Atualizado 23h33 Sábado, 17 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

Dado de dossiê contra tucano saiu da Receita Federal

577 acessos - 0 comentários

Publicado em 19/06/2010 pelo(a) Wiki Repórter BrasilWiki!, São Paulo - SP



DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, SÁBADO, DIA 19 DE JUNHO DE 2010.


Jornal do Brasil



Dengue: Rio em alerta

Tipo 1 da doença reapareceu, mas estado está preparado

O reaparecimento do tipo 1 da doença no estado do Rio foi confirmado ontem pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão. A variante da doença estaria erradicada desde 1990, mas foi reintroduzida na região, de acordo com o ministro. O risco de disseminação, no entanto, ainda é reduzido. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o governo está atento ao problema e preparado para atacá-lo. (Págs. 1 e Cidade A7)

Morre, aos 87 anos, José Saramago

O mundo chora a perda do escritor português José Saramago, ganhador do Prêmio Nobel em 1998, que morreu ontem após sofrer com leucemia. (Págs. 1 e Tema do dia A2 e A3)


O Globo

A partida do Nobel português

Morre José Saramago, que fez da vida e da literatura instrumentos de indignação

O escritor José Saramago, único Nobel de Literatura da língua portuguesa, morreu ontem, aos 87 anos, na ilha de Lanzarote, Espanha, onde morava desde 1992, quando rompeu com Portugal por causa da censura ao romance "O Evangelho segundo Jesus Cristo". Apesar das divergências, o escritor, que fez da crítica social um dos motores de sua obra, será velado e cremado em Lisboa. (Págs. 1 e 22 a 24)

Acidente no Golfo aumenta rigor no Brasil

A Agência Nacional do Petróleo informou que poderá adotar novas regras para evitar acidentes como o da BP, nos EUA. (Págs. 1 e 27)

Rio é estado onde Lei Seca teve mais efeito

Redução de mortes foi 5 vezes maior do que a média nacional

Um balanço divulgado ontem pelo Ministério da Saúde mostra que o número de mortes em acidentes caiu 32% no Estado do Rio nos últimos 12 meses após a regulamentação da Lei Seca. A redução chega a ser o dobro de alguns estados e cinco vezes maior do que a média nacional, que ficam em 6,2%. No Rio foram poupadas 694 vidas, contra 2.302 no país inteiro. O ministro José Gomes Temporão disse que o Twitter que informa os locais das blitzes "não adianta nada". (Págs. 1 e 16)

Charge Chico

Entreouvido em Paris

- Te cuida, Carla Bruni!

Folha de S. Paulo

Saramago, vencedor do Nobel, morre aos 87

Corpo do escritor, que tinha leucemia, será cremado amanhã; Portugal decreta luto

José Saramago, único escritor de língua portuguesa a receber o Nobel de Literatura, morreu aos 87 anos na ilha espanhola de Lanzarote, para onde se mudara em 1993, relata Ranier Bragon, enviado especial a Lisboa.

Segundo comunicado, o português, que tinha leucemia, morreu "em conseqüência de múltipla falha orgânica". Seu corpo chega hoje a Lisboa e será cremado amanhã. Portugal decreta luto oficial de dois dias. (Págs. 1 e Caderno Especial)

Dado de dossiê contra tucano saiu do fisco

Documento aos quais a Folha teve acesso comprovam que os dados fiscais utilizados no dossiê contra o vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, saíram da Receita.

O formato dos documentos é exclusivo da Receita, informa Leonardo Souza.

Procurada desde o início da semana, a Receita Federal não se manifestou. (Págs. 1 e A12)


Justiça veta inserções do PSDB com Serra

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Aldir Passarinho Júnior suspendeu inserções do PSDB que seriam transmitidas neste mês com o candidato do partido à Presidência, José Serra, como destaque. O partido havia sido feito pelo PT.

O PSDB vai substituir as inserções. O ministro do TSE permitiu a troa desde que os anúncios se limitem à proposta política tucana.

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Aldir Passarinho Júnior suspendeu inserções do PSDB que seria transmitidas neste mês com o candidato do partido à Presidência, José Serra como destaque. O partido havia sido feito pelo PT.

Advogado afirmou que a sigla vai se defender da acusação de propaganda antecipada. (Págs. 1 e A10)

Boa notícia

Total de mortes no trânsito cai 6% com lei seca

Nos 12 meses seguintes à implantação da lei seca, em 2008, o número de morte em acidentes de trânsito caiu 6,2%, mostrou balanço do Ministério da Saúde. O Sudeste teve a maior queda (10,6%). Destaque para o Rio (32%). (Págs. 1 e Cotidiano 2)

Cláudio Weber Abramo

Falta de atenção ao Legislativo gera círculo vicioso

A atenção à eleição presidencial tende a fazer o eleitor descuidar da votação para o Legislativo. Essa falta de cuidado contribui para a baixa qualidade das Casas, o que alimenta a baixa estima da população e reforça o desinteresse. (Págs. 1 e A14)

Editoriais

Leia "Jogo travado", acerca dos debates entre candidatos à Presidência; e "Clima nas cidades", sobre os efeitos das mudanças ambientais. (Págs. 1 e A2)

O Estado de S. Paulo

Língua portuguesa perde uma de suas vozes universais

Saramago, que não gostava de ponto final, teve existência mareada pela revisão constante de suas posições políticas, inquietação que se refletiu em sua obra. (Pág. 1)

Oi pede a Lula ’blindagem’ contra investida estrangeira

Parte da ’supertele’ brasileira, empresa agora quer ajuda para impedir que Portugal Telecom adquira seu controle

A Oi pediu ajuda ao governo ante uma possível investida da Portugal Telecom para obter o controle da companhia. Em reunião que durou duas horas e meia, anteontem, o presidente da Oi, Luiz Eduardo Palco, e os sócios privados controladores da operadora, Sérgio Andrade, dono da Andrade Gutierrez, e Carlos Jereissati, dona da La Fonte Telecom, fizeram uma exposição detalhada dos números da empresa ao presidente Lula para ter o apoio estatal. Há 18 meses, a Oi recebeu aval do governo para adquirir a Brasil Telecom (BrT) e criar a "supertele" brasileira, que agora pode ser alvo da operadora portuguesa. O foco da reunião com Lula foi justamente o fortalecimento da Oi/BrT como empresa brasileira, e o presidente teria sido receptivo. (Pág. 1 e Economia, págs. B1 e B4)

Banda larga móvel já é a mais usada no País

Levantamento mostra que já há mais usuários de banda larga móvel (11,9 milhões) que de banda larga fixa (11,8 milhões) no Brasil. O avanço foi impulsionado pelos celulares 3G, que saltaram de 1,5 milhão no primeiro trimestre de 2009 para 8,7 milhões neste ano. O número de conexões com modems 3G dobrou no período, chegando a 3,2 milhões. (Pág. 1 e Economia, pág. B14)

Planejamento tira do ar site com críticas ao governo

Após reclamações de ministros, o Ministério do Planejamento resolveu tirar do ar ontem o recém-lançado Portal do Planejamento, criado para auxiliar a formulação de políticas públicas. O alvo da polêmica é a seção "reflexões críticas", que apontava a falta de resultados em programas do governo. Segundo o ministro Paulo Bernardo, seus colegas alegaram que não tinham sido chamados a discutir as críticas. (Pág. 1 e Nacional, pág. A17)

Ficha Limpa embaralha alianças

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral de vetar a candidatura de condenados antes da Lei da Ficha Limpa embaralhou a montagem dos palanques. No Rio, Anthony Garotinho (PR) deve desistir de candidatura ao governo. No DF, o governador Rogério Rosso (PMDB) decidiu se lançar, já que a candidatura de Joaquim Roriz corre risco. (Pág. 1 e Nacional, pág. A4)

Visão global

Alívio insuficiente

A resposta internacional à decisão de Israel de abrandar o cerco a Gaza foi fria, escreve Ian Black. (Pág. 1 e Internacional, pág. A22)

Claudio J. D. Sales: Royalties do setor elétrico

Todos os setores são onerados pelo peso morto gerado pelo excesso de impostos, mas no elétrico o fenômeno adquire graus inacreditáveis. (Pág. 1 e Economia, pág. B2)

Notas e informações

A ’anistia’ revogada

Com o Ficha Limpa, a posse de mandato já não protegerá criminosos de colarinho branco. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense

PMDB veta Rosso. Roriz por um fio

Executiva do partido rejeita a chapa do governador do DF para disputar a corrida ao Buriti. Procurador impugnará a candidatura de Roriz, com base na Lei do Ficha Limpa, assim que ele se registrar na Justiça Eleitoral. (Págs. 1 e 33 a 35)

Álcool é a maior causa de morte no trânsito

Após dois anos em vigor, a lei seca diminuiu em 17% o número de mortes no trânsito do Distrito Federal. Índice de consumo de álcool é alto entre as vítimas. Em mais da metade dos acidentes fatais, os motoristas estavam embriagados. Pedestres e motociclistas registram taxas semelhantes. (Págs. 1 e 39)

Camisinha vira artigo raro no SUS

Problemas na compra e falta de planejamento na distribuição dificultam acesso a preservativos gratuitos no país. (Págs. 1 e 12)

Governo discute medidas contra as fraudes

Na semana em que a Polícia Federal desmontou uma quadrilha que agia em seleções federais, o Ministério do Planejamento decidiu reforçar a segurança nos processos. Foi criado um grupo para debater métodos de combate à ação de criminosos em todas as etapas, da elaboração à aplicação das provas. (Págs. 1 e 21)

José Saramago

"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é só um dia mais." (Págs. 1, 29, Diversão&Arte, Capa e Pensar especial, págs. 5 a 8)

Estado de Minas

Um em cada cinco motoristas dirige depois de beber

A Lei Seca completa dois anos amanhã, mas é ignorada por um quinto dos motoristas em Minas. Pesquisa usando bafômetro com 2 mil deles em 10 cidades-polo constatou que 22% dirigiam sob efeito de álcool. O percentual corresponde a 1,13 milhão dos 5,16 milhões de habilitados no estado. Em BH, o índice foi de 17% de condutores alcoolizados, ou 185 mil de um total de 1,04 milhão. Desde que a lei entrou em vigor, 4.108 motoristas mineiros foram presos em flagrante por embriaguez ao volante. (Págs. 1, 21 e 22)

"A única condição para a vida existir é a morte"

José Saramago

Morreu aos 87 anos de falência múltipla de órgãos o português José Saramago, único escritor em nosso idioma a ganhar o Nobel de Literatura. Autor de livros como "Ensaio sobre a cegueira" e o polêmico "Evangelho segundo Jesus Cristo", o romancista, dono de um estilo personalíssimo, manteve sempre ideias políticas de esquerda e postura crítica em relação à Igreja e à sociedade. (Págs. 1 e Cultura)

Ficha limpa

Lei já barra 45 políticos de Minas este ano

A nova legislação, que proíbe a candidatura de condenados por decisão colegiada (mais de um juiz), não atingirá nenhum dos atuais deputados e senadores mineiros nas eleições de outubro. Mas 45 prefeitos e ex-prefeitos ficam impedidos de concorrer. (Págs. 1, 3 a 5 e 20)

Mata seca

MP vai acionar Supremo contra desmatamento. (Págs. 1 e 23)

Economia

Pré-pago é sucesso no Brasil

Gastos com telefonia e outros serviços somarão R$ 89 bi este ano. País só fica atrás dos EUA e Japão. (Págs. 1 e 12)

Mercado

BB começa a negociar ações

Prazo para interessados em novos papéis do banco se decidirem pela compra começa na 2ª feira. (Págs. 1 e 14)

Jornal do Commercio (PE)

Drama por toda parte

Bombeiro carrega corpo de bebê, em Dois Unidos. Histórias chocantes se repetem e até ontem havia nove mortes no Estado. (Pág. 1)

Inscrição do Enem começa segunda-feira (Pág. 1)

Mundo perde as palavras de Saramago (Pág. 1)

Zero Hora (RS)

População pode usar internet para ajudar a solucionar crimes

Inspirado em estratégia do FBI, site criado pela Delegacia de Roubos da Polícia Civil gaúcha expõe imagens de assaltos em busca de dicas. (Págs. 1 e 40)

Língua portuguesa perde o Nobel

Como Saramago se tornou um fenômeno.

Cultura Especial

Editor do autor no Brasil descreve o impacto da morte (Págs. 1, 4 e 5)

DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, SEXTA-FEIRA, DIA 18 DE JUNHO DE 2010.

O Globo

TSE bane destas eleições todos os já condenados

Decisão inclui condenações anteriores à sanção da Lei da Ficha Limpa

Em resolução histórica, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu que a Lei da Ficha Limpa valerá para todos os candidatos condenados por crimes graves em órgãos colegiados - mesmo que a condenação seja anterior à sanção da lei, em 4 de junho. Com isso, todos os condenados ficam banidos das eleições. O resultado foi 6 a 1, e só Marco Aurélio Mello votou contra. O relator, ministro Arnaldo Versiani, enfatizou que a lei alcança processos em tramitação, já julgados ou sobre os quais cabe recurso. Para o TSE, o direito eleitoral deve proteger a moralidade. (págs. 1 e 3)

Foto-legenda: Juízo

Depois dos reajustes a aposentados e servidores da Câmara, Lula pôs fim à temporada de aumentos: "Estou com juízo perfeito para não permitir que haja sandice", afirmou, após feira de agricultura. (págs. 1 e 12)

Como PT, PSDB afronta lei e faz programa com Serra (págs. 1 e 11)

PF golpeia conexão do tráfico de armas

Em operação cercada de sigilo e sem avisar as autoridades estaduais, a Polícia Federal desarticulou ontem a conexão do tráfico de armas que unia as duas maiores facções de RJ e SP. A ação foi um golpe no fornecimento de uma média de 15 fuzis por mês, drogas e munição do Paraguai para Rio, baixada Fluminense, Região Serrana e São Paulo. (Págs. 1 e 16)

Mais de 10% dos homens gays têm Aids

Pesquisa do Ministério da Saúde mostra incidência preocupante do vírus HIV entre homossexuais masculinos: na faixa etária com mais de 18 anos, 10,5% são portadores do vírus. Na população brasileira, 0,8% dos homens de 15 a 49 anos estão infectados. (Págs. 1 e 14)

Brasil desiste de retaliar os EUA agora

Apesar do sinal verde da organização Mundial do Comércio (OMC) para aplicar sanções contra os EUA, por causa de subsídios ao algodão, o Brasil vai esperar até 2012. A retaliação atingiria remédios e até filmes. (Págs. 1 e 23)

Publicidade cresce 25% com Copa (pág. 1 e Economia, pág. 27)

Folha de S. Paulo

Sem Morumbi na Copa, SP muda plano do metrô

Chefe de comitê do Mundial vê risco de ’maracutaia’ em arena de Pirituba

A decisão da Confederação Brasileira de Futebol de excluir o estádio do Morumbi da Copa de 2014 mudou o plano do governo do Estado para o metrô paulistano.

A linha entre o aeroporto de Congonhas e o Morumbi terá novo cronograma. Passa a ser prioridade o trecho da zona norte ao centro, que passa por Pirituba e pela Pompeia, onde o Palmeiras reforma o seu estádio, opções para sede no Mundial. (págs. 1, C1 e E2)

CBF sempre quis arena em Pirituba, diz Juca Kfouri. (págs. 1 e D26)

SP não tem estádio que se preze, afirma Barbara Gancia (Pág. C2)

Na África, Teixeira só se ocupa com a Copa do Brasil (Pág. D2)

Ficha Limpa vale para condenações antigas

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu que a Lei da Ficha Limpa vale para todo político que tiver sido condenado por colegiado (mais de um juiz) mesmo que a punição tenha ocorrido antes de sua entrada em vigor, no dia 4 de julho deste ano.

Nesses casos, os políticos não poderão se candidatar.

O TSE já decidira que a regra valeria para o pleito deste ano. Para ministros, ela seria inócua se abrangesse apenas novas condenações.

A lei ameaça os planos de ao menos três ex-governadores que foram cassados, Jackson Lago (MA), Marcelo Miranda (TO) e Cássio Cunha Lima (PB). (págs. 1 e A8)

Israel atenua seu bloqueio à faixa de Gaza (págs. 1 e A14)

Antibiótico vai ter controle na venda a partir de setembro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária inicia hoje o processo para tornar a venda de antibióticos controlada no país, informa Cláudia Collucci. A nova regra, com registro obrigatório dos dados da receita médica, vai passar a valer a partir de setembro. (págs. 1 e C7)

Boa notícia

Conselho quer ampliar estímulo a acordo judicial. (págs. 1 e A11)

PSDB dedica a "Zé" Serra todo o seu programa (págs. 1 e A4)

Editoriais

Leia "Jogada suspeita", sobre o veto ao Morumbi na Copa de 2014; e
"Presos monitorados", acerca do controle à distância de detentos e acusados. (págs. 1 e A2)

O Estado de S. Paulo

Poluição por ozônio toma quase todo o Estado de SP

Apenas Marília e Presidente Prudente não têm ar saturado; na capital, o fenômeno é generalizado.

Dados da Cetesb mostram que, das 32 áreas do Estado de São Paulo avaliadas entre 2007 e 2009, apenas duas - Marília e Presidente Prudente - ainda não têm ar saturado por ozônio. Na região metropolitana, dez de 14 estados de monitoramento tiveram classificação da poluição como "severa", e as demais, como "séria". As áreas do Ibirapuera e da USP estão entre as mais problemáticas. A alta concentração de ozônio provoca tosse seca e cansaço, além de elevar o risco de morte de pessoas com doenças respiratórias.
O poluente danifica o material genético e isso pode provocar tumor no pulmão. Diante desse quatro, São Paulo será a primeira cidade do mundo a adotar limites para a poluição do ar recomendados pela organização Mundial de Saúde. A determinação virá ainda neste ano por meio de decreto e valerá em todo o Estado, começando pela capital. O padrão deve motivar novas exigências para a concessão de licença ambiental a empresas e medidas mais extremas - como ampliação do rodízio de veículos. (Págs. 1 e Cidades C1)

Serra promete ampliar Bolsa-Família

Em tom coloquial, o PSDB usou seu horário eleitoral na TV para apresentar seu candidato à Presidência, José Serra. Destacando que Serra é um "governante testado", o programa fez um apanhado da trajetória do tucano desde seu nascimento, numa "casinha" na Mooca. Serra defendeu o Bolsa-Família e disse que ele deve ser "ampliado e fortalecido". (Págs. 1 e Nacional A4)

Israel cede e alivia à Faixa de Gaza

O governo israelense cedeu às pressões internacionais e levantou restrições à entrada de alimentos e suprimentos básicos em Gaza. A passagem de material de construção para projetos civis também foi autorizada, desde que sob supervisão internacional. (Págs. 1 e Internacional A14)

Foto legenda: Sem memorial

Local do acidente com avião da TAM há três anos virou banheiro e depósito de lixo e entulho. Área abrigaria memorial. (Págs. 1 e Cidades C3)

Professora amordaça aluno de 5 anos

Uma professora de uma escola de Brasília foi presa depois de amarrar a amordaçar um aluno de 5 anos, hiperativo, para lhe dar um
"corretivo". A cena foi testemunhada por uma funcionária, que denunciou o caso. A família não aceitou as desculpas da professora e exigiu providências legais. (Págs. 1 e Vida A18)

Petróleo vaza há meio século na Nigéria (Págs. 1 e Vida A22)

Brasil adia retaliação aos EUA até 2012 (Págs. 1 e Economia B8)

Notas & Informações

Poderia ter sido pior

Os racialistas desistiram de várias demandas para aprovar o Estatuto da Igualdade Racial. (Págs. 1 e A3)

Jornal do Brasil

Brasil estende a mão aos EUA

Depois de um período de atrito diplomático em torno da crise com o Irã, o Brasil estendeu a mão aos EUA e decidiu não aplicar a retaliação autorizada pela OMC pela vitória na questão dos subsídios ao algodão. As sobretaxas a cem produtos americanos no mercado brasileiro vão ficar na prateleira até 2012, quando Washington votará uma nova lei. Pesou na decisão, também, o desinteresse do setor privado nacional em comprar a briga. (pág. 1 e Economia, pág. A18)

Correio Braziliense

Lula fecha o cofre após farra de reajuste

"Este ano, acabou a discussão sobre aumento", disse o presidente, que garantiu apenas o pagamento dos acordos firmados em 2008. Lula defende negociações salariais somente a partir de 2011 e pede responsabilidade aos candidatos ao Planalto. Horas depois do discurso de austeridade, o Senado aprovou o aumento de 18% aos servidores da Casa a partir julho. O projeto é de iniciativa do Executivo. Para compensar a gastança, o governo vai tirar recursos de emendas parlamentares e adiar homologações e convocações de concursos. (págs. 1 e 4)

Ficha Limpa

Nova regra proíbe candidatura de todo político condenado na Justiça, decidem ministros do TSE. Por seis votos a um, maioria seguiu o relator. (págs. 1 e 2)

Rosso recua, é candidato e racha o PMDB

O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, partiu para o confronto aberto com Tadeu Filippelli na definição do PMDB nas eleições. Ele submeteu à executiva do partido a candidatura ao Buriti, com Ivelise Longhi como vice. Convenção regional decidirá amanhã se aprova chapa puro-sangue ou aliança com PT. (págs. 1, 21 e 22)

Gim põe a mão na diretoria do BRB (págs. 1 e 23)

Valor Econômico

Concorrência entre cartões já diminui custos do varejo

A exclusividade no setor de cartões só acaba em 12 de julho, mas a concorrência entre as operadoras do setor já está na rua. De um lado, Cielo e Redecard - que até agora fazem o credenciamento de lojistas e a captura de transações para Visa e Mastercard, respectivamente - tentam defender sua base de clientes. De outro, o novo participante do setor, o Santander, junto com a processadora GetNet, procura ganhar o seu quinhão. O resultado desse novo equilíbrio de forças é que o lojista finalmente começa a dar as cartas. A briga tem se dado na ponta mais sensível para o caixa do varejo: no aluguel das maquininhas que recebem o cartão (POS) e na taxa cobrada para captura de operações de débito e crédito. Há relatos de custos caindo à metade com aluguel e entre 10% e 20% no valor descontado por transação.

A TDB Téxtil, dona da Tip Top, viu na entrada de um novo competidor a oportunidade para barganhar melhores condições para as lojas da marca. Depois de conseguir redução tanto com a Redecard quanto com a Cielo, acabou fechando com o Santander/Get­Net. "De certa forma, eles pedem exclusividade e a única exigência é ter conta de pessoa jurídica no Santander. O que não será um problema, porque o pacote é vantajoso", conta a gerente de franquias, Daniela Venâncio. O valor do aluguel do terminal, que chegava a R$ 98,00 por unidade nas outras credenciadoras, agora vai custar R$ 69,00 na linha discada e R$ 88,00 na banda larga. Nas taxas pagas pela loja à credenciadora por transação, a maior economia será nas vendas parceladas, cujo custo vai cair de 4% para operações em até seis vezes, com a Cielo para 3,2%. (págs. 1 e C8)

Controle da Paranapanema está à venda

Previ, BNDESPar e Petros, os maiores acionistas da Paranapanema, estão dispostos a vender o controle da companhia. Não há um acordo de acionistas que estabeleça um grupo de controle formal na empresa, mas a intenção seria vender as participações em bloco para conseguir um valor mais alto. As fundações e o BNDES contrataram o banco Itaú BBA para procurar interessados na empresa, agora saneada financeiramente. O Valor apurou que os fundos de pensão consideram que a participação na Paranapanema não é estratégica como a na Vale, por exemplo. Os principais acionistas são todos financeiros. Até agora, não foram iniciadas negociações com interessados. A Previ é a maior acionista com 24% do capital, seguida pelo braço de participações do BNDES, com 17%, e Petros, com 12%. (págs. 1 e B7)

Cemig e Ultra usam crédito rural

Uma operação de crédito rural fechada nesta semana pelo Banco do Brasil chamou a atenção pelo tomador incomum - R$ 600 milhões foram para a Cemig Distribuição. Os juros acertados ficaram em 96% do CDI, com pagamento em três anos. Os recursos foram destinados à empresa porque o banco precisa cumprir as determinações do programa de empréstimos rurais a partir da captação da caderneta de poupança e nos últimos meses da safra o interesse por parte dos produtores rurais diminui. A Cemig se enquadra na linha de crédito rural porque fornece energia para esse setor. O Grupo Ultra também obteve R$ 900 milhões para sua controlada Ipiranga, que planta parte da cana usada para produzir o etanol que distribui. (págs. 1 e C1)

Foto-legenda: Espigões no Planalto

Povoada por espigões cada vez mais altos, Águas Claras se destaca na árida e plana paisagem do Distrito Federal a apenas 20 quilômetros de Brasília. É o novo Eldorado da construção imobiliária brasileira e de empresas como a Brookfield, do diretor Luiz Rogélio Tolosa. (págs. 1 e B8)

Portal do Planejamento traz críticas ao governo

Em portal na internet, o Ministério do Planejamento apresenta, pela primeira vez, avaliações críticas das diversas políticas públicas em execução pelo governo federal. O documento diz que a política de reforma agrária do governo Lula não alterou a estrutura fundiária do país, afirma que a produção de biodiesel não será economicamente viável e contesta a proposta de reconstrução de uma indústria nacional de defesa voltada para o mercado interno. O portal levou um ano e meio para ser desenvolvido e tem cerca de três mil páginas, abordando 53 temas. (págs. 1 e A12)

Desiludidos, deputados desistem da reeleição

Desencantados com a inoperância do Congresso e a falta de ética da vida parlamentar, os deputados Fernando Coruja (PPS-SC), Roberto Magalhães (DEM-PE), Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e José Eduardo Cardozo (PT-SP) não têm a intenção de reeleger-se. Arnaldo Madeira (PSDB­-SP) talvez tome a mesma decisão.

Pinheiro resume o que fazem os parlamentares: "São despachantes" - de interesses nem um pouco públicos. Paulo Delgado (PT-MG) é outro desesperançado, mas espera ter um novo mandato. Ele se considera um "desiludido utópico". (pág. 1 e Eu& Fim de Semana)

Motorola vai se cindir em duas e aporta capital na deficitária divisão de celulares (págs. 1 e B2)

Marketing de guerrilha consegue driblar a Fifa na África do Sul (págs. 1 e B9)

Mudança na matriz energética

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) estima que, em 2019, fontes alternativas de energia, como usinas eólicas e movi­das a bagaço de cana, deverão respon­der por 23% da demanda nacional. (págs. 1 e A3)

IFC na construção popular

A International Finance Corporation (IFC), braço do Banco Mundial para o se­tor privado, une-se à Brookfield para criar uma construtora voltada à baixa renda, com atuação no programa Mi­nha Casa Minha Vida. (págs. 1 e B1)

Symantec mira governos

A Symantec, especializada em sistemas de segurança, quer reforçar as vendas para governos no Brasil. Segundo a consultaria ITData, os gastos oficiais com TI devem chegar a R$ 8,5 bilhões neste ano. (págs. 1 e B3)

Dedon no Brasil

Uma das marcas de móveis para exteriores mais importantes do mundo, a Dedon, cria­da pelo ex-goleiro do Bayern de Munique Bobby Dekeyser, abre loja exclusiva em São Paulo, a primeira da América do Sul. (págs. 1 e B5)

Americanos cobiçam terras no país

A South American Soy LL, formada por produtores de soja do Meio-Oeste americano, prepara captação de US$ 1 bilhão para aquisição de terras no Brasil. A em­presa já tem 1,5 mil hectares no país. (págs. 1 e B11)

Expansão da moagem

O Moinho Cruzeiro do Sul, controlado pela Predileto Alimentos, investe R$ 70 milhões para aumentar sua capacidade de moagem para 1 milhão de toneladas em 2011, equivalente a 10% do consumo brasileiro. (págs. 1 e B12)

Menos investidores na bolsa

Apesar dos recordes de volume negociado no home broker, o número de investidores teve pequena queda neste ano. Os valores são "inflados" por grandes operações. (págs. 1 e D1)

Ideias: Claudia Safatle

Após mais de uma década, sistema de metas não foi capaz de trazer a inflação do Brasil a patamares internacionais. (págs. 1 e A2)

Ideias: Naercio Menezes Filho

Os programas de não repetência nas primeiras séries diminuem a evasão escolar e a desigualdade. (págs. 1 e A11)

Estado de Minas

Político com ficha suja está proibido de disputar eleição

Em decisão histórica, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acabou com qualquer dúvida: quem tiver sido condenado por um colegiado da Justiça (mais de um juiz) não pode concorrer a mandatos políticos, mesmo que a condenação tenha ocorrido antes de 7 de junho, data em que a Lei Ficha Limpa foi publicada. A posição do TSE foi firmada por 6 votos a 1. O único a votar contra foi o ministro Marco Aurélio Mello. Para ele, uma lei nova não poderia reger eventos cometidos no passado. A regra vale já no pleito de outubro. (Págs. 1 e 3)

Feto sem cérebro: Justiça autoriza a interrupção de gravidez de risco

TJ de Minas acatou recurso de casal, negado na 1ª instância. A gestação está na 19ª semana. Cirurgia de retirada do feto deve ocorrer esta semana. (Págs. 1 e 21)

Meio Ambiente: Projeto libera desmatamento no Norte de MG

Aprovada em segundo turno na Assembleia, proposta retira a mata seca da área de preservação da mata atlântica, ameaçando o que resta do bioma. (Págs. 1 e 19)

Indústria: Forte alta do PIB mineiro pega fábricas desprevenidas

Empresas que reduziram produção no período de crise correm para dar conta do número de pedidos. (Pág. 1 e 12)

Economia: Gasto público impede o BC de diminuir juros (Págs. 1 e 11)


Aliança PMDB-PT: Cresce pressão de petistas para Patrus ser vice (Págs. 1 e 6)


ONU: Chávez persegue críticos

Relator das Nações Unidas sobre liberdade de imprensa pede suspensão da ordem de prisão contra dono de TV oposicionista. (Págs. 1 e 17)

Jornal do Commercio (PE)

Três irmãs mortas

Deslizamento de barreira provocado pela chuva de ontem matou as meninas, de 3, 9 e 12 anos na Linha do Tiro. Na foto, o corpo de uma delas é resgatado. Em Dois Unidos, homem morreu e bebê soterrado continuava desaparecido até a 0h30. (Pág. 1)

Ficha limpa (Pág. 1)


Óleo no mar (Pág. 1)

 

Zero Hora (RS)

Ficha Limpa vale para condenações antigas

TSE esclarece que nesta eleição serão barrados também políticos condenados em tribunais de segunda instância antes da sanção da lei, de junho. (Págs. 1 e 12)

Punição a prazo: Detrans reagem à possibilidade de parcelar multas

Proposta aprovada no Senado é considerada um estímulo a infratores. (Págs. 1, 4 e 5)

Menos tensão: Israel atenua o bloqueio à Faixa de Gaza

Medida facilita acesso a bens de uso civil e ajuda humanitária. (Págs. 1 e 29)

Mais um projeto: Estado estuda nova ponte sobre o Guaíba

Travessia entre a zona sul da Capital e Barra do Ribeiro integra rodoanel estimado em US$ 350 milhões, ainda sem verba. (Pág. 1)

Como está a opção federal. (Pág. 1 e 30)

Capital se prepara: Obra para aliviar a rodoviária prevê viaduto

Prefeitura espera financiamento da Caixa, a ser assinado em julho. (Págs. 1 e 43)

Radiobras e BrasilWiki!


Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
BrasilWiki!
São Paulo - SP



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br