expansão no Brasil, escassez de talentos e a valorização do real. (Págs. 1 e D10)
As apostas dos gestores para 2011
Um ano que vai exigir mais atenção seletividade e, eventualmente, estômago dos investidores. Em 2011, se prender a uma só alternativa e "esquecer" os recursos investidos num único mercado é uma estratégia que tende a ser menos interessante, na visão dos gestores, analistas e estrategistas ouvidos pela revista "Valor Investe". Embora muitos tenham projeções positivas para a bolsa e esperem um novo cicio de alta dos juros, boa parte dos especialistas acredita que a volatilidade, que deu o tom em 2010, deve continuar no próximo ano.
Apesar do otimismo com as condições internas da economia brasileira para competir pelos recursos dos principais investidores globais, há também uma expectativa de que o humor desses grandes agentes continuara oscilando ao sabor da lenta recuperação das economias desenvolvidas e dos problemas fiscais nos países europeus. Assim, o caminho para ganhar dinheiro será sinuoso, mas com muitas oportunidades, principalmente para quem souber ser seletivo. Para ajudar nessa tarefa, a "Valor Investe" - que circula hoje para assinantes a venda em bancas -, traz recomendações de carteiras de investimento feitas por dez gestores e o ranking exclusivo, elaborado pela S&P, que aponta os melhores fundos do mercado. (Pág. 1)
Pirataria chinesa se sofistica e preocupa empresas de alta tecnologia (Págs. 1 e A13)
Aumenta o número de incidentes com petróleo em alto-mar (Págs. 1 e B9)
À mesa com o 'Valor', Beltrame mostra como 'comer o mingau pelas beiradas' (Págs. 1 e Eu & Fim de Semana)
Divergências na Semp Toshiba
A família Hennel e a Toshiba, sócias na brasileira Semp Toshiba, enfrentam dificuldades para renovar contrato de usa da marca japonesa no país, que venceu em janeiro. (Págs. 1 e B2)
Especial - Saneamento
Caracterizado pelo emprego de capital intensivo, o setor de saneamento básico ainda investe relativamente pouco em inovação e tecnologia, mas as empresas estão aumentando os aportes em pesquisa para mudar esse cenário e ganhar eficiência, diz Abelardo de Oliveira Filho, da Embasa. (Págs. 1 e Especial)
Bob's em direção ao oeste
A rede de lanchonetes Bob's, hoje com 800 lojas, foca seu plano de expansão em cidades do interior do país, com até 400 mil habitantes e sem fast-food. (Págs. 1 e B4)
BR Brokers retoma aquisições
Após dois anos e meia sem fazer aquisições, a BR Brokers volta as compras e assume o controle da Galvão Vendas, imobiliária de Curitiba, por R$ 18,5 milhões. (Págs. 1 e B8)
Eurofarma compra a Segmenta
A Eurofarma, uma das maiores farmacêuticas de capital nacional, negocia a compra da Segmenta, laboratório de Ribeirão Preto (SP) especializado em soro hospitalar. (Págs. 1 e B8)
Especial - Previdência Privada
A previdência privada aberta deve encerrar o ano com aumento de 15% na captação, mas o potencial de crescimento é muito maior, já que esses planos estão presentes em apenas 14% dos domicílios da classes A, B e C, diz Renato Russo, da Fenaprevi. (Págs. 1 e Especial)
Bancos médios na berlinda
Decisão do BC que elevou o requerimento de capital para crédito de longo prazo leva a Moody's a rebaixar a perspectiva de rating de bancos médios brasileiros. (Págs. 1 e C1)
Seguro para petroleiras
Projeto em análise no Congresso dos EUA que eleva seguro de petroleiras contra danos ao ambiente pode afetar o setor em todo o mundo. (Págs. 1 e C3)
TJ pressiona prefeituras
Prefeituras de São Paulo e Santo André (SP) recusam acordo para elevar pagamentos mensais para quitação de precatórios e poderão sofrer sanções do Tribunal de Justiça a partir de janeiro. (Págs. 1 e E1)
Ideias
Claudia Safatle

Por enquanto, o ajuste fiscal pelo lado do gasto público é só um discurso, mas o ensaio geral soa promissor. (Págs. 1 e A2)
Ideias

Maria Cristina Fernandes

O que o WikiLeaks revela de mais comprometedor não é a política que consulta, especula e discute, mas a que corrompe. (Págs. 1 e A6)

Estado de Minas

Suposta doença não deve aliviar pena de estudante
A alegação de que o universitário que matou o professor no Izabela Hendrix tem problemas psiquiátricos não o livrará de responder por homicídio qualificado, cuja pena varia de 12 a 30 anos. A avaliação é do presidente da Comissão de Assuntos Penitenciários da OAB-MG, Adilson Rocha. A família do estudante diz que ele sofre de transtorno bipolar e esquizofrenia. Mas especialistas afirmam que ninguém tem as duas doenças simultaneamente, nem pode se eximir de crimes por causa delas. Imagens do assassinato deixam claro que não houve discussão antes de o agressor esfaquear a vítima. (Págs. 1, 25, 26 e 27)

Foto legenda: Em protesto contra o crime, cerca de 200 pessoas fizeram passeata que se encerrou num abraço simbólico ao prédio do Izabela Hendrix
Economia vai crescer até 8%, apesar de perder força
O fraco desempenho da agropecuária e da indústria, pressionada pelas importações e pelo câmbio, levou a uma desaceleração do PIB, que subiu 0,5% no terceiro trimestre. Mesmo assim, a expansão neste ano deverá ser a maior desde 1986. (Págs. 1, 16, 17 e editorial, na 6)
Queda de avião mata 3 no Vale do Rio Doce
O bimotor, que ia de Vitória para Brasília com uma equipe da Legião da Boa Vontade (LBV), caiu em Bom Jesus do Galho. Três funcionários da entidade morreram. O diretor-executivo, Paulo Duarte, e o piloto sobreviveram. (Págs. 1 e 12)
Enfim, livre?
ONG anuncia a libertação de Sakineh Ashtiani. Mas, até a noite de ontem, o Irã não havia confirmado. Ela foi condenada à morte por apedrejamento, acusada de traição ao marido assassinado. O caso escandalizou o mundo. (Págs. 1 e 23)
Governo Dilma
Padilha é o mais cotado para Ministro da Saúde (Págs. 1, 3 e 4)

Jornal do Commercio (PE)

Pernambuco ganha montadora e siderúrgica
Lula deve confirmar, na visita da próxima semana, a instalação de uma fábrica da Fiat no Complexo de Suape. E hoje será anunciada a implantação da Companhia Siderúrgicca Suape (CSS), a primeira laminadora de aços planos de Nordeste. (Pág. 1)
Dilma chama Luciana para os Esportes, mas PCdoB é contra (Pág. 1)
Ajustes fiscais vão congelar obras do PAC 2 (Pág. 1)
Pesquisa mostra queda no número de analfabetos do Estado (Pág. 1)
Economia brasileira sofre desaceleração no terceiro trimestre (Pág. 1)

Sakineh livre (Pág. 1)

Wikileaks (Pág. 1)

Zero Hora (RS)

PF prende quadrilha que percorria o país para clonar cartões
Grupo desarticulado em Pelotas integra organização com atuação em diferentes Estados e que costumava se mudar de cidade depois de aplicar golpes. (Págs. 1 e 57)
Preconceito: Caso de homofobia na Medicina vai à polícia
Reitora de universidade pede ajuda à PF para confirmar identidade de autor de e-mail. (Págs. 1 e 55)
R$ 8 bilhões
Governo Lula faz corte no orçamento de Dilma. (Págs. 1, 16 e Rosane de Oliveira, 10)
Desacelerou
PIB menor reduz ameaça de inflação. (Págs. 1 e 22) 10 de dezembro de 2010

Fontes: Radiobras – BrasilWiki!

Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
JBWiki!
Rio de Janeiro - RJ



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br