Atualizado 16h40 Sexta, 19 de dezembro de 2014   |   Política de privacidade   |   Anuncie   |   Quem somos   |  
Logo JBWiki Logo JB Publicar Conteudo


O JBWiki! é um jornal online participativo, quem escreve é você!

Como funciona
1 Se você já tem cadastro, sua matéria é publicada na hora em pendentes
Cadastre-se
2 Se você não tem cadastro e quer enviar uma matéria, ela só é publicada depois de aprovação
Enviar matéria sem cadastro

Posts com vídeos

Tatuagem (Chico Buarque)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Guantanamera (Los Sabandeños)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
O Artista (Trailer Legendado)
Publicado em 28/02/2012 pelo(a) wiki repórter Júlio Ferreira, Recife-PE
Deu no papel

“Ilha do tesouro” é confiscada. Cai o quarto ministro de Dilma

808 acessos - 0 comentários

Publicado em 18/08/2011 pelo(a) Wiki Repórter JBWiki!, Rio de Janeiro - RJ



A Polícia Federal prendeu 23 suspeitos de integrar organização criminosa acusada de sonegar R$ 1 bilhão em tributos. Ilha de 20 mil m² dos irmãos Cavalcanti é confiscada na operação Alquimia da Polícia Federal. No local, foram encontrados 2,5 quilos de ouro. Jatinho derruba ministro Wagner Rossi. O ministro da Agricultura, peemedebista, perdeu as condições de permanecer no cargo e caiu. Em menos de três meses, é o quarto ministro demitido do governo Dilma. Deputado Federal Mendes Ribeiro (PMDB-RS) é indicado para a pasta. OUTROS DESTAQUES - Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro sente a turbulência na economia mundial e tem a primeira queda desde 2008. Lições de FHC e Hamilton para a Europa. Brasileiros também saquearam no Reino Unido. Turismo: Bens de suspeitos são bloqueados. Protestos contra corrupção crescem, e governo permite greve de fome na Índia. Zara é acusada de trabalho escravo no Brasil. Juíza assassinada suspeitava de proteção do Tribunal de Justiça. Violência faz ONU tirar seu pessoal da Síria.

DESTAQUES DE JORNAIS BRASILEIROS, QUINTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2011.

Folha de S. Paulo

Denúncias derrubam o 4º ministro do governo Dilma
Wagner Rossi pede demissão da Agricultura e diz em carta que acusações são falsas

Pressionado por denúncias de irregularidades no Ministério da Agricultura, o peemedebista Wagner Rossi pediu demissão. é o quarto ministro a sair em oito meses do governo Dilma.

A saída coincide com a decisão da PF de abrir Inquérito sobre denúncias do servidor Israel Leonardo Batista, ex-chefe de licitações da pasta, acerca de atuação de um lobista no ministério. (Págs. 1 e Poder A4)


Foto legenda: Paraíso Fiscal

A ilha de 20 mil m² dos irmãos Cavalcanti, confiscada na operação Alquimia da Polícia Federal.


Foto legenda: Wagner Rossi (PMDB-SP).

Fernando Rodrigues

Queda vai testar relação entre Temer e a presidente. (Págs. 1 e Poder A6)

PF confisca ilha em operação de R$ 1 bilhão
A Polícia Federal prendeu 23 suspeitos de integrar organização criminosa acusada de sonegar R$ 1 bilhão em tributos. Entre os bens sequestrados pela Justiça, está uma ilha de 20 mil m² no litoral da Bahia, perto da cidade de Salvador.

Segundo a PF, empresas de fachada eram controladas por gente ligada aos irmãos Paulo Sérgio Costa Pinto Cavalcanti e Ismael César Cavalcanti Neto, da Sasil, distribuidora de produtos químicos. A defesa não falou. (Págs. 1 e Mercado B1)

Alemanha e França querem cortar fundo de país deficitário
Alemanha e França, que tem quase metade do PIB da zona do euro, querem cortar o acesso de países sem compromisso com a redução do déficit fiscal aos fundos europeus de desenvolvimento, usados para diminuir as desigualdades na Europa.

Os países do bloco devem manter déficit fiscal abaixo de 3% do PIB. (Págs. 1 e Mundo A12)
Juíza assassinada suspeitava de proteção do TJ
A juíza Patrícia Acioli, assassinada no dia 11, desconfiava da segurança que recebia da Justiça desde 2002.

Em ofício ao TJ-RJ, em 2009, ela disse que o então major Fernando Salema, da coordenadoria responsável por escoltas, pediu-lhe que libertasse um sargento da PM acusado de homicídio. (Págs. 1 e Cotidiano C1)
Em prévia, PIB do Brasil tem a 1ª baixa desde 2008
O indicador de atividade econômica calculado pelo Banco Central, que funciona como uma prévia do PIB, recuou 0,26% em junho sobre maio. É a primeira queda desde 2008. Em 12 meses, esse índice aponta crescimento de 4,9%. (Págs. 1 e Poder A11)
Teles terão de por R$ 60 bilhões nas TVs a cabo em dez anos (Págs. 1 e Mercado B3)

Editoriais
Leia "O quarto ministro", sobre a queda de Wagner Rossi da Agricultura, e "União fiscal europeia", que analisa o futuro do bloco econômico. (Págs. 1 e Opinião A2)

O Globo

Denúncias derrubam outro ministro, agora do PMDB
Rossi deixa Agricultura após admitir uso de jatinho de empresa agropecuária

Menos de 24 horas após admitir com naturalidade o uso de um jatinho da Ourofino, empresa do setor agropecuário, o ministro da Agricultura, o peemedebista Wagner Rossi, perdeu as condições de permanecer no cargo e caiu. Em menos de três meses, é o quarto ministro demitido do governo Dilma, depois de Antonio Palocci, Alfredo Nascimento e Nelson Jobim. Rossi sai em meio a escândalos em pastas comandadas por aliados: Transportes, Turismo e Agricultura. Com Rossi no ministério, repasses do governo federal para a Ourofino cresceram. Só em financiamentos, foram R$ 38,9 milhões em 2010, contra R$ 13,6 milhões em 2009. Para aliados, Rossi saiu para proteger o vice-presidente Michel Temer, que patrocinou sua indicação. O líder do governo no Congresso, Mendes Ribeiro, é cotado para a vaga. O ministro do Turismo, Pedro Novais, disse que fica no cargo até Dilma dizer o contrário. (Págs. 1, 3 a 12, Merval Pereira e editorial "A hora da escolha de Dilma")

Operação da PF confisca 'ilha do tesouro'
Fraudes com sonegação fiscal envolviam mais de 300 empresas e rombo chegaria a R$ 1 bi

Uma ação conjunta da Polícia Federal e da Receita Federal, batizada de Operação Alquimia, prendeu ontem 23 pessoas envolvidas numa megafraude no setor petroquímico calculada em R$ 1 bilhão: A ação, deflagrada em 17 estados e Distrito Federal, visava a cumprir também 129 mandados de busca e apreensão de documentos. Após investigações que começaram em 2002, ficou constatado que mais de 300 empresas estavam envolvidas, muitas delas fantasmas e que faliam sempre que tinham que recolher impostos. Um dos principais suspeitos é o empresário Paulo Sérgio Pinto Cavalcanti, que está foragido. Ele é dono de uma ilha de 20 mil metros quadrados tomada ontem por agentes da PF. No local, foram encontrados 2,5 quilos de ouro. As fraudes eram feitas a partir de empresas do grupo Sasil. A sonegação envolvia laranjas, como uma faxineira de São Paulo. (Págs. 1 e 23 a 26)

Foto legenda: Uma ilha de 20 mil metros quadrados na Bahia foi um dos bens confiscados na Operação Alquimia, que envolveu mais de 600 agentes federais: na mansão havia barros de ouro.

Enquanto isso, na Índia...
Protestos contra corrupção crescem, e governo permite greve de fome

As manifestações em apoio à luta anticorrupção do ativista Anna Hazare se disseminaram por toda a Índia e ganharam adesão de setores como motoristas de riquixás, advogados da Corte Suprema e até a associação de eunucos. O governo foi muito criticado e acabou permitindo que o ativista prossiga sua greve de fome por 14 dias. Ele deve deixar hoje a prisão. (Págs. 1 e 32)
Zara é acusada de trabalho escravo
O Ministério Público do Trabalho instaurou inquérito civil para apurar denúncia de trabalho escravo em fornecedores da Zara em São Paulo. A fiscalização encontrou uma adolescente e 15 adultos (alguns bolivianos) sem condições adequadas de segurança e higiene, ganhando até R$ 300 por mês. A Zara foi a única responsabilizada. (Págs. 1 e 27)
Fiscalização de parques no Rio é de papel
Quatro dias após o acidente que matou dois jovens num parque de diversões, o prefeito Eduardo Paes determinou maior fiscalização. Mas não há qualquer ação para monitorar o funcionamento desses parques no Rio. (Págs. 1 e 16)
Brasileiros também saquearam
Pelo menos dois brasileiros estão entre os acusados de participar de saques e depredações no Reino Unido. Leandro dos Santos e Anderson Fernandes, de 21 e 22 anos, aguardam julgamento em Manchester. (Págs. 1, 33 e Veríssimo)

O Estado de S. Paulo

Quarto ministro de Dilma a cair, Rossi vê complô político
Suspeito de corrupção, ex-ministro da Agricultura aponta 'campanha' para minar aliança do PMDB com governo

Pressionado por denúncias de corrupção e tráfico de influência, o ministro Wagner Rossi (Agricultura) pediu demissão. Foi o quarto ministro da presidente Dilma Rousseff a cair. Três foram acusados de enriquecimento ilícito e corrupção - Rossi, Antonio Palocci (Casa Civil) e Alfredo Nascimento (Transportes). O outro foi Nelson Jobim (Defesa), afastado por criticar ministros. Na carta de demissão, Rossi, afilhado do vice-presidente Michel Temer (PMDB), atribuiu a queda a uma "campanha indecente voltada apenas para objetivos políticos, em especial a destituição da aliança" peemedebista com o governo, "passando pelas eleições de São Paulo onde, já perceberam, não mais poderão colocar o PMDB a reboque de seus desígnios". (Págs. 1 e Nacional A4)

Wagner Rossi
Ministro demissionário

"Todos me estimularam a continuar sendo o primeiro ministro a enfrentar essa campanha indecente voltada apenas para objetivos políticos, em especial a destituição da aliança de apoio à presidenta Dilma". (Pág. 1)

Indicador de atividade do BC cai pela 1ª vez em 30 meses
Pela primeira vez desde dezembro de 2008, auge da crise global, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) registrou queda de um mês para o outro. O índice, que tenta antecipar o resultado do PIB do País, caiu 0,26% em junho ante maio. Com o recuo, o indicador aponta alta de apenas 0,69% no segundo trimestre do ano, na comparação com o trimestre anterior, mostrando desaceleração econômica. Anualizado, o crescimento de abril a junho foi inferior a 3%. (Págs. 1 e Economia B6)
Fraudes de R$ 1 bilhão envolvem 300 empresas
Operação da PF e da receita flagra um dos maiores esquemas de sonegação fiscal da história do País

Uma investigação iniciada na década de 1990 levou à descoberta de uma das maiores fraudes fiscais já constatadas no Brasil. O esquema conta com a participação de 300 empresas instaladas no País e no exterior e é responsável por um rombo nos cofres públicos estimado em pelo menos R$ 1 bilhão apenas em impostos federais. Ontem, uma operação da Polícia Federal e da Receita, batizada de Alquimia, resultou na prisão de 23 pessoas e no confisco de bens que incluem uma ilha em Salvador, lanchas, jatos e helicópteros, carros de luxo, caminhões, imóveis residenciais, parques industriais completos, com prédios e máquinas, e 2,5 quilos em barras de ouro. A maior parte das empresas atua no setor de produtos químicos. (Págs. 1 e Economia B1 e B4)
Violência faz ONU tirar seu pessoal da Síria
Como medida preventiva diante da violência na Síria, a ONU decidiu ontem retirar seus funcionários não essenciais do país. A ação ocorre às vésperas do depoimento de dois integrantes do alto escalão da organização ao Conselho de Segurança da ONU sobre a repressão das forças do ditador Bashar Assad contra opositores. Numa ampliação do isolamento de Damasco, a Tunísia convocou seu embaixador na Síria para consultas, e a Turquia voltou a criticar o regime sírio. (Págs. 1 e Internacional A14)
Zara é acusada de trabalho escravo
A Zara, marca de roupas do grupo espanhol Inditex, foi denunciada pelo Ministério Público do Trabalho por uso de mão de obra escrava em oficinas de costura de São Paulo. (Págs. 1 e Economia B1)
Visita papal à Espanha terá perdão por aborto (Págs. 1 e Vida A21)

Petrobras terá maior usina de etanol do mundo (Págs. 1 e Economia B15)

José Álvaro Moysés
Dilema do regime democrático

Não terá chegado a hora de o Brasil buscar uma outra maneira de garantir a governabilidade sem precisar tolerar que a lei seja fraudada? (Págs. 1 e Nacional A10)
Demétrio Magnoli
Dilma, ele assina em seu nome

A assinatura brasileira em comunicado sobre a Síria converte Antônio Patriota em cúmplice de um Estado que se dedica à matança de sua população. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)
Notas & Informações
Dilma segue a Lei de Johnson

Talvez Dilma já não reaje a novas denúncias da imprensa como reagiu no caso dos Transportes. (Págs. 1 e A3)

Correio Braziliense

Jatinho derruba ministro da Agricultura
Alvo de denúncias de corrupção, Wagner Rossi estava na corda bamba. A gota d'água foi a revelação do Correio Braziliense de que o ministro costumava viajar em jatinho de uma empresa do agronegócio. Ele confessou, tentou minimizar o escândalo, mas, um dia depois da reportagem, pediu demissão. No momento em que o anúncio da queda do ministro começou a se espalhar via internet, a presidente Dilma se encontrava com trabalhadoras rurais em Brasília. E cometeu uma gafe que evidenciava seu verdadeiro estado de espírito. Em vez de Agnelo Queiroz, chamou o governador do Distrito Federal de Agnelo "Rossi", sobrenome do ministro que acabava de cair. Ontem mesmo, o PMDB indicou o deputado federal Mendes Ribeiro Filho (RS) para a pasta.

Na carta de demissão, Wagner Rossi atribui denúncias a desafeto político. (Págs. 1, 2 a 6 e Visão do Correio, 32)

Turismo: Bens de suspeitos são bloqueados (Págs. 1 e 13)

Foto legenda: A capital das margaridas
Brasilenses expressam apoio à marcha que provocou engarrafamentos pela manha na cidade. À tarde, Dilma foi ao encontro das trabalhadoras rurais no Parque da Cidade e prometeu atender a diversas reivindicações em áreas como educação e saúde. (Págs. 1, 39 a 41 e Crônica da Cidade, 47)

Operação Alquimia: Sonegadores presos e ilha confiscada
Um esquema suspeito de desviar R$ 1 bilhão em impostos com o comércio de produtos químicos foi desbaratado pela Polícia Federal. Além da detenção de 23 dos 31 acusados da fraude, foram apreendidos bens como carros e iates e interditada uma mansão avaliada em R$ 15 milhões numa ilha da Bahia. (Págs. 1 e 20)

Funcionalismo: GDF promete chamar os concursados
Governo local garante a contratação de todos os aprovados nas seleções da Saúde, do Detran, do DFTrans e do DER, cumprindo a determinação do STF. No Judiciário, ganha força a proposta de acabar com todas as gratificações, unificando os ganhos dos servidores e diminuindo as disparidades salariais. (Págs. 1 e 19)
Vinte anos no cativeiro
Jovem teria sido mantida em cárcere privado por uma mulher acusada de cometer outros crimes no interior de Minas. (Págs. 1 e l4)
Crise
Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro sente a turbulência na economia mundial e tem a primeira queda desde 2008. (Págs. 1, 16 e 17)
Diesel
Em demonstração no DF, tecnologia criada por cientista russo reduz o consumo do combustível e a emissão de gás carbônico. (Págs. 1 e 47)

Valor Econômico

Empresas ignoram crise e buscam captação externa
Empresas brasileiras começam a fazer fila para emitir dívida no exterior em setembro. Os bancos de investimento, concentrados no entorno da avenida Faria Lima, em São Paulo, estão com uma lista grande de mandatos de operações que esperam para ir a mercado quando as férias de verão no Hemisfério Norte chegarem ao fim e os investidores retornarem a suas mesas de trabalho. Apesar das turbulências das últimas semanas, se a volatilidade continuar a dar trégua, o ambiente será favorável para companhias e bancos do país - e dos emergentes em geral.

Numa clara demonstração de que os investidores estrangeiros continuam a confiar na valorização da moeda brasileira, há espaço, inclusive, para lançamentos em reais, especialmente depois do aperto da regulação cambial. (Págs. 1, C1 e C2)

Rossi sai e acusa "um político"
Wagner Rossi, que pediu demissão do Ministério da Agricultura ontem à noite, é o quarto ministro do governo Dilma a cair em menos de oito meses de gestão. Gerardo Fonteles, ex-assessor especial de Rossi, nomeado ontem secretário-executivo do ministério, assumirá a pasta interinamente.

Nas últimas semanas, o ex-ministro foi alvo de denúncias de irregularidades, consideradas "falsas" por ele, em carta de demissão. "Durante os últimos 30 dias, tenho enfrentado uma saraivada de acusações falsas, sem qualquer prova, nenhuma delas indicando um só ato meu que pudesse ser acoimado de ilegal ou impróprio no trato com a coisa pública", escreveu. (Págs. 1, A6 e A7)


Lições de FHC e Hamilton para a Europa
Os europeus agem como se a única história que importasse fosse a deles. Grécia e Roma, por exemplo. Mas lições para a Europa podem ser encontradas na América do século XVIII e no Brasil do século XX. As tensões do compartilhamento do euro e do banco central em meio a políticas fiscais nacionais independentes são dolorosamente evidentes. Alexander Hamilton entendeu isso nos EUA. Assim como Fernando Henrique Cardoso, no Brasil.

Em 1790, Hamilton, então secretário do Tesouro dos EUA, propôs que a Federação assumisse as dívidas dos Estados originárias da Guerra de Independência. Duzentos anos depois, com o Brasil ofuscado pela crise, Fernando Henrique confrontou os governos estaduais que se endividavam mais do podiam e assumiu um papel ativo na reforma fiscal dos Estados para impedir uma crise sistêmica. (Págs. 1 e A13)
Foto legenda: Pessimismo
Edward Prescott, Nobel de Economia de 2004, em São Paulo: EUA podem enfrentar um longo período de estagnação, correndo risco de repetir a experiência do Japão nos anos 90. (págs. 1 e A11)
Recompra de ações chega a R$ 15 bilhões
Cresceu o número de empresas que estão aproveitando a queda da bolsa para adquirir suas próprias ações. Desde a semana passada, mais dez companhias anunciaram programas de recompra e, até ontem, 47 tinham operações desse tipo em andamento. O valor desses programas, com base na cotação de anúncio, é de R$ 15 bilhões.

Em momentos de forte volatilidade, as empresas fazem esse tipo de operação para sinalizar ao mercado que acreditam que o preço das ações está baixo. Para os investidores, esses programas também podem trazer benefícios, como dividendos maiores caso os papéis adquiridos venham a ser cancelados, reduzindo as ações em circulação. (Págs. 1 e D1)
TSE reduz gastos com as eleições
Planejamento estratégico e privatização de alguns serviços explicam, em grande parte, o sucesso do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em reduzir os custos para a realização de eleições. Em 2002, foram gastos na logística e organização das eleições R$ 4,31 por voto (em valores atualizados). No ano passado, esse valor foi reduzido a R$ 3,61. Nas últimas três eleições, o TSE sequer gastou o total orçado. Uma das medidas foi a centralização das compras de todos os tribunais regionais. As licitações passaram a ser feitas em anos ímpares, quando não ocorrem eleições e, portanto, os preços caem. Depois de uma experiência bem-sucedida no Amazonas, o TSE contratará empresas privadas para fazer 75% dos serviços de logística em 2012, em substituição às Forças Armadas. (págs. 1 e A14)
A maior usina de etanol do mundo em GO
No que a Petrobras Biocombustíveis espera que seja o primeiro projeto de um novo ciclo de investimentos na produção de etanol no país, a empresa e o grupo São Martinho anunciaram que estão aplicando R$ 520 milhões para transformar a usina Boa Vista, em Quirinópolis (GO), na maior fábrica de álcool de cana-de-açúcar do mundo. A unidade pertence à Nova Fronteira Bioenergia, joint venture entre as duas empresas.

O investimento segue a estratégia da Petrobras de dar prioridade a projetos que se traduzam em novas linhas de produção de etanol e não só à compra de empresas. A estatal divulgou que investirá US$ 1,9 bilhão em etanol até 2015, dos quais 70% em novas usinas. Espera-se que a Boa Vista seja a primeira usina a receber crédito do BNDES em condições inéditas. (Págs. 1 e B12)
Argentina gasta 3,7% do PIB com subsídios no setor de energia (Págs. 1 e A11)

Rússia amplia o embargo a frigoríficos brasileiros (Págs. 1 e B11)

Hitachi reforça os planos para o Brasil, diz Jeff Henry (Págs. 1 e B1)

Bentley avança no Brasil
De olho nos negócios da Copa e das Olimpíadas, a americana Bentley Systems, especializada em softwares para projetos de infraestrutura, reforça suas apostas no mercado brasileiro. (Págs. 1 e B3)
Trabalho escravo
Ilegalidades constatadas pelo Ministério do Trabalho em confecção que fornecia à rede Zara são mais uma de uma série de irregularidades observadas em empresas do setor em São Paulo, que receberam cerca de 200 autos de infração nos últimos dois anos. (Págs. 1 e B4)

Novo 'elenco' na Locanda
O Locanda Della Mimosa, em Petrópolis, entra em nova fase com a chegada do novo sócio, o autor de novelas Aguinaldo Silva. O restaurante da pousada é o único da América Latina a fazer parte da "Les Grands Tables de Monde". (Págs. 1 e B6)
GM se ajusta à demanda menor
Após dar férias a 300 funcionários de São José dos Campos (SP), a GM decidiu suspender a produção da unidade de Gravataí (RS) durante três sábados, em agosto e setembro. (Págs. 1 e B7)
Novozymes mira etanol celulósico
A dinamarquesa Novozymes, fabricante de enzimas para diversas aplicações industriais, investe no etanol celulósico, com um centro de pesquisas em Araucária (PR) e fábrica no interior paulista. (Págs. 1 e B12)
Volumes preocupantes
A recente recuperação da bolsa não contagiou todo o mercado. Alguns analistas acreditam que a alta é passageira e destacam o volume de negócios, bem maior nos dias de queda, como sinal dessa fraqueza. (Págs. 1 e D2)
Janela de oportunidade
Os investidores parecem ter visto na queda recente da bolsa uma oportunidade para comprar ações por preços atraentes. Na semana passada, quando o Ibovespa caiu a 48 mil pontos, os fundos de ações captaram R$ 368,65 milhões. (Págs. 1 e D2)
Ideias
Sérgio Guerra

As agências reguladoras vêm sofrendo grande pressão política e atuando de forma pouco transparente. (Págs. 1 e A12)
Ideias
Maria Clara R. M. do Prado

O euro é uma camisa de força para os países do bloco europeu que não investiram na eficiência econômica. (Págs. 1 e Al3)

Estado de Minas

Jatinho derruba ministro
Desgastado pela denúncia do Estado de Minas de uso do avião de uma empresa agrícola, beneficiada por negócios autorizados pelo Ministério da Agricultura, o titular da pasta, Wagner Rossi, não resistiu e pediu demissão, aceita de imediato pela presidente Dilma Rousseff. Rossi admitiu ter feito viagens na aeronave emprestada pela companhia privada, mas negou tê-la beneficiado durante sua gestão. Na carta de demissão, ele alegou motivos particulares para deixar o cargo, mas silenciou sobre a utilização do jato, que feriu o código de ética da administração federal.

Em raras ocasiões, utilizei como carona o avião citado na reportagem
Wagner Rossi, ministro da Agricultura, na terça.

Minha família é meu limite. Aos amigos tudo, menos a honra.
Wagner Rossi, ex-ministro da Agricultura, ontem.

Deputado Federal Mendes Ribeiro (PMDB-RS) é indicado para a pasta. (Págs. 1 e 3 a 5)


Sonegação: PF prende 23 por fraudes de R$ 1 bilhão
Esquema envolvendo empresas petroquímicas funcionava em 17 estados, inclusive Minas, e no Distrito Federal. Foram apreendidos carros, caminhões, jatos, lanchas, barras de ouro e imóveis, entre os quais uma ilha paradisíaca. (Págs. 1, 12 e Editorial, 6)

Sequestro e 23 anos de cativeiro
Casal registrou vítimas como se fossem filhas

Dona de casa e o companheiro são acusados de manter em cárcere privado jovem de 24 anos. Dupla foi descoberta depois de sequestrar criança de 7 anos em Contagem e registrá-la em cartório. Surpresos, vizinhos tentavam ontem identificar na rotina dos acusados em indícios dos crimes. (Págs. 1 e 21)

Jornal do Commercio (PE)

Sede do Náutico à venda (Págs. 1 e Esportes 1 e 2)

Escândalo derruba mais um ministro
Pressionado por denúncias de corrupção, tráfico de influência e desvio ético, Wagner Rossi, se demitiu. Foi o quarto ministro de Dilma a cair. Presidente lamentou a saída do assessor e oposição tenta agilizar criação de CPI. (Págs. 1 e 3 a 5)

Estudo mostra áreas carentes de mão de obra (Págs. 1 e Economia 5)

Policiais testam segurança das portas de banco (Págs. 1 e Cidades 2)

Acidente mata dez da mesma família na Bahia (Págs. 1 e 9)

Zero Hora

Dilma perde quarto ministro em oito meses de governo
Alvo de denúncias de corrupção, peemedebista Wagner Rossi enviou carta à presidente pedindo demissão.

Mendes Ribeiro é convidado para ministério.

Deputado gaúcho teria sido chamado por vice Michel Temer para Esplanada. (Págs. 1, 4 a 14, 18 e 19)

Uma ilha confiscada
Operação da PF contra fraude fiscal cujo rombo seria de R$ 1 bi apreendeu propriedade na Bahia. (Págs. 1 e 38)

Eleições: Câmara esboça reforma para moralizar campanhas
Proposta prevê voto em lista e fim do financiamento privado de candidaturas. (Págs. 1 e 16)

Brasil Econômico

Economia do país cai pela primeira vez desde dezembro de 2008
Prévia do Produto Interno Bruto (PIB) calculada pelo Banco Central registrou queda de 0,26% em junho, em relação ao mês anterior. Desempenho foi consequência do aperto monetário, da retração na indústria e dos efeitos da crise global. (Págs. 1 e 4)
Sem PDVSA, Petrobras atrasa refinaria em PE
Estatal admite falta de caixa para bancar obra e dilata prazo para sócia venezuelana entrar no negócio. Presidente José Sérgio Gabrielli anunciou investimento de R$ 520 milhões com grupo São Martinho na maior usina de etanol do mundo. (Págs. 1 e 20)

Educação precisa de mais R$ 170 bilhões
A estimativa é da Campanha Nacional pelo Direito à Educação e considera o mínimo necessário para cada um dos níveis, etapas ou modalidades de ensino. (Págs. 1 e 10)

Megaoperação da PF confisca até uma ilha
Batizada de Alquimia, a ação cumpriu 31 mandados de prisão temporária, 129 de busca e apreensão e o seqüestro de bens de 62 pessoas físicas e 195 empresas. (Págs. 1 e 12)

Usinas eólicas reduzem preço em leilão de energia
Licitação terminou ontem com o valor de R$ 103,11 o MWh, 28% abaixo do preço inicial. (Págs. 1 e 36)

Wagner Rossi perde posto na Agricultura. Fonteles assume interinamente (Págs. 1 e 40)

Fontes: Radiobras e JBWiki!


Todos deste(a) repórter

Publicado pelo(a) Wiki Repórter
JBWiki!
Rio de Janeiro - RJ



Faça seu comentário - nome e cidade são obrigatórios
 caracteres restantes
Digite o código para validar o formulario

Trocar imagem
Quero ser inserido sempre que este autor inserir um novo post
Quero ser inserido sempre que um comentários for inserido neste post

Se você é um wiki repórter, faça o login e seu comentário será postado imediatamente.
Caso não seja, seu post entrará na lista de moderação de BrasilWiki!
Use a área de comentários de forma responsável.
BrasilWiki! faz o registro do IP (número gerado pelo computador de acesso à internet) de usuários para se proteger de eventuais abusos.
Ao selecionar acompanhar comentários do post ou post do autor, é obrigatório o preenchimento do campo email e não é necessário fazer o comentário.


©1995 - 2014. Brasil Mídia Digital

jb.com.br