Atualizado 10h17 Sexta, 16 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Macunaíma do Estadão

645 acessos - 2 comentários

Publicado em 08/09/2010 pelo(a) Wiki Repórter Johan, Fortaleza - CE



Provocado por ’jose wanderley caversan’ nos comentários do Estadao, que me pediu argumentos no espaço de um comentário no artigo serrista de Dora Kramer, o que no caso dela não seria difícil, me dei o trabalho de fazer um outro artigo, para demonstar cada pseudo-argumento existente na peça de campanha serrista a que se tornou os artigos de Dora Kramer (quem não assitiu a propaganda eleitoral de Serra citando passagens inteiras de um artigo dessa senhora?). Mas vamos ao trabalho...


Ela entitula seu pseudo-artigo de Macunaíma, um rótulo a Lula, plagia a expressão usada já por FHC no Canal Livre da Band, não é mera coincidência ou semelhança. Macunaína é "o herói sem nenhum caráter", e se nessa campanha alguém se mostrou sem nenhum caráter, mudando a cada momento o discurso, foi o Serra. Mas Dora Kramer se deu por satisfeita em apenas repetir, em um contexto tresloucado, uma imagem usada pelo rancoroso-mor da oposição, FHC.


Dora Kramer: "Só porque é popular uma pessoa pode escarnecer de todos, ignorar a lei, zombar da Justiça, enaltecer notórios malfeitores, afagar violentos ditadores, tomar para si a realização alheia, mentir e nunca dar um passo que não seja em proveito próprio? "


Lula, ele é realmente muito popular, mas não na mídia de que ela é paga para transcrever as idéias de seu patrão. Basta ela provar as acusações que ela faz contra o Lula, a não ser que realmente considere que suas palavras tem o poder demiúrgico de criar a realidade.


Dora Kramer: "aquele consenso benevolente que é de uso exclusivo dos representantes dos fracos, oprimidos e ignorantes".


Ou talvez ela prefira aquele consenso malevolente que é uso exclusivo dos representantes dos fortes, opressores e pseudo-jornalistas? Veja bem, ela diz, "fraco, oprimido e ignorante". O preconceito e o desrespeito ao povo brasileiro já alcançou esse cúmulo de esnobismo. Inteligência para ela é defender um ex-presidente que quebrou o país três vezes, ou um candidato a presidente que apresentou como programa de governo meia dúzia de discursos. Sequer tem um programa de governo para o país, um candidato a presidência da República! Na minha faculdade de filosofia responderíamos a Dora Kramer cintando Spinoza que dizia que a ignorância não é argumento, principalmente num insulto aonde afirma ignorância alheia.


Dora Kramer: "Para compor a cena, oponentes tíbios, erráticos, excessivamente confiantes, covardes diante do adversário atrevido"


Tíbio? Pode até ser errático ou excessivamente confiante. Mas tíbio!? Será que ela sabe o que é tíbio? Se fosse pessimista teria mais chances!? Covarde? A baixaria sempre foi defendida pelas midias filiadas ao Instituto Millenium (PIG). Serra entrou na toada, mesmo contra a vontade, e saiu perdendo. Ela agora reclama por Serra não ter feito aquilo que nas últimas semanas ele fez desesperadamente: atacar. Agora reclama sonsamente de Serra para não ter que admitir que a estratégia da baixaria defendida pelo Instituto Millenium(PIG) foi um retumbante fracasso.


Dora Kramer: "O ambiente em que o presidente Luiz Inácio da Silva criou o personagem sem freios que faz o que bem entende e a quem tudo é permitido - abusar do poder, usar indevidamente a máquina pública, insultar, desmoralizar"

Ora, ora, Dora, Dora. Que abuso? Porque é tão difícil crer que suas acusações não valem nada se não trouxerem provas? Quem é que a mais de um mês está recozinhando escânda-los depois que não conseguiu emplacar como lulista e que por essa mesma razão recebe uma tonelada de processos de calúnia e difamação? O que exatamente, nos diga, com fatos, o que exatamente ele abusou? Repetindo o Serra, se faz de oprimida, mesmo depois de debochar dos representantes dos oprimidos.


Dora Kramer: "Da covardia dos que se calam com medo das patrulhas.
Do despeito dos ressentidos.
Do complexo de culpa dos mal resolvidos.
Da torpeza dos oportunistas.
Da pusilanimidade dos neutros.
Da superioridade estudada dos cínicos.
Da falsa isenção dos preguiçosos.
Da preguiça dos irresponsáveis."


Que patrulha!? os protestos bem humorados no Twitter contra m oligopólio midiático faccioso e conservador que apoiou o golpe militar de 64? Que ressentido, um ex-presidente escondido pelo próprio partido? Que complexo de culpa, daqueles que quebraram o país 3 vezes? Que oportunista, daquele tucano que virou lulista? Que neutralidade, a daquele que nem é contra, nem a favor, muito pelo contrário? Que cinismo, daqueles que entragaram o país em plena crise em 2002 e hoje se dizem os verdadeiros responsáveis das bonanças do país 8 anos depois? Que falsa isenção, a do jornalismo pró-serrista? ’Preguiça dos irresponsáveis’, essa é nonsense demais...

Dora Kramer: "Ocorre que faz isso usando exclusivamente argumentos político-eleitorais. Em nenhum momento até agora o presidente se mostrou preocupado com o fato de sabe-se lá quantas pessoas terem tido seus sigilos violados e seus dados cadastrais abertos por funcionários da Receita sabe-se lá por quê".


O que seria um argumento não-político e não-eleitoral do Serra? O do Lula com certeza seria fazer declarações que favorecessem o Serra e prejudicassem Dilma? O caso do sigilo surgiu em setembro de 2009, e quantas vezes a Dora Kramer fez naquele momento artigos tão indignados? Ela, motivada pelo rancor de não ter provocado o estrago eleitoral que almejava, sobretuto porque foi cúmplice em horário eleitoral da farasa, agora esperneia para todos os lados. Serra entrou a contra gosto na baixaria do Instituto Millenium, e saiu pior do que entrou. Vai levar uma surra eleitoral homérica sem paralelo na história mundial para um político nacionalmente conhecido. Será o fim melancólico da vida política desse cidadão sem nenhum caráter.


E mesmo tendo servido ao feudos midiáticos entrando na tática do medo e depois na tática da baixaria, sequer é poupado. Será humilhado nas urnas e nas mídias em que serviu, sendo tratado como tíbio, errático e excessivamente confiante. Porque eles nunca estão errado, apenas o seu servo político, Serra, foi que errou - foi que não esteve a altura do papel óbvio que defendiam para que ele atuasse. Como eu já disse um outro artigo, no final das contas o mínimo de crítica que Serra receberá do Instituto Millenium por tê-lo servido, é ser acusado de antipático.


Mas a internet, em sua revolução imanente e na sua irresistível expansão, conduzirá esses corvos para derrotas seguidas nas urnas e futuramente para a extinção.

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100908/not_imp606622,0.php#noticia


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Johan
Fortaleza - CE



Comentários
01
Reporte abuso
Johan
Fortaleza 11/09/2010

Pois é, será que a Mirna irá fazer um outro artigo dizendo "Fidel declara que reporter deturpou suas palavras"? rs


 
02
Reporte abuso
luizsorrab
são bernardo do campo 10/09/2010

Olha Johan, sei que vc já me explicou o caso do socialismo de mercado. Preciso reler. Agora saiu em http: / / br.reuters.com / article / topNews / idBRSPE6890KU20100910 o que Fidel quiz realmente dizer. Dai será até qdo que a esquerda deva dar entrevistas para Estadão e cia. Vale a pena? A Mirna vai...Ñ vai


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br