Atualizado 23h33 Sábado, 17 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Serra (39%)- Dilma (38%): empate técnico

405 acessos - 0 comentários

Publicado em 02/07/2010 pelo(a) Wiki Repórter BrasilWiki!, São Paulo - SP



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, SEXTA-FEIRA, DIA 2 DE JULHO DE 2010.

Jornal do Brasil


O vice incômodo

Desgastado pela repercussão desfavorável da escolha do deputado Índio da Costa (DEM-RJ) para seu vice, o candidato do PSDB, José Serra, esquivou-se ontem de falar sobre o companheiro de chapa. Índio é o quarto deputado mais faltoso entre os 46 do Rio. Ele se ausentou em 175 das 601 sessões da atual legislatura - 29%, para média de 19% dos parlamentares. Na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, foi só a 112 das 332 sessões - as faltas chegam a 66%. Índio é um dos cinco deputados do Rio que mais usaram verba indenizatória: R$ 734 mil - R$ 414 mil só em "divulgação e consultorias". (Págs. 1 e Tema do dia A2 e A3)

Senador conquista brecha no Ficha Limpa

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou o registro de candidatura ao senador Heráclito Fortes (DEM-PI), condenado em primeira e segunda instâncias pela Justiça do Piauí, em ação popular. (Págs. 1 e País A4)

Volume de importação tem recorde no semestre

A economia aquecida levou as importações do país a um patamar recorde num primeiro semestre. As compras no exterior (US$ 81,3 bi) tiveram aumento de 43,9% sobre o mesmo período de 2009. (Págs. 1 e Economia A17)

Descobertos os genes da vida longa

Cientistas identificaram em mais de mil idosos variações genéticas capazes de prever, com 77% de acerto, se uma pessoa vai viver mais de 100 anos. (Págs. 1 e Vida, Saúde & Ciência A24)


O Globo

Importações disparam e a balança comercial desaba

Superávit do país no primeiro semestre é o mais baixo em oito anos

Com o forte aquecimento da economia do país e o real valorizado, as importações bateram recorde fazendo a balança comercial registrar no primeiro semestre um tombo de 43,7% no superávit, em relação ao mesmo período do ano passado. A diferença entre exportações e importações de janeiro a junho caiu para US$ 7,8 bilhões, ante US$ 13,9 bilhões no primeiro semestre de 2009, no pior saldo comercial desde 2002. As compras no exterior foram puxadas pela alta de 49% nos bens de consumo, com destaque para automóveis (72,3%) e eletrodomésticos (122%). Para economistas, a disparada das importações mostra que a economia está superaquecida, o que pode provocar mais inflação. A forte queda do superávit também piora o déficit externo, tomando o Brasil mais vulnerável. (Págs. 1, 27 e Míriam Leitão)

STF abre brecha que ameaça Ficha Limpa

Liminar do ministro Gilmar Mendes, do STF, abriu brecha para contornar a Lei da Ficha Limpa. Ele suspendeu condenação em 2ª instância de Heráclito Fortes (DEM-PI), permitindo que o senador se mantenha candidato até julgamento do mérito do recurso. (Págs. 1 e 15)

Serra vai sozinho a debate

Tucano critica política agrária e ausência de adversárias

O presidenciável José Serra (PSDB), único a comparecer ao debate promovido pela Confederação Nacional de Agricultura (CNA), criticou o financiamento público do MST. "Muitos assentamentos são mantidos por cestas básicas, o que é uma ironia", disse. Mais descontraído do que o habitual, ele "aconselhou" o seu vice, Índio da Costa, que estava na plateia, a ter cuidado com eventuais amantes: "Tem que ser uma coisa discreta." (Págs. 1 e 3)

Operação tapa-buraco eleitoral

A cinco dias do início da campanha, o governo Sérgio Cabral homologou licitação para tapar buracos em todo o estado. (Págs. 1 e 10)

Folha de S. Paulo

Serra e Dilma mantêm empate

Datafolha mostra tucano com 39% e petista com 38%; Marina Silva, do PV, está com 10% das intenções de voto

José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) permanecem empatados na corrida presidencial, mostra o Datafolha. O tucano tem agora 39%. A petista oscilou para 38%.

Como a diferença está na margem de erro da pesquisa - de dois pontos percentuais -, há empate técnico entre Serra e Dilma. Marina Silva (PV) está com 10%.

Para o levantamento, foram entrevistados 2.658 eleitores ontem e anteontem em todo o país. Em maio, Serra e Dilma tinham 37% cada um. Marina, 12%.

A exposição do tucano no mês passado levou à manutenção do cenário -50% afirmaram ter visto propaganda de Serra. Em maio, foram 29%. (Págs. 1, A4 e A6)

Análise

Se imperasse o determinismo econômico em eleição, era de esperar que a candidata da situação estivesse a ponto de liquidar a fatura no primeiro turno. Mas o jogo que definirá a sucessão de Lula, apesar da maré muito favorável da economia, ainda não está jogado, escreve Vinicius Mota. (Págs. 1 e A6)

Lula, 78%, e Dunga,69%, obtêm recorde de aprovação

Pesquisas do Datafolha mostram que tanto o presidente do Brasil quanto o técnico da seleção brasileira, alcançaram popularidade recorde nas suas gestões.

O governo de Lula é considerado ótimo ou bom por 78% dos brasileiros; eram 76% na pesquisa anterior.

Dunga é aprovado por 69% dos entrevistados, salto de 20 pontos ante seu índice em maio. (Págs. 1, A7 e D13)

Educação tem melhora, mas fica aquém do patamar de 95

O Ideb, índice do governo que define o desempenho de alunos em português e matemática, mostrou melhoria significativa nos primeiros anos do ensino fundamental de 2005 a 2009.

O ritmo do avanço, porém, não se repetiu no nível médio. O progresso ainda é insuficiente para superar o patamar de 1995, quando o MEC começou a avaliar a educação básica. (Págs. 1 e C1)

Filho de Sarney admite agora ter conta na Suíça

O governo brasileiro pediu à Suíça que classifique como criminal bloqueio administrativo de US$ 13 milhões de Fernando Sarney. Pela primeira vez, o empresário admitiu ter dinheiro lá. Advogado afirmou que a origem é lícita. (Págs. 1 e A11)

Boa notícia: Emissão de dióxido de carbono estaciona pela 1ª vez desde 92 (Págs. 1 e A16)

Editoriais

Leia "Custos da burocracia", sobre entraves cartoriais que emperram a economia; e "Propaganda civilizada", acerca de nova etapa da lei Cidade Limpa. (Págs. 1 e A2)

O Estado de S. Paulo

Gilmar Mendes concede 1ª liminar contra Ficha Limpa

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes concedeu liminar que suspende os efeitos da Lei da Ficha Limpa para Heráclito Fortes (DEM-PI). O senador poderá se candidatar em outubro, apesar de existir contra ele uma condenação pelo Tribunal de Justiça do Piauí por condutas supostamente lesivas ao patrimônio público. De iniciativa popular, a lei, que está em vigor desde o mês passado, torna inelegíveis os já condenados pela Justiça. A decisão de Mendes deve provocar uma corrida de políticos barrados ao STF. O prazo para registro de candidaturas termina na próxima segunda-feira. (Págs. 1 e Nacional A4)

Serra desafia Dilma

Após o fim da crise com o DEM pela escolha do candidato a vice, o presidenciável José Serra (PSDB) voltou a desafiar ontem Dilma Rousseff (PT) para o debate. (Págs. 1 e Nacional A8)

Sindicatos pressionam por mínimo de R$ 570

Em clima eleitoral, as centrais sindicais começam a pressionar Congresso e governo para garantir um salário mínimo de R$ 570 em 2011. O assunto está em discussão na Comissão de Orçamento. O Ministério do Planejamento propõe elevar o mínimo de R$ 510 para R$ 535,91. (Págs. 1 e Economia B1)

R$ 550
É o valor proposto pelo relator do Orçamento, senador Tião Viana (PT-AC)

Ideb mostra ensino médio estagnado no Brasil

A qualidade do ensino no Brasil melhorou, mas está longe da que é encontrada em países desenvolvidos, mostra a segunda edição do índice de Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação. Numa escala de 1 a 10, estudantes do ensino médio alcançaram 3,6 - 0,1 a mais do que em 2007. Alunos dos anos iniciais e de anos finais tiveram desempenho 4,6 e 4,0. qs indicadores estão acima da meta estabelecida. O objetivo é alcançar Ideb 6 até 2021, mas, segundo especialistas, para cada novo degrau o esforço será maior. (Págs. 1 e Vida A18)

Berlusconi foi a festa folclórica, diz assessoria

A assessoria de Silvio Berlusconi classificou a "pole dance" como "típico folclore" brasileiro. A nota foi uma resposta à notícia divulgada pelo Estado sobre a festa privê do premiê italiano com dançarinas em SP. (Págs. 1 e Internacional A13)

EUA patrocinam reunião entre Israel e Turquia (Págs. 1 e Internacional A12)

Balança comercial tem pior resultado desde 2002 (Págs. 1 e Economia B8)

Notas & Informações: Missão quase impossível

Serra tem de provar que não é verdade que oposição não ganha eleição; governo é que perde. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense

MPU abre 593 vagas e paga até R$ 6,5 mil

Além de oferecer cargos de níveis médio e superior, Ministério Público da União fará cadastro reserva e pode nomear 2.000 aprovados. A concorrência está acirrada. Em apenas um curso preparatório, há 90 turmas para a seleção. (Págs. 1 e 13)

Fica tudo para 2011

Governo suspende projeto de reestruturação de cargos e salários do funcionalismo (Págs. 1 e 12)

Confusão nas eleições dura até agosto

TSE vai reavaliar os limites impostos à participação de presidenciáveis nas campanhas estaduais. Mas a decisão sairá somente após o recesso do Judiciário. (Págs. 1, 2, 3, 25 e 26)

Rosso admite reajuste para os ônibus (Págs. 1 e 28)

Vida longa

Cientistas afirmam que os genes são os responsáveis pela capacidade de pessoas viverem mais de 100 anos (Págs. 1 e Ciência, 24)

EUA debatem o fim da internet (Págs. 1 e Tecnologia, 22)

Valor Econômico

Desaquecimento já atinge também países emergentes

Os países emergentes, puxados pela China, que vinham sustentando a recuperação mundial, começam a dar sinais de desaceleração e a ressuscitar os temores de que a economia global pode enfrentar uma nova fase de baixo crescimento ou mesmo recessão. Índices de gerentes de compra na China, Índia, Coreia do Sul, Taiwan e Austrália indicam que a rápida expansão do primeiro trimestre perdeu fôlego. No Brasil, a produção industrial não cresceu entre abril e maio.

O primeiro sinal de amortecimento da economia veio da China, com o índice do HSBC, que declinou de 52,7 para 50,4 - acima de 50, ele indica crescimento. Na Coreia do Sul, o termômetro dos gerentes de compra chegou ao menor nível desde dezembro de 2009. Na África do Sul, sede da Copa, o índice caiu abaixo dos 50 pontos, apontando uma contração que não ocorria há oito meses. (Págs. 1 e A13)

A crise é uma ’bênção’ para a Europa

Está em curso na Europa "a oportunidade única, imposta pela disciplina do mercado, para que se implementem importantes ajustes em uma espécie de refundação fiscal do euro", escrevem os economistas Octávio de Barros e Javier Santiso. Em sua opinião, o euro "se fortalecerá mais cedo do que muitos imaginam". Enfim, para uma Europa considerada "irreformável", a crise é uma espécie de "bênção disfarçada", da qual o Estado do bem-estar social poderá ressurgir em novo formato e fortalecido. No Brasil, com exportações crescentes para a Ásia, as repercussões da crise europeia deverão ser "relativamente modestas".

Leia também perfis do jovem pianista e compositor André Mehmari e do parceiro de Noel Rosa, Oswaldo Gogliano, o Vadico, que faria cem anos em 2010, como o poeta da Vila. (Págs. 1 e Eu & Fim de Semana)

Foto legenda: Emergentes do varejo

Luiz Carlos Batista, da Insinuante, Erivelto Gasques, da City Lar, e Ricardo Nunes, da Ricardo Eletro: triunvirato criado a partir da união de varejistas gera expectativas no mercado pelo formato inovador de negócio, em que as redes regionais mantêm relativa independência. (Págs. 1 e B6)

INSS cobra diferença de contribuição

A Previdência Social publicou nesta semana nova tabela do INSS para atualizar os valores das contribuições sociais a serem descontadas dos trabalhadores. A medida já era esperada em razão da correção do salário mínimo e das aposentadorias no fim do ano passado por medida provisória, convertida em lei em junho. No entanto, a retroatividade dos novos valores a janeiro deste ano foi uma surpresa. Imaginava-se que o pagamento das diferenças seria cobrado apenas a partir da publicação da nova lei.

Especialistas afirmam que, apesar de os empregadores não arcarem com a atualização - que cabe ao trabalhador -, na prática a medida traz uma série de complicações para eles, que devem fazer o recálculo das diferenças a serem descontadas da folha de salários desde o início do ano e retificar declarações. Outro problema é o de funcionários já demitidos e de serviços prestados por avulsos. (Págs. 1 e E1)

TI tem grande desempenho no semestre

Ainda mais acelerado que o setor industrial como um todo; que deve fechar o primeiro semestre com alta próxima de 16,5%, o segmento de tecnologia da informação chega a julho com resultados vistosos. Números preliminares obtidos pelo Valor apontam que empresas e governo gastaram R$ 24,3 bilhões com tecnologia no semestre, quase 20% mais que no mesmo período de 2009. Além do aumento da renda e da oferta de crédito, da inadimplência estabilizada e da perspectiva de crescimento do PIB de 7,3% no ano, também contribuiu para o desempenho a retomada das encomendas pelas empresas, que tinham adiado a renovação dos equipamentos no ano passado. As compras do governo e a expansão da demanda na classe C também tiveram influência no resultado.

O interesse das empresas pela renovação da infraestrutura também favoreceu o mercado de software, que encerrou o semestre com crescimento de 20%, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). De maneira geral. Os contratos de software aumentaram a partir de março. Tradicionalmente, esse é o período de menor volume de vendas e resultados, sempre inferior ao quarto trimestre do ano anterior. (Págs. 1 e B3)

Diageo tapa, com uísque, buraco em fundo de pensão (Págs. 1 e B9)

’Testes de estresse’ vão exigir mais € 30 bi para bancos europeus (Págs. 1 e C8)

Investimentos em Pernambuco

O governo de Pernambuco anuncia hoje a chegada de 17 novas indústrias ao Estado. Juntas, vão investir cerca de R$ 300 milhões e criar mais de 3 mil empregos diretos. (Págs. 1 e A5)

Fé nos ’maduros’

Indústrias farmacêuticas investem em marketing para manter em evidência antigos campeões de vendas que não têm a patente protegida. (Págs. 1 e B1)

Segredo da longevidade

Cientistas da Universidade de Boston descobriram um traço genético da longevidade ao analisar o DNA de pessoas com mais de cem anos. A ideia é disponibilizar testes gratuitos para identificar esses genes. (Págs. 1 e B2)

Expansão da Panvel

A rede de farmácias gaúcha Panvel, também proprietária do laboratório Lifar, vai entrar no mercado de "cosmecêuticos" com marca própria - a empresa já produz para terceiros. Em 2011, a rede também chega ao Paraná, diz Julio Mottin Neto. (Págs. 1 e B5)

Ex-sócio leva Cobra à Justiça

Ex-sócio da espanhola Cobra demanda na Justiça parte do dinheiro obtido com a venda de sete linhas de transmissão no Brasil. O valor em disputa pode ultrapassar os R$ 450 milhões. (Págs. 1 e B7)

Preço do trigo vai ao Judiciário

A Federação da Agricultura do Paraná (Faep) vai recorrer à Justiça contra portaria do Ministério da Agricultura, publicada ontem, que reduziu em 10% o preço mínimo para o trigo. (Págs. 1 e B12)

BC mira tarifa de cartões

O Banco Central passará a regular a cobrança de tarifas pelas empresas de cartões de crédito, por meio de alteração na Resolução 3.518 do CMN, que trata de tarifas bancárias. Pouco mais de dez cobranças deverão permanecer. (Págs. 1 e C1)

Aposta em energia renovável

Começa hoje a reserva de ações da Renova, geradora com foco em fontes renováveis de energia. A oferta, paralisada em março por conta das más condições do mercado, poderá movimentar até RS 229 milhões. (Págs. 1 e D2)

Ideias

Cláudio Couto

Celeuma armada pelo PSDB em torno do vice de José Serra é o maior erro cometido até agora na campanha tucana. (P´gs. 1 e A6)

Ideias

Márcio Garcia

BC do Chile tem muito mais autonomia operacional que o do Brasil, e ela se estende além das metas de inflação. (Págs. 1 e A15)

Estado de Minas

O dia D de Dunga

Partida contra a Holanda, às 11h, é a mais decisiva da Seleção Brasileira sob o comando do treinador gaúcho. Uma vitória praticamente sela o passaporte canarinho para a final da Copa, uma vez que o próximo adversário, Uruguai ou Gana, é tecnicamente mais fraco que a Laranja Mecânica. O desafio será furar a defesa holandesa caso os rivais joguem da mesma maneira que Dunga gosta de ver o Brasil atuar: nos contra-ataques. Se cumprirem a ameaça de ir para cima da Seleção, o risco de virarem suco cresce. E o caminho para o hexa pode ficar mais fácil. (Pág. 1)

Novo viaduto das almas vai engolir mais R$ 14 milhões

Adiada por seis vezes, a inauguração do elevado que substituirá a macabra ponte em curva na BR-040 sofrerá novo atraso e só deve ocorrer no próximo governo. O Dnit descobriu que a montanha rasgada pela variante de acesso ao novo pontilhão ameaça desabar. Será preciso eliminá-la ou retirar grande parte da encosta, ao custo de R$ 14 milhões, 70% dos R$ 19,5 milhões investidos na variante. Outros R$ 20 milhões foram gastos para erguer o viaduto. (Págs. 1 e 23)

Concurso: MPU abre 593 vagas com salários que chegam a R$6,5 mil

As inscrições vão de 7 a 30 deste mês. Provas serão em setembro. (Págs. 1 e 14)

Ficha limpa: Decisão no STF dá a condenado direito de disputar eleição

Sentença contra senador do Piauí é suspensa até julgamento de recurso. (Págs. 1 e 3)

Jornal do Commercio (PE)

De olhos bem abertos

Daniel Alves fita a bola com a atenção que o Brasil precisa ter contra a Holanda. Ele substituiu Elano outra vez e se consolida como o 12º jogador de Dunga. Técnico espera jogo aberto e boa briga pela vaga nas semifinais. (Pág. 1)

Enchente arrasou os sistemas de saúde

Hospital de Palmares foi destruído, houve perda total em 18 postos de 12 municípios e danos em 41 unidades de mais nove cidades. (Pág. 1)

Estupro na UFPE (Pág. 1)

Polo naval (Pág. 1)

Zero Hora (PE)

Ensino Médio está estagnado, alerta estudo do MEC

Entre 2005 e 2009, índice da etapa anterior à universidade subiu só de 3,4 para 3,6, enquanto o das séries iniciais avançou de 3,8 para 4,6. (Págs. 1, 30 e Rosane de Oliveira, 10)

Rigor à prova: Justiça expõe brecha da Lei da Ficha Limpa

Recurso para Heráclito Fortes (DEM-PI), que seria barrado, pode encorajar outros condenados. (Págs. 1 e 6)

Remanejo: Interdições tentam aliviar os presídios

Juiz restringe o uso dos albergues do semiaberto à progressão de presos do regime fechado. (Págs. 1 e 40)

Batalha do voto: Eleições no RS têm quase mil candidatos

Batalhão dos que tentam o parlamento influencia as forças em disputa pelo Piratini. (Págs. 1, 4 e 5)


Fontes: Radiobras-BrasilWiki!


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
BrasilWiki!
São Paulo - SP



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br