Atualizado 10h18 Sexta, 24 de outubro de 2014   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Cultura

Vera Passos é entrevistada

770 acessos - 0 comentários

Publicado em 27/12/2011 pelo(a) Wiki Repórter valdeck, Salvador - BA



Vera Passos é professora, escritora e poeta - Foto: Divulgação
VALDECK ALMEIDA DE JESUS

Natural de Ubaíra–BA, Vera Passos, algumas décadas no dorso, licenciada em Geografia pela Universidade Católica de Salvador, estudou um pouco de Inglês e Redação (cursos técnicos), trabalhou em várias escolas privadas e públicas, participou de muitos eventos ligados à literatura, conquistando, inclusive, o primeiro lugar na Fundação Nelson Rufino e menção honrosa na Academia de Letras do Recôncavo. Participou de concursos literários com letras de música, tendo sido gravada pela cantora Tânia Luz. Participou de mais ou menos 30 antologias, publicou quatro livros, colabora com as Revistas “Artpoesia” e “Minirrevista”, frequenta os recitais do Projeto Fala Escritor, Câmara de Vereadores, em colégios, Fundação Pedro Calmon, Feiras Culturais, Bienal do Livro etc. Vera é membro efetivo da CAPPAZ (Confraria de Artistas e Poetas pela Paz) e da Academia da Cultura da Bahia

VALDECK: Quando e onde nasceu?
VERA PASSOS: Nasci na Cidade de Ubaíra, na Zona de Jequié–BA, em plena Primavera, no dia 23 de Outubro, onde me trouxeram ao Mundo em parto com dores, natural, numa época em que se nascia em casa. Nasci na Rua da Matriz, na Casa da minha avó Davina.

VALDECK: Já conhece o restante do Brasil? E outros países?
VERA PASSOS: Sim, conheço quase todo o Nordeste, uma parte do Sudeste, todo o Sul e, na Argentinan duas cidades: Buenos Ayres e Rosário.

VALDECK: Como você começou a escrever? Por quê? Quando foi?
VERA PASSOS: Venho de uma família de professores primários. Sempre gostei de ler. Li muitas poesias e aos nove anos criei umas quadrinhas sobre o 7 de setembro e meus colegas declamaram. Ninguém nunca soube que eram da minha autoria.

VALDECK: Você escreve ficção ou sobre a realidade? Suas obras são mais poesias ou prosa? O que mais você gosta de escrever? Quais os temas?
VERA PASSOS: Alguns textos são ficções outros são fatos da minha vida, do meu momento. Tenho mais poesias, porém gosto mais das crônicas.

VALDECK: Qual o compromisso que você tem com o leitor, ou você não pensa em quem vai ler seus textos quando está escrevendo?
VERA PASSOS: Claro que sou responsável pelo que escrevo. Meu compromisso é levar uma mensagem, sou professora. Penso principalmente nos meus alunos e sobrinhos.

VALDECK: O que mais gosta de escrever?
VERA PASSOS: Amo escrever minhas palestras, pois me exigem pesquisa e muita leitura. Poesias e crônicas são consequências.

VALDECK: Como nascem seus textos? De onde vem a inspiração? E você escreve em qualquer hora, em qualquer lugar ou tem um ritual, um ambiente?
VERA PASSOS: Sou espírita e acredito que meus amigos contribuem com meu trabalho ou eu facilito o deles, é simbiose. Depende. Escrever em qualquer lugar pode ser perigoso se é psicografado.

VALDECK: Qual a obra predileta de sua autoria? Você lembra um trecho?
VERA PASSOS: Todas que tratam do ambiente. “Pousei descansada do meu levitar, à margem de um rio de água serena que me fez pequena no seu balançar...” Sonhos.

VALDECK: Seus textos são escritos com facilidade ou você demora muito produzindo, reescrevendo?
VERA PASSOS: Alguns brotam rapidamente, outros demoram dias.

VALDECK: Qual foi a obra que demorou mais tempo a escrever? Por quê?
VERA PASSOS: O texto sobre Obama. Tratava-se de falar da importância de um homem com origem branca e negra, que seria o líder da mais rica potência do Mundo. Eu queria mostrar que a raça é a Humanidade e que o preconceito está tão arraigado em nós e nem percebemos. Só se falava na cor e não na competência.

VALDECK: Concluiu a faculdade? Pretende seguir carreira na literatura?
VERA PASSOS: Concluí minha Faculdade em 1982. Sou Geógrafa, especializada em Geografia Humana. Pretendo fazer algum curso relacionado às Letras, logo que me aposente.

VALDECK: Qual o escritor ou artista que mais admira e que tenha servido como fonte de inspiração ou motivação para seu trabalho?
VERA PASSOS: São vários: Castro Alves, Coelho Neto, Pablo Neruda, Fernando Pessoa, Cecília Meireles, Cora Coralina, Mário Quintana. Gostaria de descrever uma paisagem como José de Alencar.

VALDECK: O que você acha imprescindível para um autor escrever bem?
VERA PASSOS: Ler muito, tudo. Escrever sempre. Evitar erros crassos.

VALDECK: Você usa o nome verdadeiro nos textos, não gostaria de usar um pseudônimo?
VERA PASSOS: Já usei pseudônimo em concurso (Veruska). Quanto ao nome artístico, veio do próprio nome usado por colegas e alunos, Vera Passos.

VALDECK: Como foi a tua infância?
VERA PASSOS: Pobre, porém de muitas fantasias, com as estórias que minhas tias e avós contavam. Banhos de rio, fruta madura no pé, idas à igreja, cinema, clube, sítio. Digamos que foi enriquecedora.

VALDECK: Você é jovem, gasta mais tempo com diversão ou reserva um tempo para o trabalho artístico?
VERA PASSOS: No corpo já não sou tão jovem, mas alma é adolescente. Tenho muito que aprender, passear, ir à praia, teatro, show... etc. Ao trabalho me dedico algumas horas lendo e respondendo e-mails e escrevendo, fazendo projetos.

VALDECK: Tem um texto que te deu muito prazer ao ver publicado? Quando foi e onde?
VERA PASSOS: Natural. Este texto foi publicado no livro de “Interface de Amor e Paz”, da CAPPAZ. Não esperava a repercussão.

VALDECK: Você tem outra atividade, além de escritora?
VERA PASSOS: Sou professora de Geografia e faço palestras em Escolas, inclusive fiz na sua Faculdade (da Cidade do Salvador), para estudantes de jornalismo.

VALDECK: Você se preocupa em passar alguma mensagem através dos textos que cria? Qual?
VERA PASSOS: Claro, professor que se preza, sempre tem algo a dizer. Antes de ser poeta, sou PRÓ. As mensagens são de amor à Natureza, respeito ao outro, preservação dos recursos naturais...

VALDECK: Qual sua Religião?
VERA PASSOS: Minha Filosofia de vida é o Cristianismo, através da Doutrina Kardecista.

VALDECK: Quais seus planos como escritora?
VERA PASSOS: Escrever uma estória infantil. O projeto já existe. Falta patrocínio. E estou à espera do julgamento do meu livro que recebeu o título de “Cultura da Bahia” pelo MEC e SEC.

(*) Valdeck Almeida de Jesus é escritor, poeta e editor, jornalista formado pela Faculdade da Cidade do Salvador. Autor do livro “Memorial do Inferno: A Saga da Família Almeida no Jardim do Éden”, já traduzido para o inglês. Seus trabalhos são divulgados no site www.galinhapulando.com

Fonte: http://www.galinhapulando.com/visualizar.php?idt=3409678


Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
valdeck
Salvador - BA



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2014. Brasil Mídia Digital

jb.com.br