Atualizado 19h56 Sexta, 16 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Brasil tem pior evasão escolar do Mercosul

1187 acessos - 0 comentários

Publicado em 18/09/2010 pelo(a) Wiki Repórter BrasilWiki!, São Paulo - SP



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, SÁBADO, DIA 18 DE SETEMBRO DE 2010.

Jornal do Brasil



TRE retira 4,5 toneladas de placas ilegais por dia

Família Picciani lidera propaganda irregular

Faltam duas semanas para a eleição, mas o TRE já elegeu os candidatos que mais poluem as ruas do Rio com propaganda ilegal: Jorge Picciani, do PMDB, que concorre ao Senado, e seus filhos Rafael e Leonardo, que disputam vaga na Câmara e na Assembleia Legislativa. Segundo o juiz Paulo César Vieira de Carvalho Filho, responsável pela fiscalização, a campanha deste ano é uma das mais caras da história, o que explica os 4.500 quilos de placas irregulares retirados das ruas diariamente por nove caminhões. "Tiramos e no dia seguinte tem mais", constata Paulo César. (Págs. 1 e Rio, 5)

Foto legenda: Paisagem eleitoral

Na Avenida Princesa Isabel, em Copacabana, poluição visual de propaganda. (Pág. 1)

Tempo fecha em debate na TV

O clima esquentou nos bastidores do debate eleitoral entre os candidatos ao governo do estado, anteontem, na Rede TV!. Questionado sobre a ação de milícias, o governador Sérgio Cabral disse ter sido elogiado pelo deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), relator da CPI que investigou as máfias. Mas Freixo, que estava na plateia, o desmentiu no intervalo e foi hostilizado por peemedebistas. (Págs. 1 e País, 2)

O Globo



Só agora o governo vai punir Erenice por não revelar bens

Mais um envolvido no escândalo de tráfico de influência deixa Casa Civil

Somente após demitida sob suspeita de participação no suposto esquema de tráfico de influência comandado por seu filho, a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra foi punida pela Comissão de Ética da Presidência. Por não ter apresentado, quando assumiu o cargo, em março, documentos sobre a evolução de seu patrimônio e a relação de parentes que trabalham ou têm negócios com o governo, ela foi advertida ontem com uma "censura ética", que pode dificultar sua contratação em outros órgãos públicos. A Declaração Confidencial de Informações, cobrada dela pelo menos duas vezes, é uma exigência do Código de Conduta da Alta Administração Federal. Só ontem foi divulgado que Erenice a desrespeitava. Mais um funcionário da Casa Civil deixou o cargo: Stevan Knezevic, também acusado de ligação com a empresa de Israel Guerra. (Págs. 1, 3 e 4)

A pressa de Lula

Para tentar reduzir o desgaste de Dilma Rousseff, Lula tomou a decisão de demitir Erenice Guerra em cinco dias, uma rapidez que ele não adotou em casos anteriores. No escândalo do mensalão, Lula demorou dez dias para demitir José Dirceu. E Palocci ganhou sobrevida de quase 20 dias no caso Francenildo. (Págs. 1 e 3)

Cabral vê desafio na Educação

O governador Sérgio Cabral (PMDB), candidato à reeleição, atribuiu a "trinta anos de abandono" o desempenho da Educação no Estado. Ao ser sabatinado por editores e leitores do GLOBO, ele prometeu ampliar as UPPs e mandou um recado aos aliados: "Meu governo não é governo de consolo para ninguém." (Págs. 1, 18 e 19)

Lindberg Farias (PT) lidera, segundo o Ibope, a disputa ao Senado no Rio. (Págs. 1 e 17)

Prosa & Verso

Candidatos à Presidência revelam obras marcantes em sua formação e analistas comentam fonte ideológica das campanhas. (Pág. 1)

Cai a cúpula da Polícia Rodoviária

PRF é suspeita de liberar veículos em situação irregular na Via Dutra. Juiz tira a PF do caso

A Justiça Federal afastou a cúpula da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio, suspeita de corrupção ao liberar veículos em situação irregular na Via Dutra. Foi decretada a prisão de três integrantes da quadrilha, que seria comandada por Marcelo Lessa, policial e chefe da fiscalização licenciado, além de candidato a deputado federal pelo PR. Mesmo foragido, Lessa escrevia mensagens no microblog Twitter. Acusada de vazar a informação que permitiu a fuga de Lessa, a PF foi afastada do caso. À noite, duas pessoas foram presas por policiais civis. (Págs. 1 e 23)

País tem pior evasão escolar do Mercosul

O Brasil tem a maior taxa de abandono do ensino de nível médio entre os países do Mercosul: 10%, contra 7% na Argentina, 6,8% no Uruguai, 2,9% no Chile, 2,3% no Paraguai e 1 % na Venezuela. (Págs. 1, 20 e 21)



Folha de S. Paulo



Filho de Erenice ’nomeou’ amigos para a pasta de Dilma

Ex-diretor dos Correios diz que sobrinho foi indicado por Israel Guerra

O filho de Erenice Guerra, ex-braço direito de Dilma Rousseff, indicou amigos para a Casa Civil quando a pasta era chefiada pela candidata do PT à Presidência.

Israel Guerra, Vinicius Castro e Stevan Kanezevic, que trabalharam juntos na Anac, são apontados como o "grupo de lobby" que usava a empresa privada Capital Consultaria para organizar reuniões e liberar recursos no governo federal.

A indicação é confirmada pelo ex-diretor dos Correios Marco de Oliveira, tio de Castro, que conta que o sobrinho, sócio oculto da Capital, usou a mãe como laranja para abrir a empresa.

Erenice e Castro perderam os cargos após reportagens mostrarem tráfico de influência na Casa Civil.

O advogado de Israel não respondeu a ligações. Castro e Kanezevic não foram localizados. (Págs. 1 e Esp. 1)

Em comício em Juiz de Fora, o presidente Lula disse que a Imprensa "inventa coisas" contra ele. (Págs. 1 e Esp. 4)

Lula assinará MP do esporte que dará mais poder ao Estado

O presidente Lula assinará, na segunda, medida provisória que dá ao governo mais poder sobre o esporte no país. De financiador, o Estado passará a coordenador de plano nacional voltado para a Olimpíada-2016.

Segundo o ministro do Esporte, Orlando Silva, a atuação do governo vinha sendo "tímida". Ele nega que as confederações percam autonomia. (Págs. 1 e D8)

Cresce vantagem petista no Senado

Pesquisa Datafolha em sete Estados e no DF revela crescimento dos candidatos do PT ao Senado na reta final da eleição de outubro.

No Rio, Lindberg Farias abriu nove pontos de vantagem sobre o terceiro colocado, Cesar Maia (DEM). O líder é Marcelo Crivella (PRB).

No RS, Paulo Paim empatou com Germano Rigotto (PMDB), antes oito pontos à frente. Em MG, Fernando Pimentel subiu. (Págs. 1 e Esp. 9)

Brasil pratica uma das mais altas tarifas de luz no mundo

Não é só a tributação que faz a conta de luz no Brasil ser tão cara. Especialistas atribuem o valor a sistema instaurado por FHC e mantido por Lula, que privilegia suposta competição em vez de custos de geração e distribuição. O governo federal culpa o ICMS estadual.
Segundo o BNDES, a tarifa de energia no Brasil custa em média R$ 0,350/kWh. Nos EUA, R$ 0,137. (Págs. 1 e B1)

Cadeirinha vai ser obrigatória em van escolar

O presidente do Contran, Alfredo Peres da Silva, disse que a cadeirinha para transportar crianças menores de sete anos e meio também será obrigatória em vans escolares, relata Fernanda Bassette. A definição da data, porém, ainda depende de regulamentação. (Págs. 1 e C1)

OAB de SP quer que Bienal censure trabalho polêmico

A OAB-SP quer que desenhos do artista Gil Vicente sejam retirados da Bienal, que começa no dia 25. Eles retratam o artista atentando contra políticos como Lula e FHC. Para Vicente, não há incitação à violência; Agnaldo Farias, curador da mostra, vê censura. (Págs. 1 e A8)

Boa notícia

EUA devolvem ao Brasil obras de arte de Edemar que custam US$ 4 mi. (Págs. 1 e Mercado, B11)

Editoriais

Leia "Oposições no governo", sobre avanço no Datafolha de Antonio Anastasia (PSDB-MG); e "Longe da excelência", acerca de ranking de universidades. (Págs. 1 e A2)

O Estado de S. Paulo



Comissão de ética só agora pune Erenice por esconder parentes

Para órgão, ex-ministra deveria ter declarado possíveis conflitos de interesse ao assumir Casa Civil

Um dia após ser obrigada a pedir demissão por causa das denúncias de tráfico de influência na Casa Civil, a ex-ministra Erenice Guerra sofreu "censura ética" aplicada pela Comissão de Ética PÚblica da Presidência. A censura não foi aplicada em decorrência da. apuração das denúncias, mas porque Erenice, depois que assumiu a Casa Civil, em abril deste ano, deixou de entregar à comissão a Declaração Confidencial de Informações, um documento sobre seu patrimônio e sobre situações que suscitam conflito de interesse, inclusive relativa a familiares. Com isso, escondeu dados a respeito de seus parentes alojados em órgãos públicos. A "punição" não tem efeito prático, não impede Erenice de retomar ao serviço público ou ocupar cargos de confiança. Erenice poderá sofrer uma segunda "censura ética" se ficar comprovado que ela fez ou permitiu que houvesse tráfico de influência na Casa Civil. (Págs. 1 e Nacional A4 e A8)

Mais um pede demissão

O advogado Stevan Knezevic, citado como parte do esquema de tráfico de influência na Casa Civil, deixou ontem seu cargo em órgão vinculado à Presidência. (Págs. 1 e Nacional A8)

Dilma resiste a escândalo e tem dianteira de 26 pontos

Em meio ao escândalo na Casa Civil, Dilma Rousseff (PT) manteve os 51% de intenção de voto na disputa presidencial e venceria no primeiro turno, diz pesquisa Ibope para o Estado e a Globo, Em duas semanas, José Serra (PSDB) oscilou de 27% para 25%, e Marina Silva subiu de 8% para 11%. (Págs. 1 e Nacional A10)

Disputa pelo governo paulista

Geraldo Alckmin (PSDB) chegou a 48%, contra 24% de Mercadante (PT), e venceria no primeiro turno. (Págs. 1 e Nacional A11)

Educação ainda é desafio do País, mostra IBGE

A proporção de brasileiros com ensino superior que se declaram pretos ou pardos dobrou em 10 anos, mas representa um terço do porcentual de brancos graduados. Segundo a Síntese de Indicadores Sociais, do IBGE, o desenvolvimento da educação segue lento. (Págs. 1 e Vida A24)

OAB quer veto a obra de arte polêmica

O presidente da OAB-SP, Luis Flávio Borges D’Urso, pediu que a Bienal retire a série "Inimigos", autorretratos do artista Gil Vicente matando personalidades, como Lula e FHC. Para D’Urso, há "limites". A Bienal vai manter a obra. (Págs. 1 e Cidades C1)

Procura faz Petrobras ampliar oferta de ações (Págs. 1 e Economia B1)

Recenseador é recebido a tiros em Mato Grosso (Págs. 1 e Vida A25)

Fraudes no Amapá não pouparam nem hospitais (Págs. 1 e Nacional A22)

Roberto Romano

O país dos favores

O dinheiro não é do presidente, mas dos contribuintes. O sigilo não é da Receita, mas dos que pagam impostos. O resto é absolutismo. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

José Israel Vargas

Sob o manto da fantasia

Apesar do progresso, a situação da educação no Brasil ainda é dramática. Desenvolvimento pressupõe educação, e o panorama é desolador. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações

Apenas cálculo eleitoral

O que fez Lula defenestrar Erenice foi o temor de que Dilma Rousseff pudesse ser atingida. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense



Planalto tenta apagar os vestígios de Erenice

Um dia após a saída de Erenice Guerra da chefia da Casa Civil, a Presidência da República demitiu mais um funcionário citado nas denúncias de um suposto tráfico de influência que teria a participação de Israel Guerra, filho da ex-ministra. Stevan Knezevics foi exonerado ontem. Ele era amigo de Vinícius Castro, o primeiro servidor a deixar o governo após o escândalo. Os dois teriam ajudado Israel a intermediar benefícios estatais a empresários. Coincidência ou não, Erenice foi punida nesta sexta-feira pela Comissão de Ética do Palácio do Planalto por não ter apresentado sua lista de bens antes de assumir o cargo, em abril. Agora, o currículo funcional dela levará o selo "censura ética". O senador Demostenes Torres (DEM/GO) informou que a Comissão de Constituição e Justiça da Casa também deve abrir investigação sobre o caso - a Polícia Federal e o Ministério Público já iniciaram as apurações. (Págs. 1, 2 a 7 e Visão do Correio, 29)

Caso Roriz

Desempate no STF é polêmico

A divisão de opiniões entre os ministros no caso da Lei da Ficha Limpa pode levar ao empate a votação do recurso do ex-governador, na quarta-feira. As regras para o voto que decidirá o caso não são consenso. (Págs. 1 e 37)

2ª via do título

TRE faz plantão

Os postos da Justiça Eleitoral ficarão abertos hoje e amanhã para atender os brasilienses que perderam o documento. Sem ele, o eleitor não pode votar. (Págs. 1 e 10)

Crime da 113 sul

Polícia pede duas prisões

A Corvida pediu à Justiça a detenção de pessoas citadas no caso do triplo homicídio. Uma delas é Adriana, filha dos Villelas, por envolvimento no crime. A outra, a delegada Martha Vargas, por atrapalhar a investigação. (Págs. 1 e 42)

Retratos do DF

Muito mais casamentos

Patrícia e Geraldo se casaram e integram as estatísticas que fazem do DF a quarta unidade da Federação com a maior média de uniões: 8,1 por mil habitantes. IBGE constata que há cada vez mais matrimônios. (Págs. 1, 14 e 15)

Estado de Minas



Mineiros são os que menos têm filhos depois de cariocas

A população de Minas está vivendo mais, enquanto as famílias diminuem. Pesquisa do IBGE mostra que o estado é o quarto com maior expectativa de vida, 75,1 anos em média. Já a taxa de fecundidade é a segunda menor do país, com média de 1,67 filhos por mulher, atrás apenas do Rio de Janeiro (1,63). A média nacional é de 1,94. (Págs. 1, 21, 22 e Editorial, 10)

O efeito Erenice

O escândalo de tráfico de influência envolvendo a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra derrubou mais um. Advogado, que seria sócio de filho dela, deixa o cargo no Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). Comissão de Ética da Presidência aprova abertura de processo contra Erenice.

Na mira da PF

Agentes farão pente-fino em contratos que tenham sido intermediados por filhos da ex-ministra. (Págs. 1 e 3 a 6)

Hélio Costa e Anastasia pedem voto no interior

Tucano comemora subida nas pesquisas em visita à Zona da Mata. Peemedebista, que esteve no Centro-Oeste do estado, admite pela primeira vez empate técnico. (Págs. 1 e 9)

Capitalização

Petrobras dobra volume de lote adicional de ações. (Págs. 1 e 17)

Saúde

A cada hora, uma pessoa descobre ter câncer de pele

Instituto Nacional do Câncer projeta 8,7 mil casos em Minas este ano. Campanha vai orientar população em BH no fim de semana. (Págs. 1 e 23)

Jornal do Commercio (PE)



Preço do lixo acima dos limites do TCE

A prefeitura de Recife assina com a Vital Engenharia, na próxima semana, contrato de R$ 449,88 milhões, por cinco anos, para a coleta de 70% da área da cidade. Este valor é R$ 57 milhões acima do determinado pelo pleno do Tribunal de Contas. (Pág. 1)

Desigualdades raciais na educação caem, mas não o bastante (Pág. 1)

Depois de afastada, Erenice é punida com "censura ética" (Pág. 1)

Cúpula da Polícia Rodoviária Federal no Rio é afastada (Pág. 1)

Zero Hora (RS)



Liminar cria impasse no uso de viaturas e expõe conflito na BM

A pedido da Associação de Cabos e Soldados, juíza de Santa Maria determina que apenas PMs com habilitação especial conduzam veículos do policiamento. (Págs. 1 e 46)

Comissão de Ética enquadra Erenice

Presidência afirma que ex-ministra deixou de prestar informações sobre bens (Págs. 1 e 6)

Datafolha mostra disputa mais acirrada no senado

Ana Amélia lidera pesquisa com 47%, e Germano Rigotto e Paulo Paim estão com 41%, (Págs. 1 e 14)

Fontes: Radiobras - BrasilWiki!


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
BrasilWiki!
São Paulo - SP



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br