Atualizado 13h19 Quinta, 22 de agosto de 2013   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Economia

Contrato da Helibrás beneficia empresas do setor aeroespacial

2231 acessos - 1 comentários

Publicado em 19/04/2009 pelo(a) Wiki Repórter Jony Santellano, São José dos Campos - SP





Eurocopter EC 725 Cougar. - Foto: Azri Zainul, disponível no FLICKR.
Um contrato assinado no último dia 23 de dezembro, entre Brasil e França, no Rio de Janeiro, estabelece a compra de 51 helicópteros "Eurocopter EC 725 Super Cougar" para as Forças Armadas brasileiras. O contrato estimado em cerca de 1,9 bilhão de euros trata da maior compra de helicópteros já realizada na América Latina, sendo que cada uma das Forças - Marinha, Exército e Aeronáutica - receberá 17 helicópteros cada, no período previsto entre 2010 e 2016.

Todos os helicópteros serão fabricados pela Helibrás, empresa subsidiária da Eurocopter, do grupo EADS (European Aeronautic Defense and Space Company, http://www.eads.com/), localizada na cidade de Itajubá (MG). Um acordo bilateral Brasil-França, assinado em junho de 2008, prevê investimentos por parte da EADS, em torno de 400 milhões de euros, na duplicação da fábrica da Helibrás. Esse aporte de capital vai permitir a Helibrás dobrar a sua capacidade de produção e criar novos postos de trabalho.

A EADS é um grupo europeu (franco-alemão-espanhol) com sede na Holanda que é líder nos setores de Aeronáutica e de Defesa e possui presença global. A Eurocopter, do grupo EADS, é a maior fabricante mundial de helicópteros. A Helibrás é a única empresa de helicópteros existente no Brasil desde 1978, e conta com capital do governo do Estado de Minas Gerais, além da Eurocopter. Atualmente, ela oferece onze modelos de helicópteros, com versões diferenciadas para aplicações civis e militares.

Os 51 helicópteros militares destinados ao transporte e ataque serão fabricados pela Helibrás, com base no modelo EC 725 Super Cougar da Eurocopter. Calcula-se que as primeiras unidades, a serem entregues a partir de 2006, terão em torno de 5% de componentes nacionais. Ao longo do período das entregas, o emprego de componentes nacionais deve aumentar, devendo atingir pelo menos 50%, no prazo de seis anos, segundo os termos do contrato assinado, que prevê um "índice de nacionalização crescente". Esse fato criou uma expectativa muito positiva entre fabricantes e fornecedores brasileiros de peças e componentes aeronáuticos.

A compra de helicópteros militares é prevista na recente Estratégia Nacional de Defesa (dezembro 2008, p. 41), onde está estabelecido que o Ministério da Defesa "deverá priorizar, com compensação comercial, industrial e tecnológica", no âmbito das três Forças, "a aquisição de helicópteros de transporte e de reconhecimento e ataque".

Uma cerimônia realizada no dia 8 de setembro passado, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), com a presença de mais de 150 empresários de diversos segmentos da produção nacional, saudou o acordo bilateral Brasil-França, firmado em junho passado, ressaltando o potencial do programa para o desenvolvimento da indústria nacional, desde que exista uma preparação dos setores afins, e registrou o desafio de capitalizar as empresas detentoras de tecnologias de interesse para participar do programa.

Na ocasião, foi também anunciado que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai disponibilizar uma linha de financiamento de US$ 15 milhões, para contemplar com maquinário e capacitação técnica as empresas interessadas em participar do programa, considerado já uma referência na indústria de defesa brasileira.

Um encontro de trabalho organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social de São José dos Campos (SP), no último dia 15 de abril, com a presença do vice-presidente da Helibrás, Eduardo Mauad, explicou para os empresários regionais as oportunidades surgidas com o contrato de fabricação dos helicópteros e de sua diretriz referente ao "índice de nacionalização crescente".

A região de São José dos Campos, devido à presença da EMBRAER, é rica em fornecedores para o mercado aeronáutico. Segundo dados do Centro de Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), de 69 empresas do setor de aeropeças, todas fornecedoras da EMBRAER, 40 delas estão instaladas em São José dos Campos e nas suas imediações (região do Vale do Paraíba), fato que torna essa região um promissor celeiro de suprimentos necessários aos novos processos de fabricação da Helibrás. O fornecimento de peças e componentes para a linha de produção do novo helicóptero poderia representar também uma espécie de compensação aos fabricantes e fornecedores que sofreram com a retração do mercado local de aviação, em face dos reflexos da crise mundial e da queda de demanda por parte da EMBRAER.

Outra empresa de São José dos Campos, a Mectron Engenharia, fabricante de produtos de alta tecnologia destinados ao segmento aeroespacial e de defesa, será beneficiada com a fabricação no Brasil dos helicópteros comprados pelo Ministério da Defesa. A capacitação tecnológica da Mectron na área de radares de bordo criou oportunidade para o estabelecimento de uma parceria com a "Telephonics Corporation", subsidiária da "Griffon Corporation", fabricante norte-americana, para a produção e manutenção de radares de bordo. A Telephonics foi selecionada para fornecer os radares dos novos helicópteros da Helibrás. A pareceria da Mectron com a Telephonics vai permitir que as duas empresas atuem juntas na prestação de serviços de assistência técnica aos radares.

Em 14 de abril último, na abertura da LAAD 2009 (Latin América Aero & Defense), feira bienal do setor aeroespacial e de defesa, ocorrida no Rio de Janeiro, o Ministro da Defesa Nelson Jobim, referindo-se ao acordo que vai resultar na produção conjunto de helicópteros entre a Helibrás e a Eurocopter, disse que "esse é o tipo de parceria que o Brasil deseja celebrar com outros países". E completou o ministro: "Estamos retomando os investimentos no setor [de Defesa] e estimulando o desenvolvimento tecnológico da área". O ministro afirmou também que "o fortalecimento da indústria de Defesa do Brasil significa ampliar a competência do País no setor, além de colaborar com a geração de empregos".


FONTES DE CONSULTA:


- Jornal Valeparaibano (São José dos Campos, SP), 17/abril/2009. ("Região vai produzir peças de helicóptero", reportagem de Alexandre Alves, p. 13).
- Jornal Valeparaibano (São José dos Campos, SP), 16/abril/2009. ("Empresa tem parceria para radares", reportagem de Chico Pereira, p. 7).

- Jornal Valeparaibano (São José dos Campos, SP), 15/abril/2009. ("Vale vai fornecer peças a helicóptero", reportagem de Hernane Lélis, p. 4).

- Jornal Valeparaibano (São José dos Campos, SP), 15/abril/2009. ("Ministro quer fortalecer setor de Defesa", reportagem de Chico Pereira, p. 4).

- Resenha Industrial, CIESP São José dos Campos, 14/abril/2009, Nº 602. ("Workshop gera novos negócios na região").

- Jornal Valor, 17/abril/2009. ("Mectron fornece míssil para Paquistão", reportagem de Virgínia Silveira, p. B9).

- O Estado de São Paulo, 14/abril/2009. ("Feira bélica mira Brasil como principal cliente", reportagem de Alexandre Rodrigues, p. A8).

- Revista Força Aérea, Ano 14, Nº 56, fev./mar. 2009. ("Brasil vai de EC 725 Cougar", p. 24).

- Revista Tecnologia & Defesa, Ano 24, Nº 115, 2008. ("Um objetivo ambicioso", reportagem de Cosme Degenar Drummond, p. 12-14).

- Revista Tecnologia & Defesa, Ano 24, Nº 110, 2007. ("Entrevista com os principais executivos da EADS na América Latina", p. 8 -12).

- Estratégia Nacional de Defesa (END), disponível em:
https://www.defesa.gov.br/eventos_temporarios/2008/estrat_nac_defesa/estrategia_defesa_nacional_portugues.pdf]



Reporte abuso COMPARTILHE No Twitter No Facebook

Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
Jony Santellano
São José dos Campos - SP



Comentários
01
Reporte abuso
RuboMedina
Belo Horizonte 28/04/2009

Amigo(a) Se você é igual a mim, que não acredita que a wiki repórter RED tenha tantos acessos assim aos seus posts em tão pouco tempo, chegou o momento de tomar uma atitude. Pra se ter idéia, ontem, 27-04, o post dela foi colocado na 1ª página pela manhã. Pouco mais de duas horas, ela já tinha mais de 700 acessos. Hoje, 28-04, ultrapassa os 1500. Pra ser exato, quando redigi esse texto, estava em 1720. Estou percebendo que a BW! dá privilégios a esse wiki repórter em detrimento dos demais que fazem o jornal. Todos nós, a maioria verdadeiros intelectuais, que postam os seus trabalhos aqui, fazemos um jornal de qualidade. E estamos sendo negligenciados em detrimento da citada. Vejam que a pauta fica trancada com as matérias do dia quando ela entra na 1ª página. Vamos averiguar esse assunto detalhadamente. Mande um e-mail para mim e a partir de então tomaremos providências para ver se está havendo um engodo. Afinal, na internet também existe um código de honra, leis etc. Lembrem-se de que todos os posts dela, sem exceção, são colocados em primeira página, seja qual for o assunto. E o número de acessos, em relação aos demais que postam, não condiz com a realidade. É algo exorbitante, beirando ao ridículo. Pensem bem. Não tenham medo de dizer, como não tive. E lembrem-se de que existem outros sites que publicam tudo, inclusive literatura. Tenho uma relação completa deles. Agradecendo a atenção, espero que reflitam e me mande e-mails para começarmos a agir. E outra coisa importantíssima. Estamos numa democracia. TODOS, inclusive eu, todos mesmos, vão continuar postando os seus trabalhos. SEM RETALIAÇÃO. [email protected] Rubo Medina


Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2013. Brasil Mídia Digital

jb.com.br